Divã (poesia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Divã (em persa: دیوان‎; transl.: divân; em árabe: ديوان‎; transl.: dīwān) é uma cancioneiro ou coletânea de obras literárias de um ou mais autores muçulmanos.[1][2] Começaram a ser produzidos no século VIII de modo a compilar a produção poética até então existente e neles ainda foram incluídas glossas interlineares sobre questões léxicas e gramaticais.[3]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Heinrichs, W. P.; Allen, R. M. A. (2012). «Qaṣīda». In: Cushman, Stephen; Cavanagh, Clare; Ramazani, Jahan; Rouzer, Paul Rouzer. The Princeton Encyclopedia of Poetry and Poetics. Princeton, Nova Jérsei: Imprensa da Universidade de Princeton 
Ícone de esboço Este artigo sobre poesia ou um poema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.