Discussão:Vitemberga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Ocorrências de Wittenberg em textos em português (WP:V)[editar código-fonte]

Seguindo as recomendações da Convenção de nomenclatura para nomes próprios, foram consultadas:
(1) Fontes lexicográficas, linguísticas e académicas
(2) Uso atestado por artigos de livros especializados, obras literárias, documentos oficiais, jornais, revistas e páginas informativas.


  1. ”... como ato de protesto e a 31 de outubro de 1517, afixou nas portas de Wittenberg, as suas 95 teses contra as indulgências...”
    (Infopédia)
  2. ”... Wittenberg (cidade da Alemanha)...”
    (Enciclopédia Barsa Universal)
  3. ”... Wittenberg, em port. Vitemberga...”
    (Lello Universal, Volume 2, p.1201, 1981)
  4. "... Wittenberg, cid. da República Democrática da Alemanha, nas margens do rio Elba..."
    (Focus - Enciclopédia Internacional, Volume 3, p.724, 1964)
  5. ”... Tornou-se monge e padre da Igreja Católica e, mais tarde, orientou estudos bíblicos na Universidade de Wittenberg...”
    (Enciclopédia Escolar Britannica)
  6. ”... O 5º centenário do começo simbólico da Reforma protestante (a afixação das 95 teses de Martinho Lutero na porta da capela palatina de Wittenberg) ficou marcado por uma profusão de manifestações culturais...”
    (Universidade de Évora)
  7. ”... teve como marco convencional de seu início as 95 teses de Lutero, afixadas em 1517 em Wittenberg, na Saxônia...”
    (Universidade de São Paulo)
  8. ”... Lutero assumiu uma posição mais moderada, num sermão pregado, a 11 de Março de 1522, na mesma cidade de Wittenberg:...”
    (Universidade do Porto)
  9. ”... Hamlet era bem diferente, estudante da Universidade de Wittenberg, conhecedor de livros e da ciência...”
    (Universidade Federal de Pernambuco)
  10. ”... Cranach era o pintor da côrte Saxã em Wittenberg, uma área no coração da fé protestante emergente...”
    (Universidade Federal de Pernambuco)
  11. ”... Na Europa, o rio Elba inunda vários estados da Alemanha, Dresden, Saxônia, Anhalt, Brandemburgo e Wittenberg...”
    (Universidade Federal de Santa Catarina)
  12. ”... Martinho Lutero nasceu em 1483 em Eisleben, formou-se em estudos bíblicos na Universidade de Wittenberg...”
    (Universidade Federal de Pernambuco)
  13. ”... publicou suas “95 teses para discussão sobre o poder das indulgências” (Disputatio pro declaratione virtutis indulgentiarum) na porta da igreja de Wittenberg, na Alemanha...”
    (Universidade Federal de Pernambuco)
  14. ”... em 31 de outubro de 1517, Martinho Lutero afixou suas noventa e cinco teses na catedral de Wittenberg contrárias às práticas papais de venda de indulgências...”
    (Universidade Federal de Pernambuco)
  15. ”... O monge agostiniano Martinho Lutero ao fixar na frente da catedral do Castelo de Wittenberg (1517) suas 95 teses...”
    (Universidade Federal de Pernambuco)
  16. ”... As 95 teses de Lutero foram fixadas na porta da Igreja de Wittenberg em 1517...”
    (Universidade Federal de Pernambuco)
  17. ”... O marco dessa reforma, no século XVI, foi a fixação, na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, na Alemanha, das 95 teses...”
    (Universidade Federal de Pernambuco)
  18. ”... especialmente a partir da ubiquidade dos processos (não tendo mais um “centro difusor” como Wittenberg, mas sim redes espalhadas pelo globo)...”
    (Universidade Federal de Pernambuco)
  19. ”... Martinho Lutero, exatamente aos 31 dias do mês de outubro, afixa nas portas da Igreja do castelo de Wittenberg um texto constando 95 teses...”
    (Universidade Federal de Pernambuco)
  20. ”... Na Europa, o rio Elba inunda vários estados da Alemanha, Dresden, Saxônia, Anhalt, Brandemburgo e Wittenberg....”
    (Universidade Federal de Pernambuco)
  21. ”... exatamente na véspera do “Dia de Todos os Santos” – afixa na porta da igreja de Castelo, na cidade Wittenberg, as suas famosas 95 teses...”
    (Universidade Federal de Pernambuco)
  22. ”... nas salas de aula de Wittenberg” (ibidem: 23); ou então, que “ao que parece, Hamlet …”
    (Universidade Federal de Pernambuco)
  23. ”... Ideias da Reforma Protestante nasceram em Wittenberg, na Alemanha...”
  24. ”... Lutero aceitou o convite dos condes de Mansfeld e enfrentou a penosa viagem de Wittenberg a Eisleben...”
  25. ”... Este artigo tem por objetivo analisar manifestações de Lutero em meio aos surtos da peste, em particular, em Wittenberg...”
  26. ”... Passados cinco séculos de duras tomadasde posição entre Wittenberg e Roma...”
  27. ”... As 95 teses de Lutero publicadas nas portas da Igreja de Wittenberg estimularam acriação de murais e o debate público da religião...”
  28. ”... Todas rumaram para Wittenberg e várias se casaram com líderes do movimento...”
  29. ”... em parceria com o Centro Universitário Central Paulista (Unicep) em São Carlos e a Universidade Martin Luther de Halle-Wittenberg, na Alemanha...”
  30. ”... depois resumidas em panfleto pregado na porta da Catedral de Wittenberg...”

Renomeação para Wittenberg[editar código-fonte]

  1. O artigo foi criado com o título Wittenberg em 2008.
  2. O título Wittenberg foi estável até 2020.
  3. O título foi mudado de Wittenberg para Vitemberga em 2020 – sem discussão nem consenso.
  4. Wittenberg tem uso generalizado em português contemporâneo.
  5. Vitemberga tem uso muito reduzido em português contemporâneo.

HCa (discussão) 15h48min de 19 de janeiro de 2021 (UTC)

Symbol support vote.svg Concordo em mudar o título para Wittenberg – o nome mais conhecido em português, respaldado por fontes académicas fiáveis e com uso atestado. A designação alternativa Vitemberga não tem “uso considerável em nenhuma das versões da língua portuguesa”. --HCa (discussão) 15h48min de 19 de janeiro de 2021 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo, pois: a) Vitemberga tem registro léxico; b) tem uso corrente.--Rena (discussão) 19h16min de 19 de janeiro de 2021 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo, porque a versão em português é suficientemente generalizada e mais compreensível. Leefeniaures audiendi audiat 01h23min de 20 de janeiro de 2021 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo. Tem uso corrente e registo lexicográfico. --Stegop (discussão) 15h21min de 28 de janeiro de 2021 (UTC)