Dony De Nuccio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dony De Nuccio
Nome completo Adonay De Nuccio
Nascimento 28 de maio de 1984 (35 anos)
Americana, SP
Residência São Paulo, SP
Nacionalidade brasileiro
Alma mater Universidade de São Paulo
Universidade Presbiteriana Mackenzie
Ocupação
Período de atividade 2011–presente

Adonay De Nuccio (Americana, 28 de maio de 1984), mais conhecido como Dony De Nuccio, é um jornalista, apresentador de televisão e economista brasileiro.[1] Iniciou sua carreira na televisão, em 2011, como repórter da Rede Globo tendo passagem na GloboNews, entre 2012 e 2017. Entre 2017 e 2019, foi âncora do Jornal Hoje.[2]

Biografia e carreira[editar | editar código-fonte]

Nascido no município de Americana, Dony De Nuccio é filho de Nora Rosa e Andrês De Nuccio, um argentino que veio ao Brasil para fugir da ditadura no país.[3][4] Formou-se em Economia pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, com uma extensão na Universidade Brown, nos Estados Unidos. Ao mesmo tempo, fez graduação em Jornalismo na Universidade de São Paulo. Tornou-se mestre em Economia e Finanças pela Fundação Getúlio Vargas.

Entre 2006 e 2007, passou a atuar como trader para o banco Citibank. Em 2011, De Nuccio deixa a empresa e passa a seguir carreira jornalística.[5]

Contratado pela Rede Globo, passou a atuar como repórter para os telejornais Bom Dia São Paulo, SPTV e Jornal da Globo. Em 2012, virou editor de Economia para o Jornal das Dez, na GloboNews. Em abril de 2013, estreou como apresentador da nova versão do Conta Corrente.[6][7] Posteriormente, lançou uma coleção de livros baseada no programa.[1] Nos primeiros meses do Hora Um da Notícia, atuou como comentarista de Economia. Em 2015, assumiu a apresentação do Jornal das Dez no lugar de Eduardo Grillo, que pediu para sair da emissora.[8] Em janeiro de 2017, estreou no mesmo canal o programa GloboNews Internacional.[9]

Em julho de 2017, foi confirmado como novo âncora do Jornal Hoje, em substituição a Evaristo Costa, que decidiu não renovar com a Globo.[10][11] Em dezembro de 2017, passa a ser apresentador eventual do Fantástico [12]. Em 5 de janeiro de 2019, estreou como apresentador eventual do Jornal Nacional.[13]

Em julho de 2019, o site Notícias da TV revelou que De Nuccio quebrou o Código de Ética e de Conduta do Grupo Globo, ao assinar contrato com a Bradesco Seguros para apresentar vídeos internos de treinamento de funcionários e eventos com clientes, prática que é vetada em um dos capítulos do código. Além disso, o jornalista não teria informado aos seus superiores sobre o ocorrido. Em nota, a Rede Globo confirmou a informação e afirmou que advertiu o jornalista pela atitude, que, por esse motivo, ele solicitou ao Bradesco a remoção do material de suas plataformas, após parte dele ter se tornado público.[14]

Em outro texto, o site revela que Dony teria faturado 7 milhões de reais pelo trabalho com a Bradesco Seguros, de acordo com notas fiscais publicadas em nome da produtora de vídeos Prime Talk que tem, além de De Nuccio, o também economista Samy Dana (dispensado pela Globo antes da publicação da matéria) como sócios. Por meio da emissora, o jornalista respondeu que havia se retirado da sociedade da empresa "em meados de julho" e que "no período em que esteve ligado à empresa, os produtos e serviços foram relativos à produção de vídeos e ao oferecimento de infraestrutura para atividades audiovisuais. A sua imagem como apresentador só foi usada na produção audiovisual de treinamento já objeto de matéria do site" e que se comprometeu a doar o cachê. A emissora complementou que "acatou os esclarecimentos do jornalista e as providências que ele tomou" e reconheceu que não havia má-fé na atitude de De Nuccio, mas há regras "para evitar que jornalistas sejam questionados e tenham que dar esclarecimentos tão detalhados à imprensa". A emissora também afirmou que a saída de Samy Dana não tem relação com o caso.[15]

No dia 1.º de agosto de 2019, Dony De Nuccio enviou sua carta de demissão ao diretor-geral Ali Kamel, reconhecendo que havia contrariado o código de conduta dos jornalistas. Em reportagem do Notícias da TV (que noticia o pedido de demissão), também foi divulgado que De Nuccio estaria negociando junto com a Prime Talk uma proposta para "reformular, desenvolver e implementar uma nova e completa estratégia de Comunicação Interna do Banco Bradesco".[16] No dia posterior, o mesmo portal divulga que o jornalista prestava "consultoria de comunicação" para a Amil através da Prime Talk, onde ele sugeria propostas de reportagens que poderiam virar assunto em diversos veículos de comunicação, recebendo R$ 1,2 milhão pelo serviço.[17]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

De Nuccio é popular no Instagram por compartilhar fotos dos bastidores da Globo e com seu cachorro, Rocky, da raça Golden retriever.[18][19]

Dentre suas inspirações, De Nuccio cita William Bonner e Chico Pinheiro como influências. Contando sobre sua infância para a revista Piauí, afirmou que imitava Bonner quando o mesmo aparecia na bancada do Jornal Nacional. Também citou como pessoas que admira Roberto Marinho, Paulo Coelho e Steve Jobs.[20]

É casado desde 2016 com Larissa Laibida.[21]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Em 2016, foi premiado pela newsletter Jornalistas&Cia e o portal Maxpress como um dos 50 jornalistas mais admirados da área de Economia, Negócios e Finanças.[22]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Economista e apresentador Dony De Nuccio lança a Série Conta Corrente». G1. 25 de novembro de 2014. Consultado em 29 de julho de 2017 
  2. «Dony De Nuccio pede demissão da Globo após polêmica milionária». EXAME. Consultado em 1 de agosto de 2019 
  3. «Filho de argentino, amante de cães e fã de Bonner: quem é Dony de Nuccio?». UOL. 28 de julho de 2017. Consultado em 29 de julho de 2017 
  4. Daniel Castro (15 de agosto de 2017). «Substituto de Evaristo Costa no Jornal Hoje odeia o próprio nome; saiba qual». Notícias da TV. Consultado em 15 de agosto de 2017 
  5. «Quem é Dony De Nuccio, o 'novo Evaristo Costa'». Veja. 28 de julho de 2017. Consultado em 29 de julho de 2017 
  6. Natalia Castro (6 de abril de 2013). «Programa 'Conta corrente' é repaginado e trata de economia de forma fácil e didática». O Globo. Consultado em 29 de julho de 2017 
  7. Guilherme Sardas (25 de março de 2013). «Ex-trader do Citibank, novo âncora do "Conta Corrente" quer jornal menos hermético». PortalIMPRENSA. Consultado em 29 de julho de 2017 
  8. Marcela Ribeiro (10 de outubro de 2015). «Dony de Nuccio assume vaga de Eduardo Grillo no "Jornal das Dez": "Honra"». UOL. Consultado em 29 de julho de 2017 
  9. «GloboNews Internacional vai mostrar as mudanças no mundo». GloboNews. 17 de janeiro de 2017. Consultado em 29 de julho de 2017 
  10. «Dony De Nuccio assume a bancada do Jornal Hoje ao lado de Sandra Annenberg». GloboNews. 28 de julho de 2017. Consultado em 29 de julho de 2017 
  11. «Dony De Nuccio vai substituir Evaristo Costa no comando do 'Jornal hoje'». O Globo. 28 de julho de 2017. Consultado em 29 de julho de 2017 
  12. «Dony de Nuccio substitui Tadeu Schmidt em folga de Natal no "Fantástico"» 
  13. «Dony de Nuccio estreia hoje na bancada do "Jornal Nacional"». tvefamosos.uol.com.br. Consultado em 5 de janeiro de 2019 
  14. Gabriel Perline (22 de julho de 2019). «Jornalista Dony De Nuccio quebra Código de Ética e leva bronca da Globo». Notícias da TV. Consultado em 1 de agosto de 2019 
  15. Daniel Castro (31 de julho de 2019). «Escondido da Globo, Dony De Nuccio fatura R$ 7 milhões com banco». Notícias da TV. Consultado em 1 de agosto de 2019 
  16. Daniel Castro (1 de agosto de 2019). «Dony De Nuccio pede demissão da Globo após escândalo milionário com banco». Notícias da TV. Consultado em 1 de agosto de 2019 
  17. Daniel Castro (2 de agosto de 2019). «Além de banco, Dony De Nuccio fez negócio milionário com plano de saúde». Notícias da TV. Consultado em 1 de agosto de 2019 
  18. «Conheça Rocky, o cachorro fofíssimo de Dony De Nuccio». Caras. 17 de janeiro de 2017. Consultado em 29 de julho de 2017 
  19. «Cinco motivos para acreditar que Dony De Nuccio pode se tornar o novo queridinho da internet». Zero Hora. 28 de julho de 2017. Consultado em 29 de julho de 2017 
  20. Rafael Cariello (dezembro de 2014). «Honra ao mérito». Piauí. Consultado em 29 de julho de 2017 
  21. «Do salário à intimidade, saiba tudo sobre Dony De Nuccio, novo apresentador do "Jornal Hoje"». RD1. Julho de 2017. Consultado em 24 de dezembro de 2017 
  22. «Prêmio escolhe os 50 jornalistas mais admirados de Economia e Negócios». G1. 21 de novembro de 2016. Consultado em 29 de julho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Eduardo Grillo
Apresentação do Jornal das Dez
20152017
Sucedido por
Renata Lo Prete
Precedido por
Evaristo Costa
Apresentação do Jornal Hoje
20172019
Sucedido por
Maria Júlia Coutinho