Discussão:Turcos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Mudança de nome[editar código-fonte]

Pode parecer estranho à primeira vista, mas o facto é que para todos os contextos que nao estejam relacionados com temas posteriores à década de 1920, redicionar Turcos para um artigo sobre os naturais da Turquia, um país que só surgiu em 1923 é muito enganador — tenho constatado isso ao longo de muitos anos por aqui.

Duvido muitíssimo que haja muitos cidadãos turcos com algo de substancial em comum com os turcos étnicos, povos asiáticos com traços mongoloides. O turcos conquistaram a Anatólia a partir do século XI, mas muito provavelmente foram sempre uma ínfima minoria que além disso se foi misturando com etnias ocidentais, pelo que não é disparatado dizer que a ligação da Turquia com os "povos turcos" é, acima de tudo, cultural, política e histórica, e tem muito pouco de étnica em sentido estrito.

Assim sendo, mas principalmente para evitar que a maior parte das ligações internas para Turcos apontem para o artigo errado, proponho que Turcos se redirecione para a desambig Turco.

Pelas mesmas razões, removi {{Info/Grupo étnico}}, pois o artigo é sobre uma cidadania/gentílico e não sobre uma etnia. --Stego (discussão) 17h09min de 28 de julho de 2017 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo Parafraseando você mesmo, Stegop, em tantas discussões, não duvido que haja conteúdo para dois artigos, um para os turcos antigos, outro para a nacionalidade turca atual. No entanto, o artigo é muito pequeno para tanto, e ainda que fôssemos fazer essa separação, deveria se pensar num título um pouco melhor. Quem sabe manter esse como turcos e os outros deixar como "turcos antigos" ou algo assim.-- Leon saudanha 16h23min de 28 de agosto de 2017 (UTC)
Leon saudanha: Só agora vi a sua resposta e não percebi a sua discordância. Há países com muito mais turcos étnicos do que a Turquia, pelo que Turcos ser sobre cidadãos da Turquia (onde aposto que os turcos étnicos são uma ínfima minoria, se é que os há realmente) é enganar o leitor! O que é que o tamanho tem a ver com esta discussão? Já existe um artigo sobre "verdadeiros turcos", chama-se Povos turcos. E o atual artigo "turcos" é sobre naturais da Turquia. --Stegop (discussão) 21h47min de 9 de outubro de 2017 (UTC)
Há um equívoco na afirmação "turcos antigos" como definidor de negação. O Stegop há disse bem e complementaria dizendo que há uma região do globo de nome Turquestão que é habitada desde a Antiguidade por povos turcos ou relacionados a eles. E há turcos em vários países como maioria reconhecida. Eu tendo a concordar que ocorra uma mudança, só preciso ler com calma a atual proposta pra ver se concordo com ela da forma como está ou se acho que vale a pena fazer de outra forma.--Rena (discussão) 21h53min de 9 de outubro de 2017 (UTC)
Mas Stegop e Renato de carvalho ferreira, o que impede então de chamar os naturais da Turquia de turcos e os demais como povos turcos ou turcomanos (que hoje é redirecionamento)? Eu entendi que do ponto de vista étnico os turcos modernos podem nem ser tão turcos assim, mas quando se pensa em turco, se pensa primeiramente em alguém da Turquia, não é a toa que, pelo que me parece, a denominação de turcomanos surgiu pra se criar essa diferenciação. Se é possível usar os dois termos (turcos e turcomanos) pra evitar essa desambiguação horrorosa, por que não?-- Leon saudanha 22h19min de 12 de outubro de 2017 (UTC)
Perdão por demorar tanto tempo pra responder. Sinceramente não acho que seja uma coisa tão simples. Se fosse um caso onde os povos turcos fossem chamados única e exclusivamente de turcomanos, a coisa mudava totalmente de figura, bastando ficar atento para que confusões não fossem feitas, mas não me parece que seja isso. Eu mesmo sempre que traduzo por vício só traduzo usando turcos pra se referir aos turcos históricos e até onde sei quando se fala em seljúcidas ou otomanos, só pra ficar nas duas prováveis mais conhecidas dinastias, nunca vi "turcomanos seljúcidas" ou "turcomanos otomanos". Esses, dentre muitos outros povos, são descritos na literatura por turcos e certamente que os editores menos experientes também não devem estar muito preocupados em usar turcomanos. A conclusão disso é justamente o problema que o Stegop salientou antes. Devem ter umas boas dezenas de artigos que ligam para esse e não fazem referência aos turcos desse artigo.--Rena (discussão) 21h09min de 3 de novembro de 2017 (UTC)

Renato de carvalho ferreira ainda não vi qual é o problema de manter povos turcos ou turcomanos, é sério, to tentando entender. Compreendo que isso pode gerar problemas nas hiperligações, como alguém ligar turcos-otomanos para os naturais da Turquia (sendo que a Turquia moderna não existia). Mas o contrário também pode acontecer se prevalecer essa proposta de renomeio que vocês querem. Colocando na balança, não consigo achar razoável a solução apresentada.-- Leon saudanha 13h25min de 4 de novembro de 2017 (UTC)

A ideia não é resolver o problema das ligações em primeira instância, pois é impossível prever e/ou impedir a ligação que cada um vai fazer. Mas colocando os nomes numa desambiguação, é possível corrigir afluentes com maior facilidade. E veja que esse tipo de coisa já aconteceu com outros artigos como têmpera ou dirrã. Pra se ter uma noção, os artigos nos quais não é possível fazer essa desambiguação, como Índia, os afluentes errados que confundem Índia com subcontinente Indiano são dezenas, senão centenas, e só olhando na barra de afluentes não dá pra saber o que está certo ou errado. Fora que por não se saber, ou por não ficar a marca de desambiguação alertando sobre o problema, foi-se deixando acumular mais e mais afluentes para serem corrigidos.--Rena (discussão) 18h29min de 4 de novembro de 2017 (UTC)
Outro detalhe, turco era o nome pela qual os gregos chamavam os magiares/húngaros na Idade Média, e sua pátria chamava-se Turquia.--Rena (discussão) 23h58min de 21 de novembro de 2017 (UTC)