Djibloho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Djibloho, rebatizada oficialmente em 2017 para Ciudad de la Paz[1][2] (também referida como Oyalá) é uma cidade projetada para a ser a futura capital de Guiné Equatorial,[3] substituindo Malabo na categoria de capital.[4]

Foi erroneamente noticiado que a cidade foi projetada pelo ateliê português de arquitectura e urbanismo FAT - Future Architecture Thinking, projetada para albergar 160 mil habitantes numa área de 8150 hectares.[5][6]

O primeiro esboço da cidade foi elaborado por arquitetos chineses, tendo o Master Plan sido concebido pela empresa Francesa EGIS.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Guiné Equatorial é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.