Domingos Jaci Monteiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Domingos Jaci Monteiro
Nascimento 13 de março de 1831
Rio de Janeiro
Morte 4 de novembro de 1896
Rio de Janeiro
Cidadania Brasil
Ocupação político, poeta, professor, crítico literário, latinista, médico, advogado, servidor público

Domingos Jacy Monteiro (Rio de Janeiro, 13 de março de 1831 — Rio de Janeiro, 4 de novembro de 1896[carece de fontes?]) foi um poeta, professor, crítico literário, latinista, médico, advogado, servidor público e político brasileiro, além de ingresso cavaleiro da Ordem da Rosa e da Ordem de Cristo.

Foi presidente da província do Amazonas, nomeado por carta imperial de 3 de junho de 1876, de 26 de julho de 1876 a 26 de maio de 1877.[1]

Referências

  1. Galvão, Miguel Archanjo (1894). Relação dos cidadãos que tomaram parte no governo do Brazil no periodo de março de 1808 a 15 de novembro de 1889. Rio de Janeiro: Imprensa nacional. p. 48 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Nuno Alves Pereira de Melo Cardoso
Presidente da província do Amazonas
1876 — 1877
Sucedido por
Agesilão Pereira da Silva


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.