Domícia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Novembro de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Domícia (em latim: Domitia Lepida Major; ca. 19 a.C.junho de 59) [carece de fontes?], dita a Velha, foi a filha mais velha de Antónia, a Velha [Nota 1] e Lúcio Domício Enobarbo (cônsul em 16 a.C.).

Sua mãe, Antónia, era filha de Marco António e Octávia.[1]

Outro filho de Antónia e Lúcio foi Cneu Domício Enobarbo, o pai do imperador Nero.[2]

Cerca de 5 a.C., casou-se com o cônsul e depois senador Décimo Hatério Agripa, enviuvando em 32. Seu filho Quinto Hatério Antonino seria cônsul em 53.

Em 33 contraiu novas núpcias com o rico orador Caio Salústio Crispo Passieno,[3] descendente do célebre historiador Salústio.

Em 41, foi forçada a divorciar-se, para que Passieno pudesse se casar com a sobrinha do imperador Cláudio, Agripina, a Jovem, que voltara recentemente do exílio e enviuvara no ano anterior.

Segundo Suetônio, Nero assassinou Domícia após haver assassinado a própria mãe; Domícia estava sofrendo de uma grave constipação, recebeu a visita de Nero e, pegando em sua barba, comentou que, assim que recebesse a barba, morreria feliz.[4] A primeira vez que um romano fazia a barba era considerado um ato simbólico, e normalmente era feito aos vinte e um anos.[5] Nero, então, disse que faria logo a barba, e ordenou aos médicos que dessem uma overdose do remédio, se apossando dos bens da sua tia antes mesmo que seu corpo tivesse esfriado.[4]

Notas e referências

Notas

  1. Antónia, a Velha é a tradução para o português de Antonia Maior, significa a filha mais velha (maior) de um homem da gens Antonia

Referências

  1. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Marco Antônio, 87.3 [em linha]
  2. Suetônio, Vidas dos Doze Césares, Vida de Nero, 5.1 [em linha]
  3. Quintiliano, Institutio Oratia, Livro VI, 1.50 [em linha]
  4. a b Suetônio, Vida dos Doze Césares, Vida de Nero, 34.5 [em linha]
  5. J. C. Rolfe, tradutor de Suetônio para o inglês

Árvore genealógica simplificada:

 
 
Marco António
 
 
 
Octávia
 
 
 
 
 
Cneu Domício Enobarbo
 
Emília Lépida?
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Antónia, a Velha
 
 
Antónia, a Jovem
 
 
 
 
 
 
 
 
Lúcio Domício Enobarbo
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Domícia
 
 
Cneu Domício Enobarbo
 
 
Domícia Lépida