Doença de Paget da mama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Doença de Paget da mama
Classificação e recursos externos
CID-10 C50
CID-9 174
DiseasesDB 9500
eMedicine derm/305
MeSH D010144
Star of life caution.svg Aviso médico

Doença de Paget da mama é uma doença que tem aparência externa de eczema, com mudanças envolvendo a pele dos mamilos da mama.

Ocorre quando as células de Paget, que são grandes e irregulares, se formam na pele do mamilo. Embora as células de Paget não sejam cancerosas, elas são quase sempre um indicador de câncer de mama.

Epidemiologia[editar | editar código-fonte]

A doença é relativamente incomum, sendo o primeiro sinal de câncer de mama em apenas 0,5 a 4,3% de todos os casos. A ocorrência em mulheres com menos de 30 anos é extremamente rara.

Diagnóstico[editar | editar código-fonte]

Os exames recomendados são uma mamografia e uma biópsia para confirmar o diagnóstico. Um exame citológico também pode ser útil.

Tratamento[editar | editar código-fonte]

O tratamento geralmente envolve cirurgia. Quimioterapia e radioterapia podem ser necessários.

História[editar | editar código-fonte]

Essa doença recebe o nome em homenagem a Sir James Paget, um cirurgião britânico que a descreveu pela primeira vez em 1875.