Dogue canário

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dogue canário
dogo canário adulto da cor fulvo
Nome original Perro de presa canario
Outros nomes Dogue canário
Presa canário
Dogo canário
País de origem Flag of Spain.svg Espanha
Características
Peso macho 50-65 kg
Peso fêmea 40-55 kg
Altura macho 60-66 cm na cernelha
Altura fêmea 56-62 cm na cernelha
Pelo curto
Cor variações de tigrado e de fulvo
Expectativa de vida 9-11 anos
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 2 - Cães de tipo Pinscher e Schnauzer, Molossóides e Cães de Montanha, e Boieiros Suiços
Seção 2 - Molossóides
Estalão #346 - 04 de junho de 2011

Dogue canário ou dogo canário,[Nota] (em espanhol: Presa canario) também conhecido como presa canário, é uma raça canina oriunda das Ilhas Canárias, na Espanha. Utilizado originalmente como cão de boiadeiro, a raça é agora conhecida como um ótimo cão de guarda.[1]

História[editar | editar código-fonte]

De origem acidental, é o resultado dos cruzamentos de diversas raças molossóides, cuja principal foi a nativa da área, o perro majorero. Com a chegada de diversos outros molossos(provavelmente o Alano espanhol, e/ou o Mastim espanhol) à ilha, levados com o objetivo de ajudar na lida com o gado bravo, os cruzamentos foram possíveis e o Presa Canário desenvolveu-se praticamente em isolamento nas ilhas por quase 500 anos. Sendo muito utilizado na lida com o gado, a raça foi depois introduzida nos combates tão populares da época. Com os melhoramentos da pecuária e a proibição dos combates, estes caninos foram praticamente extintos por falta de utilidade, tendo sua criação retomada em meados do século XX.[1][2]

Características[editar | editar código-fonte]

Dogo canário em treinamento de guarda.

O dogo canário é um cão de grande porte, forte, de cabeça pesada e mandíbula grande. Os exemplares machos medem entre 60 e 66 cm na altura da cernelha, e as fêmeas entre 56 e 62 cm na altura da cernelha; os machos pesam entre 50 e 65 kg, e as fêmeas entre 40 e 55 kg.[1]

presa canário, cor tigrado

São aceitas todas as varições de tigrado, do mais claro até o tigrado invertido que se assemelha ao preto; e todas as variações de fulvo; sempre conservando a máscara preta.

São ótimos cães de guarda e é bom, desde sua origem, em cuidar e conduzir o gado. É manso e nobre em família, com grande apego ao dono e desconfiado com estranhos.

Costuma-se realizar o corte de orelhas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Dogue canário

Referências

  1. a b c http://www.cbkc.com.br/padroes/pdf/grupo2/dogocanario.pdf
  2. «Dogo canário». Dog times. Consultado em 21 de novembro de 2011. 
Ícone de esboço Este artigo sobre cães, integrado ao Projeto Cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.