Dongle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2015). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Um dongle Bluetooth habilita a funcionalidade Bluetooth em um computador sem Bluetooth embutido.

Um dongle, ou hardlock, é um pequeno pedaço de hardware de computador que se conecta a uma porta em outro dispositivo, para fornecer funcionalidade adicional ou permitir a passagem para ao dispositivo que ele adiciona funcionalidade,[1] restringindo o uso de um determinado programa, por exemplo.[2] Versões mais antigas utilizavam a porta serial ou a porta paralela do computador e, atualmente, utiliza-se uma conexão USB, geralmente encontrado no formato de um pendrive.

Na computação, o termo era inicialmente sinônimo de dongles de proteção de software - uma forma de gerenciamento de direitos digitais por hardware em que um software só funcionará se um dongle específico, que normalmente contém uma chave de licença ou algum outro mecanismo de proteção criptográfica, estiver conectado ao computador enquanto estiver em execução.

Desde então, o termo foi aplicado a outras formas de dispositivos com um fator de forma semelhante, como adaptadores que convertem portas para lidar com diferentes tipos de conectores (como DVI para VGA para monitores, conexão USB para serial e, na computação moderna, USB-C para outros tipos de portas, e Mobile High-Definition Link),[3] adaptadores sem fio USB para padrões como Bluetooth e Wi-Fi (o termo "stick" ou "chave" é mais comumente usado para descrever unidades flash USB, bem como formas modernas de dongles com formatos mais finos, mais semelhantes às unidades flash) e players de mídia digital com pequeno fator de forma que se conectam às portas HDMI.

Aplicações[editar | editar código-fonte]

Um dongle é utilizado para prevenir o uso de cópias não autorizadas de um determinado software proprietário (pirataria), já que o programa só funcionará ao detectar corretamente a presença do dispositivo no computador. Comumente fornecido com aplicativos restritivos de alto custo e destinados a mercados com alto grau de especificidade, também é utilizado em servidores, seja garantindo o contrato temporário de utilização do software quanto arbitrariamente restringindo o uso do sistema a um número limitado de usuários. Lembrando que no caso acima dongle serve apenas para descrever o dispositivo "físico" uma vez que o recurso utilizado por programas proprietários como mencionado chama-se "Hard Lock"

Embora seja uma técnica eficiente de restrição para usuários leigos, possui falhas amplamente exploradas por crackers para executar cópias não autorizadas. Uma das técnicas mais utilizadas para se driblar as restrições do dongle é o bypass da verificação do dispositivo, em que as instruções que executam o programa condicionalmente (à existência do dongle) são substituídas por um salto na rotina de inicialização. É, portanto, um dispositivo caro direcionado apenas a aplicações específicas, não sendo utilizado popularmente por desenvolvedores independentes ou que trabalhem no desenvolvimento de software sob demanda para o próprio empregador.

Outros tipos[editar | editar código-fonte]

Dongle é um termo que se expandiu de proteção a software, para qualquer pequeno dispositivo que pode ser inserido em alguma porta de comunicação do computador (geralmente USB), independente de sua função. Normalmente são usados para agregar alguma função que não vem acompanhado ao computador. Isso inclui adição de memória, conexões Bluetooth® ou WiFi®, recursos de TV, adaptadores para outras interfaces ou outros dispositivos que não podem ser plugados diretamente, modems para banda larga móvel, etc.[4]

Referências

  1. Watson, David Lilburn; Jones, Andrew (30 de agosto de 2013). Digital Forensics Processing and Procedures: Meeting the Requirements of ISO 17020, ISO 17025, ISO 27001 and Best Practice Requirements (em inglês). [S.l.]: Newnes. ISBN 9781597497459 
  2. Stobbs, Gregory A. (2012). Software Patents Third ed. [S.l.]: Wolters Kluwer. p. 2-90. ISBN 9781454811978. OCLC 802867781. Consultado em 8 de Março de 2014 
  3. Lee, Dave (7 de novembro de 2016). «Discussing the dongles». BBC News (em inglês). Consultado em 21 de abril de 2019 
  4. Brendan McGuigan (13 de janeiro de 2010). «What is a Dongle?» (em inglês). WiseGEEK. Consultado em 28 de janeiro de 2010 
Ícone de esboço Este artigo sobre hardware é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.