Don Ratón y Don Ratero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Don Ratón y don Ratero
 México
1983 •  cor •  89 min 
Direção Roberto Gómez Bolaños
Roteiro Roberto Gómez Bolaños
Elenco Roberto Gómez Bolaños
María Antonieta de las Nieves
Florinda Meza
Rubén Aguirre
Edgar Vivar
Angelines Fernández
Raúl "Chato" Padilla
Horacio Gómez Bolaños
Benny Ibarra
Alfredo Alegría
Arturo García Tenorio
Género comédia
Idioma espanhol

Don Ratón y don Ratero é um filme de comédia do México lançado em 1983.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Na história do filme que se passa no México dos anos 20 existem duas gangues de assaltantes que sustentam uma guerra declarada entre eles. Uma é comandada pelo celebre bandido Rufino Rufião (Ruben Aguirre); Porém suas ordens são supervisionadas por sua mãe uma senhora muito tranquila faz gala de refinamento para ordenar que se elimine seus rivais.

A outra gangue é comandado por “Kilos” (Édgar Vivar), um gordo que não tem os refinamentos de Rufião, porém igualmente perigoso. A confusão começa quando Ratón Pérez, “Exterminador de Ratos” (Chespirito) é confundido com um famoso assassino de Chicago, considerado o tipo mais perigoso da história da AMPA. Os rumores se espalham e todos os mafiosos temem enfrentar o temível “Exterminador de Ratos”

Elenco[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • O filme é ambientado nos anos 20. Por isso vários adereços da época são mostrados, como os automóveis.
  • Acredita-se que esse filme tenha sido gravado nas partes coloniais de San Ángel e Coyoacán.
  • Nesse filme, a trilha de risadas foi substituída pelas músicas instrumentais de fundo.
  • Cenas de alguns episódios do Chapolin Colorado foram utilizados nesse filme. Os episódios foram: "Proibido Mexer com Bombas no Horário de Serviço" (1973), "As Bombas Fazem Muito Mal em Jejum" (1976) e "O Bandido do Hospital" (1974).
  • O Dr. Chapatin faz uma aparição nesse filme.
  • Assim como o El Chanfle, "Don Ráton y Don Ratero" pode ser assistido completo e legendado no Youtube.

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Univisión (29 de novembro de 2014). «"Don Ratón y Don Ratero"». Consultado em 18 de abril de 2015