Dmitri Khvorostovski

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2018). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Дмитрий Александрович Хворостовский
Dmitri Khvorostovski
Informação geral
Nascimento 16 de outubro de 1962
Local de nascimento Krasnoyarsk, Sibéria
Origem Krasnoyarsk
País Sibéria
Morte 22 de novembro de 2017 (55 anos)
Local de morte Londres, Reino Unido
Gênero(s) Ópera e recitais
Instrumento(s) Vocal
Extensão vocal Barítono

Dmitri Aleksandrovitch Khvorostovski (em russo: Дмитрий Александрович Хворостовский; 16 de outubro de 1962 - 22 de novembro de 2017[1]) foi um barítono russo.

Hvorostovsky nasceu em Krasnoiarsk, na Sibéria. Estudou na Escola de Artes de Krasnoiarsk sob os ensinamentos de Ekaterina Yofel e fez sua estreia na Casa de Ópera de Krasnoiarsk no papel de Marullo, Rigoletto (Giuseppe Verdi).

Venceu o Primeiro Prêmio da Competição Glinka em 1987 e da Competição de Cantores de Toulouse em 1988. Hvorostovsky veio a ter fama internacional em 1989, quando ele ganhou a Competição Cantores do Mundo da BBC, Cardiff, ganhando do favorito cantor local, Bryn Terfel no último round. Sua performance na Competição incluiu Ombra mai fu de Handel e Per me giunto ... O Carlo ascolta de Don Carlo de Verdi. Seus concertos internacionais começaram imediatamente (estreia em Londres em 1989 e em Nova Iorque em 1990).

Sua estreia no oeste foi na Ópera de Nice com A Rainha de Espadas em 1989. Na Itália, sua estreia foi no Teatro La Fenice como Eugene Onegin, um sucesso que fez aumentar sua reputação. Sua estreia em ópera nos Estados Unidos aconteceu com a Ópera Lírica de Chicago em 1993, na performance de La Traviata.

Desde então ele cantou nas maiores casas de óperas do mundo, incluindo o Metropolitan Opera House (estreando em 1995), no Royal Opera House, Covent Garden, a Ópera do Estado de Berlim, La Scala e na Ópera do Estado de Viena. Ele é especialmente renomado por interpretar o papel-título Eugene Onegin, de Tchaikovsky. O The New York Times o descreve como "nascido para este papel".

Hvorostovsky é aclamado como um cantor de óperas tanto como cantor de recitais e concertos. Ele foi nomeado como uma das cinquenta pessoas mais bonitas do planeta.[carece de fontes?]

Repertório[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Lusa (22 de novembro de 2017). «Morreu barítono russo Dmitri Hvorostovsky aos 55 anos». Diário de Notícias. Consultado em 22 de novembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]