Dorgival Terceiro Neto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dorgival Terceiro Neto
36° Governador da  Paraíba
Período 14 de agosto de 1978 até
15 de março de 1979
Antecessor(a) Ivan Bichara Sobreira
Sucessor(a) Tarcísio Burity
Vice-governador da  Paraíba
Período 15 de março de 1975 até
14 de agosto de 1978
32º Prefeito de Bandeira de João Pessoa.svg João Pessoa
Período 8 de março de 1971 até
3 de julho de 1974
Antecessor(a) Damásio Barbosa de Franca
Sucessor(a) Luís Alberto Moreira Coutinho
Vida
Nascimento 12 de setembro de 1932
Taperoá,  Paraíba
Morte 12 de abril de 2013 (80 anos)
João Pessoa,  Paraíba
Dados pessoais
Progenitores Mãe: Eliza Vilar
Pai: Melquíades Vilar
Alma mater Faculdade de Direito da Paraíba
Prêmio(s) Cadeira Número 07 da Academia Paraibana de Letras
Profissão Advogado, escritor e político

Dorgival Terceiro Neto (Taperoá, 12 de setembro de 1932 - João Pessoa, 12 de abril de 2013) foi um político, advogado e escritor brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Melquíades Vilar e Eliza Vilar, começou seus estudos na cidade de Patos, sertão da Paraíba, no Ginásio Diocesano e, no ano de 1950, seguiu para a cidade de João Pessoa, onde concluiu seus estudos no Liceu Paraibano. Prestou vestibular para o curso de Direito, curso concluído em 1957 pela Faculdade de Direito da Paraíba, hoje UFPB.

Iniciou a vida profissional no Departamento de Estradas de Rodagem (DER), e posteriormente passou a trabalhar no Tribunal de Justiça do estado da Paraíba. Foi um dos incentivadores da federalização da faculdade local e ainda exerceu as funções de assessor do Conselho Estadual do Desenvolvimento, diretor de crédito de fomento do Banco do Estado da Paraíba (PARAIBAN) e foi procurador do Estado da Paraíba e, por fim, professor de Direito civil e de Direito agrário da UFPB.

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Sua carreira na política paraibana tem início no ano de 1971, quando foi nomeado pelo então governador Ernâni Sátiro, prefeito de João Pessoa. Em 1974, terminando seu mandato de prefeito, é eleito indiretamnete vice-governador juntamente com o governador Ivan Bichara, assumindo o cargo de governador em 14 de agosto de 1978 a 15 de março de 1979, passando o cargo para Tarcísio Burity. Iniciou sua carreira no jornalismo, no jornal A União. Publica vários livros e se torna membro da Academia Paraibana de Letras.

Publicações[editar | editar código-fonte]

"Noções preliminares de Direito Agrário", "Gente de ontem, história de sempre", "Paraíba de ontem, evocações de hoje" e "Taperoá - crônica para a sua história".

Academia Paraibana de Letras[editar | editar código-fonte]

Assumiu a cadeira de número 07 na Academia Paraibana de Letras, em 17 de junho de 1999, tendo como patrono Arthur Achiles. Foi recepcionado pelo jornalista e acadêmico Luiz Gonzaga Rodrigues.


Precedido por
Damásio Barbosa de Franca
Prefeito de João Pessoa
1971 — 1974
Sucedido por
Luís Alberto Moreira Coutinho
Precedido por
Ivan Bichara
Governador da Paraíba
1978 — 1979
Sucedido por
Tarcísio Burity
Precedido por
Maurílio Almeida
Cadeira 07
da Academia Paraibana de Letras

1999 — 2013
Sucedido por
Severino RAMALHO LEITE