Distrito Industrial (Santa Maria)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Localização da unidade residencial
29° 41' 11.56" S 53° 52' 23.80" O29° 41' 11.56" S 53° 52' 23.80" O
Portal
A Wikipédia possui o
Portal Santa Maria
da Boca do Monte

Leitor, participe do projeto
"Vamos todos wikificar Santa Maria."
Acesso ao Distrito Industrial a partir da BR-287.

O Distrito industrial de Santa Maria é uma unidade residencial do bairro Agroindustrial, em Santa Maria (Rio Grande do Sul), Rio Grande do Sul, Brasil.

História[editar | editar código-fonte]

Distrito.Sede.Santa Maria.RS.v2006.png

Localização do Distrito Industrial no município
Localização do Distrito Industrial de Santa Maria no município de Santa Maria. Em vermelho o distrito da Sede.
Unidade da Coca-Cola em Santa Maria, situada no bairro.
Avenida Pedro Cezar Saccol, a principal via que adentra o Distrito Industrial.

O Distrito Industrial está localizado na porção oeste da cidade e constitui-se num complexo polissetorial com uma área de 249,97 ha. Estão instaladas 20 unidades, contribuindo com aproximadamente 500 empregos diretos.

Apesar de tentativas para fortalecer o processo industrial no município, muitos são os obstáculos existentes, entre eles podemos destacar: a carência de recursos financeiros, a falta de opções no sistema de transportes e de mão-de-obra qualificada.

O Distrito Industrial, desde seu surgimento, não ampliou o seu parque industrial. Poucas são as empresas que estão localizadas na área.

A implantação do Distrito industrial foi projetada em três tapas, todas com incentivos por parte do município aos empresarios que venham a investir no local (Lei Municipal nº 3200/89).

Projetado pelo governo do Estado do Rio Grande do Sul na década de 1970, o Distrito Industrial de Santa Maria sempre esteve, intrinsecamente, ligado às questões do desenvolvimento industrial do município. Através de uma integração estratégica de suas empresas e dessas com os outros organismos, que direta ou indiretamente tem interesse ou participação nele, a ADV tem lutado pela revitalização do Distrito Industrial.

A Mão de obra nesta Unidade Residencial é de 1.097 empregados, 2.858 dependentes, 1.535 indiretos, totalizando 5.490 [1].

A municipalização[editar | editar código-fonte]

O distrito industrial pertenceu ao estado até o dia 21 de dezembro de 2009, quando na ocasião todos os deputados aprovaram, na Assembleia Legislativa, o repasse da área do Estado para o Município. No dia 13 de Janeiro de 2010 a então governadora Yeda Crusius assinou o repasse de 329 hectares a área do Distrito Industrial para o município [2]. A grande vantagem na municipalização do Distrito Industrial é a agilidade na Autorização para instalação de empresas na área.

O parque tecnológico [3][editar | editar código-fonte]

O Parque Tecnológico de Santa Maria é uma entidade sem fins lucrativos, que beneficia a população da região de Santa Maria em vários aspectos, destacando-se o crescimento da economia regional. Seu papel principal é o de transformar ideias em negócios, servindo de suporte em infra-estrutura e serviços a todo empreendedor em tecnologia, além de servir de campo e fonte de pesquisa para os acadêmicos e pesquisadores das universidades da região.

Na busca contínua por inovação, o principal objetivo é o incentivo a empresas e instituições a investirem no desenvolvimento sustentável de novos produtos e processos.

Em sua estrutura definitiva, o parque contará com laboratórios, biblioteca, sala de reuniões, auditório, local de convivência e caixa eletrônico.

Empresas inovadoras e intensivas em tecnologia podem se instalar no parque em um quarteirão com área de 10 hectares para instalação de sua sede própria, ou nos espaços disponíveis junto a um prédio moderno. O Parque Tecnológico tem em sua capacidade atual espaço para abrigar até 20 empresas, de pequeno e médio porte, dos mais diversos setores, aproveitando o grande volume de profissionais oriundos das universidades, incentivando assim a cultura empresarial, empreendedora e inovadora. O Parque Tecnológico de Santa Maria é deste modo, um dos maiores investimentos no apoio para o desenvolvimento e criação de novas tecnologias na região.

  1. Objetivos:
  • Contribuir para o desenvolvimento sustentável do município e região, com incentivo à disseminação da cultura empreendedora, à inovação e à tecnologia;
  • Transformar idéias em negócios, a partir do apoio a projetos oriundos da comunidade.
  1. Potencialidades locais:
  • Santa Maria está localizada no centro do Rio Grande do Sul;
  • Rápida ligação rodoviária: fácil deslocamento externo (interurbano) e interno (centro/universidade);
  • Ferrovia passa aos fundos do Distrito Industrial.
  • Forte setor terciário: grande desenvolvimento de comércio e da prestação de serviços;
  • Polo universitário com concentração de pesquisadores e tecnologia;
  • Esforço conjunto da prefeitura, universidades, entidades empresariais e sistema “S”, através do Comitê de Empreendedorismo.

A Associação Distrito Vivo [4][editar | editar código-fonte]

A Associação Distrito Vivo (sigla, ADV) é uma organização associativa sem fins lucrativos que representa de forma autônoma, democrática e apartidária as empresas instaladas no Distrito Industrial de Santa Maria desde 1º de março de 2005.

A associação surgiu de um encontro realizado no final de 2004 entre os dirigentes das empresas localizadas no Distrito Industrial para discutir os enfrentamentos diversos que passavam dentro da área e para dialogar quanto aos seus rumos futuros.

Cientes de que o desenvolvimento de Santa Maria está fortemente atrelado ao uso e à melhoria da infra-estrutura deste empreendimento, surgiu através da união das empresas nele instaladas - a Associação Distrito Vivo.

Referências

Referências Gerais[editar | editar código-fonte]

  • Viero, Lia Margot Dornelles. Atlas Municipal Geográfico.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]