Domingo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O domingo é o dia da semana compreendido entre o sábado e a segunda-feira.

Em muitos países do mundo, incluindo a maioria dos países da Europa[1] [2] [3] e da América Hispânica, é considerado o último dia da semana civil.

1° dia 2° dia 3° dia 4° dia 5° dia 6° dia último dia
Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Domingo

Entretanto, em muitos outros países, como a Grécia, a Grã-Bretanha, os Estados Unidos e países anglo-saxões em geral,[4] além do Japão, do Brasil e de Portugal, o domingo é considerado como o primeiro dia da semana.[5] ,[6]

1° dia 2° dia 3° dia 4° dia 5° dia 6° dia sétimo dia
Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado

Na liturgia cristã, assim como no judaísmo e no islamismo, também é considerado o primeiro dia da semana.[7]

Já segundo a norma ISO 8601,[8] o domingo é o sétimo dia da semana.

De todo modo, na maioria dos países do mundo ocidental, é um dia de descanso.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A palavra é originária do latim dies Dominicus, que significa "dia do Senhor". Existe, nessa mesma acepção, em castelhano (domingo), italiano (domenica), francês (dimanche) e em todas as línguas românicas.

Povos pagãos antigos reverenciavam seus deuses dedicando este dia ao astro Sol, o que marca a denominação deste dia em inglês (Sunday) e alemão (Sonntag), com o significado de "Dia do Sol".

História[editar | editar código-fonte]

Paganismo[editar | editar código-fonte]

Antes do advento do cristianismo, esse dia correspondia ao dies Solis ('dia do Sol'),[3] isto é "dia do Sol" em honra da divindade do Sol Invictus.[9]

Por ser Roma uma cidade cosmopolita e sede de um vasto império, para lá afluíram povos de diversas culturas, com inúmeras crenças, as quais eram recebidas e reconhecidas pelos romanos e que ter-se-iam associado às crenças dos latinos, sabinos e etruscos na reverência ao primeiro dia da semana.

Cristianismo[editar | editar código-fonte]

Em 7 de março de 321, Constantino Primeiro, o Grande, decreta que o domingo seria observado como dia de repouso civil obrigatório:

"Que no venerável dia do sol os magistrados e as pessoas residentes nas cidades descansem, e que todas as oficinas, estejam fechadas, No campo ainda assim que as pessoas ocupadas na agricultura possam livremente continuar seus afazeres pois pode acontecer que qualquer outro dia não seja apto para a plantação de vinhas ou de sementes..."[10]

Em 325 d.C. as orientações decididas no Primeiro Concílio de Niceia, estabelecem universalmente o primeiro dia da semana como dia sagrado, o nome do primeiro dia da semana foi modificado de Prima Feria para Dies Domenica. Tal decisão mantida pela maioria das denominações cristãs até a atualidade.

No entanto, o culto ao Sol Invictus ainda permaneceria em Roma (assim como o uso da denominação dies Solis), até a promulgação do célebre édito de Tessalônica, de 27 de fevereiro de 380, quando o imperador Teodósio I, estabeleceu que a única religião de Estado seria o cristianismo de Niceia e baniu qualquer outro culto. Assim, em 3 de novembro de 383, o dies Solis passou a ser denominado oficialmente dies dominica (Dia do Senhor) em todo o Império Romano. No entanto, a denominação pagã, alusiva ao Sol, foi preservada, tanto em inglês (Sunday) como em alemão (Sonntag) e demais línguas germânicas. [11]

A designação teve repercussões geográficas quase dez séculos mais tarde: Cristóvão Colombo, ao chegar pela primeira vez ao Caribe, a 3 de novembro de 1493, mais precisamente à ilha hoje compartilhada pelo Haiti e pela República Dominicana, chamou-a Dominica, por ser um dia de domingo, segundo o calendário juliano, então em vigor.

Origem dos nomes dos dias da semana[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Dias da semana

Os nomes dos dias da semana em português têm a sua origem na liturgia católica. Na maior parte das outras línguas, originam-se de nomes das divindades pagãs às quais os dias eram dedicados.

Noutros idiomas[editar | editar código-fonte]

Idioma Nome Significado
Alemão Sonntag Dia do Sol
Mandarim 星期日 (xīng qī rì) |Dia da estrela do sol
Neerlandês Zondag
Inglês Sunday
Japonês 日曜日 / Nichiyōbi
Finlandês Sunnuntai
Sueco Söndag
Dinamarquês Søndag
Catalão Diumenge "Dia do Senhor"
Castelhano Domingo
Esperanto Dimanĉo
Francês Dimanche
Galego Domingo
Grego Κυριακή
Indonesia Minggu
Italiano Domenica
Português Domingo
Romeno Duminică
Estónio Pühapäev Dia sagrado
Polaco Niedziela
Basco Igande
Turco Pazar
Tcheco Neděle "Nada a fazer" ou "Dia de descanso".
Lituano Sekmadienis Sétimo dia

Referências

  1. (em francês) Dictionnaire Atilf: 'dimanche'. Citação: Les dict. gén. du XIXe et du XXe s. définissent le dimanche comme « le premier jour de la semaine »
  2. (em espanhol) Diccionario de la lengua española. 'domingo'. Citação: Del lat. tardío [dies] dominĭcus '[día] del Señor'. 1. m. Séptimo día de la semana, que es festivo para el cristianismo y, en general, en el mundo occidental.
  3. a b (em italiano) Vocabolario Treccani: 'domenica. Citação: s. f. [lat. tardo domĭnĭca (dies) «(giorno) del Signore»]. – Settimo giorno della settimana (ma primo nella liturgia cattolica), che segue al sabato.
  4. Merriam-Webster Dictionary an Thesaurus. Sunday. Citação: the first day of the week : the Christian analogue of the Jewish Sabbath
  5. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa
  6. Dicionário e Enciclopédia Koogan/Houaiss. Rio de Janeiro: Edições Delta, 1995.
  7. No Islã todos os dias da semana são referidos pelo número de ordem. Assim, o domingo é o dia um (Yawm al-Ahad : Yawm significando 'dia', e ahad, 'um'); a segunda-feira, como o dia dois (Yawm al-Ithnayn, Ithnayn significando 'dois'), e assim por diante.
  8. ISO 8601
  9. (em italiano) Costantino e il Sol Invictus. Por Johannes Wienand Enciclopedia Costantiniana (2013)
  10. (em inglês) "Canon 29 of the Council of Laodicea". Christian Classics Ethereal Library (CCEL).
  11. CEI Conferenza Episcopale Italiana. Bibbia Edimedia. Florença:Edimedia, 2013.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Commons Categoria no Commons
  • Strand, Kenneth A. "Como o domingo tornou-se o popular dia de culto".