Dolcinianos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Movimento Dolciniano foi uma seita religiosa da Baixa Idade Média que se originou dos Irmãos Apostólicos.

O frei herege Dolcino de Novara, criador do Movimento Dolciniano, em uma litografia de Michel Doyen (1809-1881).

Foram um movimento religioso cristão considerado como uma seita pela Igreja Católica no início do século XIV. Eles eram seguidores de Frei Dolcino, um seguidor de Gerardo Segarelli, que prometeu-lhes a vida apostólica de Cristo, a rejeição da riqueza e o amor, em comunhão com todos os seres vivos, incluindo os animais.

Os Dolcinianos (às vezes chamados de "Dolcinitas") e os Apostólicos foram inspirados por ideais franciscanos, influenciado pelos Joaquimitas, mas que foram consideradas heréticas pela Igreja Católica. O nome deriva do líder do movimento, Frei Dolcino de Novara (a. 1250-1307), que foi queimado como herege por ordem do Papa Clemente V. Os Apostólicos / Dolcinianos podem ser visto como uma manifestação no norte da Itália do que foi mais tarde o movimento cátaro, que também foi suprimido por uma Cruzada papal (Cruzada albigense) e foi finalmente eliminado na época do assalto àos Dolcinianos.


Bibliografia[editar | editar código-fonte]