Diurético poupador do potássio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fórmulas estruturais dos diuréticos poupadores do potássio.

Os diuréticos poupadores do potássio são um grupo de fármacos diuréticos, que actuam no rim, aumentando o volume e diminuindo a concentração da urina.

Eles são usados em conjunto com outras drogas, para o tratamento da hipertensão e manejo da insuficiência cardíaca congestiva.

Mecanismo de acção[editar | editar código-fonte]

Antagonistas da aldosterona

Inibe as ações do hormonio aldosterona, competindo pelos seus receptores das células renais. A aldesterona é responsável pela reabsorção de Na+ em, principalmente, túbulo contornado distal.

Bloqueadores dos ENaCs

São drogas que inibem os canais iônicos do tipo ENaC (Epithelial Sodium Channel), ou canais de sódio epiteliais, impedindo a reabsorção de sódio no néfron distal, causando natriurese e, por conseguinte, diurese.

Efeitos[editar | editar código-fonte]

Aumentam o volume da urina. São diuréticos limitados se usados sozinhos.

Efeitos adversos[editar | editar código-fonte]

  • Triantereno - cefaleia, hiperpotassemia
  • Amilorida- cefaleia, náuseas e hiperpotassemia
  • Espirolactona - ginecomastia, baixa potência sexual, agranulocitose, úlcera peptica, gastrite, injúria hepática.

Usos clínicos[editar | editar código-fonte]

O uso de diuréticos deve ser feito com restrição do sal na dieta, pois o seu efeito poderá aumentar o apetite por sal, e se este for ingerido em grandes quantidades, não terá efeito.

São usados em conjunção com um tiazídico ou diurético da alça para contrabalançar a perda de potássio que estes diuréticos provocam:

Os diuréticos poupadores de potássio de uso clínico incluem: