Diz que tem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Diz que tem"
Single de Carmen Miranda
Formato(s) 78 rpm
Gravação 02 de setembro de 1940
Gênero(s) Samba
Duração 2 min 44 s
Gravadora(s) Odeon Records
Composição Vicente Paiva e Aníbal Cruz

Diz que tem é um samba-batuque de Vicente Paiva e Aníbal Cruz gravado pela cantora e atriz Carmen Miranda em 13 de outubro de 1941. Foi lançado por ocasião da última temporada artística de Cármen no Brasil, quando esta se apresentou no Cassino da Urca, no Rio de Janeiro. Ela foi acusada de ter se "americanizado" após transferir-se para os Estados Unidos.[1][2]

Referências

  1. Carmen Miranda em Diz que tem
  2. CASTRO, Ruy, Carmen, Uma Biografia, São Paulo:Companhia das Letras, 2005, ISBN 85-359-0760-2

Ligações externas[editar | editar código-fonte]