Dividend yield

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Dividend Yield, abreviadamente DY, é uma expressão inglesa que traduzida literalmente significa rendimento do dividendo. É um índice criado para medir a rentabilidade dos dividendos de uma empresa em relação ao preço de suas ações. Este índice traz o benefício de poder comparar a rentabilidade dos dividendos entre empresas.

Por exemplo, a empresa de telefonia móvel Vivo S.A., aprovou em 20/03/2009, a distribuição de dividendos a seus acionistas, no valor de R$0,72 por ação, a serem pagos em 30/12/20091 . Supondo que o preço das ações da VIVO seja de R$31,10 no início do exercício de 2010, calcularemos o dividend yield da seguinte forma:

DYH=\left( \frac{D}{A} \right) \times 100 \longrightarrow DYH_{vivo}=\left( \frac{0,72}{31,10} \right) \times 100 \approx 0,0232 \times 100 \longrightarrow DYH_{vivo}=2,32%

Onde:

  • DYH = Dividend yield histórico, em (%).
  • D = Valor do dividendo de um exercício em R$.
  • A = Preço por ação no início do exercício em R$.

No exemplo acima a Vivo S.A. pagou 2,32% sobre o valor da ação. Além dos dividendos, as empresas também pagam através de Juros Sobre Capital Próprio (JSCP). No exemplo, a Vivo S.A. também pagou R$0,44 por ação de JSCP, com 15% de Imposto de Renda retido na fonte (R$0,07), ou seja, R$0,37 por ação de lucro líquido.

Referências