Disputa territorial entre Guatemala e Belize

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Localização de Guatemala e Belize

A disputa territorial entre a Guatemala e Belize é uma disputa entre os dois países devido à reivindicação da Guatemala sobre cerca de 11030 km2 do território de Belize, bem como centenas de ilhas e ilhotas. A disputa começou em 1859, após a assinatura do Acordo anglo-guatemalteco de 1859.[1]

O território reivindicado pela Guatemala compreende desde o rio Sarstoon, no sul, até ao rio Sibun, no norte; que compreende,[2] aproximadamente 11030 km2. As proporções são baseadas na alegação de que o território de Belize deveria incluir os territórios cedidos pela Grã-Bretanha para a Espanha no Tratado de Paris de 1783 de 1482 km2 e a segunda concessão em 1786 de 1883 km2; igualmente o território próprio de Belize de 4323,964 km2. Assim, o restante do território não reconhecido seria parte da Guatemala e, portanto, estaria sendo ocupado ilegalmente pela Grã-Bretanha.[3]

Referências

  1. Ministerio de Relaciones Exteriores de Guatemala. "Histórica del Diferendo Territorial" (PDF). Guatemala. Consult. 15 de maio de 2011.  Parâmetro desconhecido |enlaceautor= ignorado (|autor=) (Ajuda)
  2. "Diferendo Territorial, Insular y Marítimo entre Guatemala y Belice" (PDF). Guatemala: Ministerio de Relaciones Exteriores de Guatemala. Consult. 15 de maio de 2011.  Parâmetro desconhecido |enlaceautor= ignorado (|autor=) (Ajuda)
  3. Ministerio de Relaciones Exteriores de Guatemala (Junho de 2010). "Síntesis, Situación del Diferendo Territorial existente entre Guatemala y Belice y las perspectivas de solución al mismo" (PDF). Guatemala. Consult. 15 de maio de 2011.  Parâmetro desconhecido |link= ignorado (Ajuda)

Ver Também[editar | editar código-fonte]