Disney Cruise Line

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disney Cruise Line
Terminal da Disney Cruise Line em Porto Canaveral
Razão social Magical Cruise Company Ltd.
Nome(s) anterior(es) Disney Vacation Cruises
Subsidiária
Indústria Hospitalidade
Turismo
Fundação 3 de maio de 1995
Sede Celebration, Flórida,
 Estados Unidos
Presidente Jeff Vahle
Empresa-mãe Walt Disney Parks, Experiences
and Consumer Products
Website oficial DisneyCruise.Disney.go.com

Disney Cruise Line é o nome comercial da Magical Cruise Company Ltd.,[1] que opera como uma subsidiária da The Walt Disney Company. A empresa foi fundada em 1996 e está domiciliado em Londres, Reino Unido, com sua sede operacional localizada em Celebration, Flórida.[2]

Atualmente, a Disney Cruise Line opera quatro navios: Disney Magic, Disney Wonder, Disney Dream e Disney Fantasy.[3] Três navios ainda sem nome se juntarão à frota em 2021, 2022 e 2023. Em 15 de julho de 2017, foi anunciado na 2017 D23 Expo que um sétimo navio se juntará à frota.[4][5] A Disney Cruise Line também possui a Castaway Cay, uma ilha particular nas Bahamas projetada como um porto de escala exclusivo para os navios da Disney.[6] A Disney Cruise Line opera o terminal da Disney Cruise Line em Porto Canaveral, na Flórida.

Em 2015, a Disney Cruise Line tinha 2,8% do mercado mundial de cruzeiros e 2,4% de receita,[7] enquanto em 2011, a empresa detinha uma participação de mercado de 1,95%.[8]

A companhia foi pioneira no conceito de jantar rotativo, no qual o hóspede alterna com sua equipe de garçons através de três diferentes salas de jantar principais.[9]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Em 1985, a Premier Cruise Line tornou-se a empresa de cruzeiros licenciada da Disney. Isso permitiu que os personagens da Disney estivessem em seus navios e combinassem pacotes de cruzeiros, hotéis e parques temáticos. Em 1993, a Premier encerrou a licença de personagens com a Disney para obter uma licença com os personagens da Warner Brothers. Assim, a Disney procurou as companhias Carnival e Royal Caribbean para substituir a Premier como um parceiro marítimo exclusivo.

História[editar | editar código-fonte]

Quando as negociações da Disney com duas grandes companhias de cruzeiros, Carnival e Royal Caribbean, não produziram resultados, a Disney criou projetos de navios de cruzeiros em fevereiro de 1994.[10] Em 3 de maio de 1994, a Disney anunciou que pretendia iniciar sua própria linha de cruzeiros com operações a partir de 1998. Arthur Rodney foi selecionado para servir como o primeiro presidente da companhia de cruzeiros[11] provisoriamente chamada de Disney Vacation Cruises.[12] A Disney Cruise Line, em 1995, encomendou o Disney Magic e Disney Wonder pelos estaleiros da Fincantieri, na Itália.[9] A companhia de cruzeiros foi incorporada como Devonson Cruise Company, Limited em 6 de fevereiro de 1996, no Reino Unido, mas logo foi renomeada como Magical Cruise Company Limited em 1 de outubro do mesmo ano.[13] Em 1996, a Magical Cruise Company adquiriu Gorda Cay como a ilha privada da companhia. A empresa gastou US $ 25 milhões em 18 meses na ilha e a renomeou como Castaway Cay.[9]

O primeiro cruzeiro do Disney Magic foi adiado duas vezes, programado originalmente para março de 1998,[14] enquanto o Disney Wonder estava programado para dezembro de 1998.[15] Em 30 de julho de 1998, com a primeira viagem do Magic, a Disney Cruise Line entrou em operação.[9] Com a demissão de Rodney como presidente da empresa em 31 de agosto de 1999, o diretor de operações Matt Ouimet foi nomeado seu substituto.[16] Em 2002, a companhia acrescentou cruzeiros de sete dias e cruzeiros pelo oeste do Caribe.[17]

Em 2007, a Disney anunciou a construção de dois novos navios de cruzeiro.[18] O Disney Dream partiu em janeiro de 2011, seguido pelo Disney Fantasy em 2012.[3][19][20] O estaleiro Meyer Werft, com sede em Papenburg, na Alemanha, foi o construtor dos novos navios.[9] Em fevereiro de 2009, Tom McAlpin deixou a presidência da Disney Cruise Line e foi substituído por Karl Holz.[21] No início de 2009, a Disney e a Autoridade Portuária de Canaveral estenderam seu acordo para 2022 com a expansão do terminal para lidar com a nova classe de navios. O Disney Magic foi transferido para a Europa em 2010, acrescentando os primeiros cruzeiros norte-europeus da DCL com cruzeiros no Mediterrâneo.[22]

Com a chegada do Disney Dream em 2011, o Disney Wonder foi transferido para Los Angeles.[23] Com a chegada do Disney Fantasy em 2012, o Disney Magic foi transferido para Nova Iorque durante a temporada de verão, antes de se mudar para Galveston, no Texas.[24]

Na Cruise Critic Cruisers' Choice Awards em fevereiro de 2016, três dos navios da Disney ganharam 11 prêmios da categoria. Em 3 de março de 2016, durante a reunião anual da empresa, o presidente da Walt Disney Company, Bob Iger, anunciou que dois novos navios estavam planejados para serem construídos em tamanho superior aos dois anteriores. Estes navios devem entrar na companhia em 2021 e 2023.[25]

Em 15 de julho de 2017, Bob Chapek, presidente da Walt Disney Parks and Resorts, anunciou na D23 Expo que um sétimo navio se juntará à frota.[5] Em abril de 2017, foi anunciado que Karl Holz se aposentaria como presidente da Disney Cruise Line em 15 de fevereiro de 2018 e Anthony Connelly assumiria o cargo em 1 de outubro de 2017.[26] Logo após a reorganização de um conglomerado em março de 2018 que formou a Walt Disney Parks, Experiences and Consumer Products, a Disney Cruise Line e New Vacation Operations foram renomeadas para Disney Signature Experiences, juntamente com um novo presidente, Jeff Vahle.[27]

Frota[editar | editar código-fonte]

Atual[editar | editar código-fonte]

Disney Wonder em Porto Canaveral.

O Disney Magic entrou em operação em 30 de julho de 1998.[14] O Disney Wonder entrou em operação em agosto de 1999. Eles possuem 294 m de comprimento e 32 m de largura. Cada um dos navios contém 875 cabines[9] e não são idênticos no projeto, com muitas variações nos interiores, restaurantes e locais de entretenimento. Ambas possuem áreas projetadas exclusivamente para várias faixas etárias, incluindo crianças, adolescentes e adultos. As rotas atuais são o Alasca, Bahamas, Caribe e Europa, dependendo do navio.

Ao contrário da maioria dos navios do seu tipo, eles não incluem cassinos. As embarcações da Disney também apresentam buzinas que tocam o tema de abertura de When You Wish upon a Star, do Pinóquio. Outras buzinas incluem Do You Want to Build a Snowman?,[28] It's a small world e várias outras músicas.[29][30]

O Disney Dream e Disney Fantasy entraram em serviço em janeiro de 2011 e março de 2012, respectivamente. Estes novos navios de 129,690 toneladas possuem 339,5 (1.114 pés) de comprimento e 36,8 m (121 pés) de largura. São dois conveses mais altos que o Disney Magic e Disney Wonder, possuindo 1.250 cabines cada.[31] O Dream foi a primeira embarcação a ter uma montanha-russa, conhecida como AquaDuck.

Navio Capacidade de passageiros Entrou em operação Madrinha Itinerário Arqueação bruta Notas Imagem
Disney Magic 2.400 30 de julho de 1998 Patricia Disney Copenhaga, Dinamarca / Dover, Reino Unido / Miami / Barcelona, Espanha / Nova Iorque / San Juan, Porto Rico / Porto Canaveral / Roma, Itália 83.338 t Disney Magic arriving at Tallinn 1 June 2015.JPG
Disney Wonder 2.400 15 de agosto de 1999 Tinker Bell Vancouver, Canadá / San Diego / Galveston / San Juan, Porto Rico / Porto Canaveral 83.000 t Disney Wonder 20110216.JPG
Disney Dream 4.000 26 de janeiro de 2011 Jennifer Hudson Porto Canaveral 129.690 t Disney Dream docked in the Bahamas 03.jpg
Disney Fantasy 4.000 31 de março de 2012 Mariah Carey Porto Canaveral 129.750 t Disney Fantasy Cruise Ship (6) (21000557309).jpg

Futuro[editar | editar código-fonte]

Em 2016, a companhia anunciou que adquiriria três novos navios, ainda sem nome, descritos como maiores que o Disney Dream e Disney Fantasy, mas com um número equivalente de cabines.[32]

Em março de 2018, a Disney Cruise Line lançou a primeira versão de sua nova geração de navios de cruzeiro. Os cruzeiros de 140.000 toneladas serão movidos a GNL[33] e acomodarão pelo menos 2.500 hóspedes.[34]

Navio Cabines Data prevista Arqueação bruta Notas Estaleiro[32]
por anunciar 1.250 2021 140.000 t Anunciado em 3 de março de 2016 Meyer Werft
por anunciar 1.250 2022 140.000 t Anunciado em 15 de julho de 2017 Meyer Werft
por anunciar 1.250 2023 140.000 t Anunciado em 3 de março de 2016 Meyer Werft

Terminal da Disney Cruise Line[editar | editar código-fonte]

Um ônibus da Disney Cruise Line que leva os hóspedes para o Aeroporto Internacional de Orlando; bem como em torno do Walt Disney World.
Terminal da Disney Cruise Line que leva ao Disney Wonder.

O Terminal da Disney Cruise Line está localizado no Porto Canaveral, em Cabo Canaveral, Flórida, Estados Unidos.[35] Ele é utilizado para transportar passageiros dentro e fora dos navios da Disney Cruise Line.[36]

O porto, localizado em Porto Canaveral, é um grande edifício, de propriedade do Porto Canaveral e operado pela Walt Disney Company. Com 70.000 pés quadrados (6.500 m2), este enorme edifício inclui a base para o check-in, segurança e embarque da Disney Cruise Line.[37]

A Disney Cruise Line negociou com a autoridade portuária de Porto Canaveral e no início de 2009 estendeu seu contrato até 2022. Como parte deste contrato, a autoridade portuária expandiu e melhorou a doca para acomodar os novos navios, um parque de estacionamento foi construído e será ampliado para acomodar mais passageiros e bagagens. O Disney Dream, Disney Wonder e Disney Fantasy operavam a partir do Porto Canaveral.[22]

No fim de 2012, o Disney Magic e Disney Wonder começaram a operar cruzeiros saindo de Galveston, no Texas[38] e Miami, Flórida,[39] respectivamente. Em 2013, o Disney Magic mudou-se para Barcelona, na Espanha[38] e o Disney Wonder foi transferido para Vancouver, na Colúmbia Britânica.[40] No outono de 2013, o Magic e Wonder retornaram aos Estados Unidos, mas foram transferidos de portos, com o Magic saindo de Miami e Wonder saindo de Galveston.[38][41] Em janeiro de 2014, o Wonder substituiu o Magic em Miami, com este se juntando ao Dream e Fantasy no Porto Canaveral.[2][42]

Referências

  1. (em inglês) «Magical Cruise Company Limited: Private Company Information». Investing.businessweek.com. 25 de maio de 2012. Consultado em 29 de março de 2013. Cópia arquivada em 18 de setembro de 2010 
  2. a b (em inglês) Orben, Bill. «Disney to base 3 ships at Port Canaveral for 2014». Orlando Business Journal. American City Business Journals. Consultado em 4 de dezembro de 2012. Cópia arquivada em 7 de dezembro de 2012 
  3. a b (em inglês) «Disney Fantasy». Cruise Critic. Consultado em 5 de abril de 2010. Cópia arquivada em 30 de abril de 2009 
  4. (em inglês) «CONFIRMED: Seventh cruise ship announced for Disney Cruise Line». We Love Orlando (em inglês). 16 de julho de 2017. Consultado em 16 de julho de 2017 
  5. a b (em inglês) Bevil, Dewayne. «Coming to Disney World: Tron, Guardians of the Galaxy ride, 'Star Wars' hotel». OrlandoSentinel.com. Consultado em 16 de julho de 2017. Cópia arquivada em 16 de julho de 2017 
  6. (em inglês) «The Kingdom on the Sea». Time. 10 de agosto de 1998. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2012 
  7. (em inglês) «2015 World Wide Market Share». Cruise Market Watch. Cópia arquivada em 27 de setembro de 2016 
  8. (em inglês) «2011 World Wide Cruise Market Share». Cruise Market Watch. Consultado em 5 de maio de 2016. Cópia arquivada em 24 de setembro de 2016 
  9. a b c d e f (em inglês) Saunders, Aaron (1 de outubro de 2013). Giants of the Seas: The Ships that Transformed Modern Cruising. [S.l.]: Seaforth Publishing. pp. 76–78,179. ISBN 1848321724. Consultado em 4 de maio de 2016 
  10. (em inglês) Dezern, Craig (20 de fevereiro de 1994). «Disney Contemplating Creation Of Cruise Line». Orlando Sentinel. Consultado em 4 de maio de 2016. Cópia arquivada em 2 de junho de 2016 
  11. (em inglês) «Company News; Disney to Start its Own Cruise Line by 1998». New York Times. 4 de maio de 1994. Consultado em 4 de maio de 2016 
  12. (em inglês) «Disney Cruises Now Official». Cruise Industry News. 18 de maio de 1994. Consultado em 5 de maio de 2016 
  13. (em inglês) «Magical Cruise Company Limited». companieshouse.gov.uk. Companies House (United Kingdom Government). Consultado em 20 de abril de 2016. Cópia arquivada em 26 de abril de 2016 
  14. a b (em inglês) Alesandro, Jody. (4 de outubro de 1998). «Fall and Winter Cruises; A Family-Size Mouseboat». The New York Times. Consultado em 1 de novembro de 2009. Cópia arquivada em 24 de janeiro de 2014 
  15. (em inglês) Iovine, Julie V. (16 de janeiro de 1997). «Now It's Heigh-Ho, Off to Sea We Go - New York Times». Nytimes.com. Consultado em 30 de dezembro de 2013. Cópia arquivada em 16 de janeiro de 2014 
  16. (em inglês) «New Disney Cruise Line President». Cruise Industry News. 16 de julho de 1999. Consultado em 4 de maio de 2016. Cópia arquivada em 24 de setembro de 2016 
  17. (em inglês) Aronson, Tara (25 de setembro de 2002). «Disney Magic grows up». Christian Science Monitor. Consultado em 5 de maio de 2016. Cópia arquivada em 28 de março de 2016 
  18. (em inglês) «Disney cruise line: Disney to spread cruise ships around the world». Orlando Sentinel. Consultado em 5 de abril de 2010. Arquivado do original em 27 de março de 2010. With a larger new ship arriving at Port Canaveral in 2011, Disney Cruise Line sent the Disney Wonder to the West Coast and the Disney Magic to Europe 
  19. (em inglês) «Disney Dream cruise ship to launch in 2011». Baltimore Sun. Consultado em 5 de abril de 2010. Cópia arquivada em 17 de novembro de 2009 
  20. (em inglês) «Disney Dream cruise ship begins to take shape». Orlando Sentinel. Consultado em 5 de abril de 2010. Cópia arquivada em 27 de março de 2010 
  21. (em inglês) Garcia, Jason (14 de fevereiro de 2009). «Familiar Face Takes Disney Cruise Line Helm: Karl Holz». Orlando Sentinel. Consultado em 25 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 8 de janeiro de 2016 
  22. a b (em inglês) Schmidt, Chuck (4 de abril de 2009). «Disney Cruise Line: A good idea gets better». Staten Island Advance. Staten Island Media Group. Consultado em 5 de maio de 2016. Cópia arquivada em 4 de junho de 2016 
  23. (em inglês) Jason Garcia (30 de março de 2009). «Disney will homeport a ship in Los Angeles». Orlando Sentinel. Consultado em 30 de março de 2009. Arquivado do original em 24 de maio de 2011 
  24. (em inglês) Bissett, Kevin (31 de janeiro de 2012). «Cruise passengers turning to Eastern Canada for new thrills». The Star. Toronto. Cópia arquivada em 3 de fevereiro de 2012 
  25. (em inglês) Hetter, Katia (4 de março de 2016). «Disney to add two cruise ships». CNN. Consultado em 13 de abril de 2016. Cópia arquivada em 13 de abril de 2016 
  26. (em inglês) Staff, CIN (7 de abril de 2017). «Anthony Connelly to Take Top Spot at Disney Cruise Line» (em inglês). Consultado em 2 de outubro de 2017 
  27. (em inglês) Tribou, Richard (20 de abril de 2018). «New president named for Disney Cruise Line, Vacation Club and more». Orlando Sentinel. Consultado em 30 de abril de 2018 
  28. (em inglês) «Disney Dream Horn: Do You Want To Build A Snowman (Frozen) Video & Ringtone Downloads • The Disney Cruise Line Blog». The Disney Cruise Line Blog. 5 de novembro de 2015. Consultado em 30 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 30 de novembro de 2016 
  29. (em inglês) Aronson, Tara. (25 de setembro de 2002). «Disney Magic grows up». Christian Science Monitor. Consultado em 1 de novembro de 2009. Cópia arquivada em 6 de setembro de 2008 
  30. (em inglês) «It's All in the Details: The Horns of the Disney Fantasy • The Disney Cruise Line Blog». The Disney Cruise Line Blog. 1 de julho de 2012. Consultado em 30 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 30 de novembro de 2016 
  31. (em inglês) Niemelä, Teijo (10 de março de 2009). «Disney names its new ships». Cruise Business Online. Cruise Media Oy Ltd. Consultado em 10 de março de 2009. Arquivado do original em 30 de agosto de 2009 
  32. a b (em inglês) Sloan, Gene (3 de março de 2016). «Disney to expand cruise line with two more ships». USA Today. Gannett. Consultado em 31 de maio de 2016. Cópia arquivada em 5 de maio de 2016 
  33. (em inglês) Frontado, Jonathan (8 de março de 2018). «First Look at Disney's Next Ships». Disney Parks Blog (em inglês) 
  34. (em inglês) Staff, CIN (8 de março de 2018). «Disney Releases First Rendering of New Ships» (em inglês). Consultado em 9 de março de 2018 
  35. (em inglês) «Port Canaveral Cruise Terminals». Cruisecanaveral. Consultado em 30 de setembro de 2014 
  36. (em inglês) «Port Canaveral 2014 Interactive Cruise Guide». Port Canaveral. p. 28. Consultado em 30 de setembro de 2014. Cópia arquivada em 29 de setembro de 2014 
  37. (em inglês) «Cruising Terminals». Port Canaveral. Consultado em 30 de setembro de 2014. Cópia arquivada em 6 de outubro de 2014 
  38. a b c (em inglês) Sloan, Gene (24 de setembro de 2012). «Disney kicks off first cruises from Texas». USA Today Travel. USA Today. Consultado em 22 de outubro de 2012. Cópia arquivada em 29 de setembro de 2012 
  39. (em inglês) Gale, Kevin (13 de janeiro de 2012). «Disney Wonder expected at Port of Miami». Cópia arquivada em 15 de janeiro de 2012 
  40. (em inglês) «Disney Cruise Line Unveils New Itineraries and Ports for 2013». Disney Cruise Line. 24 de janeiro de 2012. Consultado em 25 de janeiro de 2012 
  41. (em inglês) «Fall 2013 Sailings for Disney Magic and Disney Wonder Now Available». Travel on a Dream. Consultado em 22 de outubro de 2012. Cópia arquivada em 17 de agosto de 2012 
  42. (em inglês) «Disney Cruise Line Unveils Itineraries and Ports for 2014». Disney Cruise Line News. Disney. Consultado em 4 de dezembro de 2012. Arquivado do original em 24 de janeiro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]