Don Q, Filho do Zorro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Don Q, Son of Zorro
Don Q, Filho do Zorro (PT/BR)
Estados Unidos
1925 •  111 minutos min 
Direção Donald Crisp
Roteiro Jack Cunningham
Lotta Woods
Baseado em Don Q.'s Love Story de Kate e Hesketh Hesketh-Prichard
Elenco Douglas Fairbanks
Gênero swashbuckler
Cronologia
The Mark of Zorro (1920)

Don Q, Son of Zorro (No Brasil e em Portugal: Don Q, Filho do Zorro) é um filme de 1925 com Douglas Fairbanks. Ele é a seqüencia do filme mudo A Marca do Zorro de 1920 e é vagamente no romance de 1909, Don Q.'s Love Story, escrito por Hesketh Hesketh-Prichard sua mãe, Kate O'Brien Ryall Prichard, o personagem do livro, Don Quebranta Huesos era uma espécie de Robin Hood espanhol.[1] Fairbanks interpreta Cesar, o filho de Don Diego Vega, o Zorro, personagem criado pelo escritor norte-americano Johnston McCulley no romance The Curse of Capistrano, publicado em capítulos na revista pulp All-Story Weekly (1919), que o próprio Fairbanks interpretou no filme de 1920.[2]

O personagem Zorro[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Zorro

Idealizado pelo escritor norte-americano Johnston McCulley, a primeira aparição do lendário personagem Zorro aconteceu nas páginas da revista pulp All-Story Weekly, em 1919. Publicada em cinco edições, com o título de The Curse of Capistrano, a história acabou ganhando as telas do cinema no ano seguinte, no filme The Mark of Zorro. Em seguida, em virtude do enorme sucesso do filme, McCulley relançou a história sob o formato de um romance, que acabou recebendo o mesmo título do filme: The Mark of Zorro.

Referências

  1. John Sutherland (2014). The Longman Companion to Victorian Fiction. [S.l.]: Routledge. 518 páginas. 9781317863335 
  2. Jeffrey Vance (2008). Douglas Fairbanks. [S.l.]: University of California Press. 184 páginas. 9780520256675 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.