Docodonta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaDocodonta
Ocorrência: Jurássico - Cretáceo
Castorocauda BW.jpg

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Synapsida/Mammalia
(sem classif.) Mammaliaformes
Ordem: Docodonta
Kretzoi, 1946
Famílias
ver texto

A Docodonta é uma ordem de mamíferos/mammaliaformes (dependendo do esquema de classificação) extintos que viveram durante a era Mesozóica. Sua principal característica é o sofisticado conjunto de molares, do qual provém o nome da ordem. Seu registro fóssil é pobre e escasso, sendo representados por dentes isolados, mandíbulas incompletas e raros ossos craniais e pós-craniais. A maior parte dos espécimens foram encontrados na aréa da antiga Laurásia (América do Norte, Europa e Ásia), entretanto, descobertas recentes, estenderam sua distribuição para a antiga Gondwana (Índia e América do Sul).

Acredita-se que os docodontes era principalmente herbívoros e/ou insetívoros, entretanto, ao menos uma espécie, o Castorocauda pode ter sido piscívora, pelo formato de seus dentes.

A posição filogenética exata do docodontes depende do método que cada taxonomista está usando. Do ponto de vista cladístico, os docodontes são mammaliaformes estando fora da classe Mammalia. Do ponto de vista 'tradicional', os docodontes são mamíferos basais e normalmente agrupados na subclasse parafilética Allotheria ou na Theria. Simpson (1928;1929;1945) e muitos antecessores (Marsh 1887; Osborn 1888) agrupavam os docodontes entre os pantotérios, que eram considerados como linhagem basal dos térios atuais.

Classificação[editar | editar código-fonte]

A listagem abaixo foi baseada em McKenna e Bell, 1997; Sigogneau-Russell, 2003; Kielan-Jaworowska, Cifelli e Luo, 2004; Ji, Luo, Yuan e Tabrum, 2006; Prasad e Manhas, 2007; Hu, Meng e Clark, 2007; diferenças e comentários vide notas:

  • Ordem Docodonta 1 Kretzoi, 1946 sensu McKenna e Bell, 1997
    • Gênero Delsatia Sigogneau-Russell e Godefroit, 1997 incertae sedis
    • Gênero Dinnetherium 2 Jenkins, Crompton e Downs, 1983 incertae sedis
    • Família Docodontidae Simpson, 1929
      • Gênero Cyrtlatherium Freeman, 1979
      • Gênero Haldanodon Kühne e Krusat, 1972
      • Gênero Borealestes Waldman e Savage, 1972
      • Gênero Dsugarodon Pfretzcshner e Martin, 2005
      • Gênero Castorocauda Ji, Luo, Yuan e Tabrum, 2006
      • Gênero Simpsonodon Kermack, Lee, Lees e Musset, 1987
      • Gênero Krusatodon Sigogneau-Russell, 2003
      • Gênero Peraiocynodon 3 Simpson, 1928
      • Gênero Docodon 4 Marsh, 1881
      • Gênero Gondtherium Prasad e Manhas, 2007
      • Gênero Acuodulodon Hu, Meng e Clark, 2007
    • Família Reigitheriidae 5 Bonaparte, 1990
      • Gênero Reigitherium 6 Bonaparte, 1990
    • Família Tegotheriidae 7 Tatarinov, 1994
      • Gênero Itatodon Lopatin e Averianov, 2005
      • Gênero Tashkumyrodon Martin e Averianov, 2004
      • Gênero Tegotherium Tatarinov, 1994
      • Gênero Sibirotherium Maschenko, Lopatin e Voronkevich, 2002
    • Família Megazostrodontidae 8 Cow, 1986 sensu Kielan-Jaworowska, Cifelli e Luo, 2004
      • Gênero Indozostrodon Datta e Das, 2001
      • Gênero Megazostrodon Crompton e Jenkins, 1968
      • Gênero Wareolestes 9 Freeman, 1979
      • Gênero Brachyzostrodon 10 Sigogneau-Russell, 1983

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Inclui a Tegotheridia Tatarinov, 1994; Docodontiformes Kinman, 1994 é um sinônimo.
  2. Incluído na família Megazostrodontidae sensu Kielan-Jaworowska, Cifelli e Luo (2004).
  3. McKenna e Bell (1997) e Kielan-Jaworowska, Cifelli e Luo (2004) consideravam no como sinônimo do Docodon.
  4. Sinônimos: Dicrocynodon Marsh, 1881, Diplocynodon Marsh, 1880, Dryolestes Marsh, 1879, Ennacodon Marsh, 1890, e Enneodon Marsh, 1887.
  5. Algumas vezes incluída na família Docodontidae.
  6. Mammalia incertae sedis sensu Kielan-Jaworowska, Cifelli e Luo, 2004, excluindo-o da Docodonta.
  7. McKenna e Bell (1997) agrupou-a na família Docodontidae.
  8. Incluída na ordem Morganucodonta sensu Kielan-Jaworowska, Cifelli e Luo (2004). McKenna e Bell (1997) incluíram-na na Docodonta.
  9. Descrito originalmente (Freeman, 1979) como pertencente á família Morganucodontidae, e seguido por McKenna e Bell (1997); Kielan-Jaworowska, Cifelli e Luo (2004) o posicionou entre os Megazostrodontidae.
  10. Incluído na família Morganucodontidae por McKenna e Bell (1997); Kielan-Jaworowska, Cifelli e Luo (2004) o posicionou entre os Megazostrodontidae.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • PRASAD, G. V. R.; MANHAS, B. K. (2001). First docodont mammals of Laurasian affinity from India. Current Science 81 (9) 1235-1238. Completo
  • PASCUAL, R.; GOIN, F. J.; GONZÁLEZ, P.; ARDOLINO, A.; PUERTA, P. F. (2000). A highly derived docodont from the Patagonian Late Cretaceous: evolutionary implications for Gondwanan mammals. Geodiversitas 22 (3) : 395-414. Completo
  • McKENNA, M. C.; BELL, S. K. (Eds.) (1997). Classification of mammals – above the species level. New York: Columbia University Press, xii-631.
  • SIGOGNEAU-RUSSELL, D. (2003). Docodonts from the British Mesozoic. Acta Palaeontologica Polonica 48 (3): 357–374.
  • PRASAD, G. V. R.; MANHAS, B. K. (2007). A new Docodont Mammal from the Jurassic Kota Formation of India. Palaeontologia Electronica 10 (2): 1-11.
  • JI, Q.; LUO, Z-X.; YUAN, C-X.; TABRUM, A. R. (2006). A Swimming Mammaliaform from the Middle Jurassic and Ecomorphological Diversification of Early Mammals. Science 311 (5764): 1123-1127. Resumo
  • HU, Y-M.; MENG, J.; CLARK, J. M. (2007). A New Late Jurassic Docodont (Mammalia) from Northeastern Xinjiang, China. Vertebrata PalAsiatica, 45 (3): 173-194. Resumo

Ligações externas[editar | editar código-fonte]