Diversidade sexual

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Infográfico sobre a diversidade sexual

A diversidade sexual e de gênero (DSG), ou simplesmente diversidade sexual, é um termo usado para referir-se de maneira inclusiva a toda a diversidade de sexos, orientações sexuais e identidades de gênero, sem necessidade de especificar cada uma das identidades que compreendem esta pluralidade.[1][2][3][4][5]

No Ocidente, geralmente utilizam-se classificações simples e herméticas para o sexo (homens, mulheres e intersexuais), para a orientação sexual (heterossexuais, homossexuais e bissexuais) e para a identidade de gênero (transgéneros e cisgêneros), reunidas sob a sigla LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros/transexuais e intersexuais). No entanto, outras culturas possuem maneiras diferentes de entender o sistema sexual.[6][7][8] Também, nas últimas décadas, têm-se popularizado diversas teorias da sexologia, como a escala de Kinsey e a teoria queer, as quais propõem que esta classificação resulta insuficiente para descrever a complexidade da sexualidade na espécie humana e em outras espécies animais.[9]

Por exemplo, pode ser que haja pessoas que experimentem uma orientação sexual intermédia entre heterossexual e bissexual (heteroflexibilidade) ou entre homossexual e bissexual (homoflexibilidade). Pode acontecer, ainda, de sua orientação variar ao longo do tempo, ou que venha a incluir atração por outros sexos além de homens e mulheres (pansexualidade). Em outras palavras, dentro da bissexualidade, existe uma grande diversidade de tipologias e orientações que variam desde uma completa heterossexualidade a uma completa homossexualidade.[10]

A diversidade sexual inclui as pessoas intersexuais, que nascem com características intermédias entre homens e mulheres;[11] as pessoas assexuais, quem não experimentam interesse na actividade sexual;[12] todas as pessoas que consideram que sua identidade não se pode definir(pessoas queer); e todas as identidades transgênero e transexuais que não se enquadram dentro do sistema de gênero binário. Tanto a identidade de gênero quanto a orientação sexual podem ser experienciadas em diferentes graus além do cisgênero e da transexualidade, como no caso das pessoas de gênero não-binário.[13]

Socialmente, reivindica-se a diversidade sexual como forma da aceitação de qualquer forma de ser, com iguais direitos, liberdades e oportunidades dentro do marco dos Direitos Humanos. Em muitos países, reivindica-se a visibilidade da diversidade sexual nas marchas do Orgulho LGBTI.[14]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Diversidade Sexual e a Cidadania LGBT. Governo do Estado de São Paulo. Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania. 2014.
  2. (em inglês) Sexual and gender diversity. Rutgers. For sexual and reproductive health and rights.
  3. (em português) Diversidade Sexual e a Cidadania LGBT. Governo do Estado de São Paulo. Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania. 2014.
  4. Meyer, Elizabeth J. (2010). Gender and Sexual Diversity in Schools (em inglés). [S.l.]: Springer Science & Business Media. ISBN 978-90-481-8558-0 
  5. (em inglês) FAQ on health and sexual diversity: The basics. World Health Organization. 2016.
  6. (em inglês) Sexual variation in India: A view from the west. Indian Journal of Psychiatry. 2010.
  7. Epprecht, Marc; Nyeck, S. N (2013). Sexual Diversity in Africa: Politics, Theory, and Citizenship (em inglés). [S.l.]: McGill-Queen's University Press. ISBN 978-07735-4187-0 
  8. (em inglês) Gender diversity in Indonesia: Sexuality, Islam and queer selves. 2010.
  9. Roughgarden, Joan (Director) (2008). Sexual Diversity in the Animal Kingdom (em inglés) 
  10. (em inglês) Beyond Heterosexual, Bisexual, and Homosexual: A Diversity in Sexual Identity Expression. Archives of Sexual Behavior. 2016.
  11. Un cuerpo, mil sexos: intersexualidades. [S.l.]: Topia. 2010. ISBN 978-987-1185-42-9 
  12. Carrigan, Mark; Gupta, Kristina; Morrison, Todd G. (2015). Asexuality and Sexual Normativity: An Anthology (em inglés). [S.l.]: Routledge. ISBN 978-0-415-73132-4 
  13. (em inglês) Theorising Gender Diversity: Current trans, future directions. University of Huddersfield. 2013.
  14. (em inglês) Pride Weekend events celebrate gender and sexual diversity in Oxford. Arquivado em 17 de maio de 2017 no Wayback Machine. The Daily Mississippian. 17 may 2017.
Ícone de esboço Este artigo sobre LGBT é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.