Discworld

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Discworld
Livros
Lista de livros
Informações
Autor Terry Pratchett
Ilustrador Josh Kirby (1983–2001)
Paul Kidby (2001–2015)
Idioma original Inglês
Publicado entre 1983–2015
Editora Transworld Publishers
Doubleday
Random House
País  Reino Unido
Gênero fantasia

Discworld é uma série de livros de fantasia cômica escrita pelo escritor inglês Terry Pratchett, ambientada no Discworld, um planeta plano equilibrado nas costas de quatro elefantes que por sua vez ficam nas costas de uma tartaruga gigante. Os livros frequentemente parodiam ou inspiram-se em J. R. R. Tolkien, Robert E. Howard, H. P. Lovecraft, Charles Dickens e William Shakespeare, assim como mitologia, folclore e contos de fada, frequentemente usando-os para paralelos satíricos com questões culturais, políticas e científicas.

Quarenta e um romances de Discworld foram publicados. As edições britânicas originais dos primeiros 26 romances, até Thief of Time (2001), tinham arte de capa de Josh Kirby. Desde a morte de Kirby em 2001, as capas foram projetadas por Paul Kidby. As publicações complementares incluem contos (alguns vagamente relacionadas ao Discworld), quatro livros científicos populares, vários livros complementares e guias de referência. A série foi adaptada para histórias em quadrinhos, teatro, computador e jogos de tabuleiro e televisão.

Em seus lançamentos, os livros da Discworld regularmente encabeçaram a lista de best-sellers do The Sunday Times, tornando Pratchett o autor mais vendido do Reino Unido nos anos 90. Os romances de Discworld também ganharam prêmios como o Prêmio Prometheus e a Carnegie Medal. Na The Big Read da BBC, quatro romances da Discworld estavam entre os 100 melhores, e um total de quatorze no top 200. Mais de 80 milhões de livros da Discworld foram vendidos em 37 idiomas.[1][2]

Composição[editar | editar código-fonte]

Muito poucos dos romances "Discworld" têm divisões de capítulos. Em vez disso, eles apresentam histórias entrelaçadas. Pratchett foi citado como tendo dito que "simplesmente nunca adquiriu o hábito de capítulos",[3] depois adicionando que "eu tenho que empurrá-los nos livros YA putativos porque meu editor grita até que eu faça".[4] No entanto, o primeiro romance de Discworld The Color of Magic foi dividido em "livros", assim como Pyramids. Além disso, Going Postal e Making Money ambos têm capítulos, um prólogo, um epílogo e breves teasers do que está por vir em cada capítulo, no estilo de A. A. Milne, Jules Verne e Jerome K. Jerome.

Temáticas e motivos[editar | editar código-fonte]

Os romances de Discworld contêm temas e motivos comuns que percorrem a série. Os clichês de fantasia são parodiados em muitos dos romances, assim como vários subgêneros de fantasia, como contos de fada (notavelmenteWitches Abroad), histórias de bruxas e vampiros (Carpe Jugulum) e assim por diante. Analogias de questões do mundo real, como a religião (Small Gods), o fundamentalismo e a tensão interna da cidade (Thud!), negócios e política (Making Money), preconceito racial e exploração (Snuff) são temas recorrentes, assim como aspectos da cultura e do entretenimento, como a ópera (Maskerade), rock (Soul Music), cinema (Moving Pictures), e futebol (Unseen Academicals). Paródias de ficção não-Discworld também ocorrem com frequência, incluindo Shakespeare, Beatrix Potter e vários filmes. Grandes eventos históricos, especialmente batalhas, são às vezes usados ​​como base para eventos triviais e importantes em histórias de Discworld (Jingo, Pyramids), assim como as tendências em ciência, tecnologia, cultura pop e arte moderna (Moving Pictures, Men at Arms Thud!). Há também temas humanistas em muitos dos romances de Discworld e um foco nas habilidades de pensamento crítico nas séries Witches e Tiffany Aching.

Discworld[editar | editar código-fonte]

Discworld é um mundo plano repleto de magia e sustentado pelos ombros de quatro elefantes gigantescos (Grande T'phon, Tubul, Berilia e Jerakeen), que, por sua vez, estão sobre o casco de uma enorme tartaruga, a Grande A´Tuin. Esse conceito é inspirado pela crença da Mitologia hindu, na qual o mundo é apoiado em seres semelhantes, com uma nomenclatura diferente.

Livros[editar | editar código-fonte]

Nome Ano Grupo Título em português
1 The Colour of Magic 1983 Rincewind A Cor da Magia[5]
2 The Light Fantastic 1986 Rincewind A Luz Fantástica[6]
3 Equal Rites 1987 Bruxas, Feiticeiros Direitos Iguais, Rituais Iguais (BR)/ Ritos Iguais (PT)[7]
4 Mort 1987 Morte O Aprendiz de Morte[8]
5 Sourcery 1988 Rincewind, Feiticeiros O Oitavo Mago
6 Wyrd Sisters 1988 Bruxas Estranhas Irmãs (BR)/As três bruxas(PT)[9]
7 Pyramids 1989 Culturas do Discworld(Djelibeybi) Pirâmides[10]
8 Guards! Guards! 1989 The City Watch Guardas! Guardas!
9 Eric 1990 Rincewind Fausto Eric
10 Moving Pictures 1990 Vários (Holy Wood), Feiticeiros A Magia de Holy Wood
11 Reaper Man 1991 Morte, Feiticeiros O Senhor da Foice
12 Witches Abroad 1991 Bruxas Quando as Bruxas Viajam
13 Small Gods 1992 Culturas do Discworld (Omnia), The History Monks Pequenos Deuses
14 Lords and Ladies 1992 Bruxas, Feiticeiros Lordes e Damas
15 Men at Arms 1993 The City Watch Homens de Armas (BR)
16 Soul Music 1994 Morte, Susan Sto Helit, Feiticeiros
17 Interesting Times 1994 Rincewind, Feiticeiros
18 Maskerade 1995 Bruxas
19 Feet of Clay 1996 The City Watch
20 Hogfather 1996 Morte, Susan Sto Helit, Feiticeiros
21 Jingo 1997 The City Watch
22 The Last Continent 1998 Rincewind, Feiticeiros
23 Carpe Jugulum 1998 Bruxas
24 The Fifth Elephant 1999 The City Watch
25 The Truth 2000 Ankh-Morpork, The City Watch, The Ankh-Morpork Times
26 Thief of Time 2001 Morte, Susan Sto Helit, The History Monks
27 The Last Hero 2001 Rincewind, Feiticeiros, The City Watch
28 The Amazing Maurice and his Educated Rodents 2001 Vários (Überwald) O Fabuloso Maurício e seus Roedores Letrados
29 Night Watch 2002 The City Watch, The History Monks
30 The Wee Free Men 2003 Tiffany Aching Os Pequenos Homens Livres(BR)/ Os Homenzinhos Livres(PT)
31 Monstrous Regiment 2003 Culturas do Discworld (Borogravia), The City Watch, The Ankh-Morpork Times
32 A Hat Full of Sky 2004 Tiffany Aching, Bruxas Um Chapéu Cheio de Céu (BR)
33 Going Postal 2004 Moist von Lipwig, Ankh-Morpork
34 Thud! 2005 The City Watch
35 Wintersmith 2006 Tiffany Aching, Bruxas
36 Making Money 2007 Moist von Lipwig, Ankh-Morpork
37 Unseen Academicals 2009[11] Feiticeiros, Rincewind, Vários (Nutt)
38 I Shall Wear Midnight[12] 2010 Tiffany Aching, Bruxas
39 Snuff 2011 The City Watch (Sam Vimes)
40 Raising Steam 2013 Moist von Lipwig, Ankh-Morpork, The City Watch
41 The Shepherd's Crown 2015 Tiffany Aching, Bruxas

Adaptações[editar | editar código-fonte]

Hogfather, uma minisérie para TV de pequena produção fiel à série foi lançada entre 2006 e 2007 na Grã-Bretanha. Além disso, em 2008 foi lançada na inglaterra a adaptação dos dois primeiros livros da série, "A Cor da Magia" e "A Luz Fantástica", sob o nome de "The Colour of Magic", em uma mini-série de duas partes.

Jogos[editar | editar código-fonte]

Role-playing games[editar | editar código-fonte]

Discworld já recebeu uma adaptação ao RPG, feita para o sistema GURPS

Jogos de Computador[editar | editar código-fonte]

Em 1986, a editora Piranha Games lança um jogo de ficção interativa, The Colour of Magic, baseado no primeiro livro da série. Em 1991, é lançado um multi-user dungeon, um role-playing game online chamado Discworld MUD.[13] Em 1995, é lançado pela Psygnosis um jogo de aventura de nome Discworld para PC's, PlayStation e Sega Saturn.[14] Em 1996, a mesma editora lança um segundo jogo Discworld II: Missing Presumed...!?.[15] O terceiro jogo de aventura, Discworld Noir é lançado pela GT Interactive em 1999. [16]

Referências

  1. «Sir Terry Pratchett» (em inglês). Amazon. Consultado em 12 de julho de 2019 
  2. Terry Pratchett [terryandrob] (24 de novembro de 2013). «This book was published exactly 30 years ago today. There's since been upwards of 80M more #happybirthdaydiscworld» (Tweet) – via Twitter 
  3. Terry Pratchett (30 de julho de 1992). «Chapters». Grupo de notíciasalt.fan.pratchett. Usenet: memo.550062@cix.compulink.co.uk. Consultado em 13 de julho de 2019 
  4. Terry Pratchett (23 de setembro de 1993). «Re: Posting to TP». Grupo de notíciasalt.fan.pratchett. Usenet: 749073107snz@unseen.demon.co.uk. Consultado em 13 de julho de 2019 
  5. «A Cor da Magia - WOOK». Consultado em 13 de outubro de 2010 
  6. «A Luz Fantástica - WOOK». Consultado em 13 de outubro de 2010 [ligação inativa]
  7. «Ritos Iguais - WOOK». Consultado em 13 de outubro de 2010 [ligação inativa]
  8. «Mort - WOOK». Consultado em 13 de outubro de 2010 [ligação inativa]
  9. «As Três Bruxas - WOOK». Consultado em 13 de outubro de 2010  Publicado pela Editorial Caminho
  10. «Pirâmides - WOOK». Consultado em 13 de outubro de 2010 [ligação inativa]
  11. «',Unseen Academicals', at». Amazon.co.uk. Consultado em 29 de agosto de 2009 
  12. «Discworld News August 2009 PJSM Prints». Paulkidby.com. 22 de agosto de 2009. Consultado em 29 de agosto de 2009. Arquivado do original em 4 de setembro de 2009 
  13. «Discworld MUD». Consultado em 13 de outubro de 2010 
  14. «Discworld for PC - GameSpot». Consultado em 13 de outubro de 2010 
  15. «Discworld for PC - GameSpot». Consultado em 13 de outubro de 2010 
  16. «Discworld Noir for PC - GameSpot». Consultado em 13 de outubro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]