Dr. Slump

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dr. Slump
Dr. スランプ
Capa do primeiro volume de Dr. Slump publicado pela Conrad Editora.
Gênero Comédia, ficção científica e aventura
Mangá
Escrito por Akira Toriyama
Editora(s) Japão Shueisha
Editora(s)
lusófona(s)
Brasil Conrad Editora
Panini Comics
Revista(s) Shonen Jump
Público-alvo Shonen
Data de publicação 1980 – 1984
Volumes 18
Anime
Direção Minoru Okazaki
Estúdio Toei Animation
Emissoras de televisão Japão Fuji TV
Exibição original 1986
Episódios 243
Anime
New Dr. Slump
Direção Shigeyasu Yamauchi
Estúdio Toei Animation
Emissoras de televisão Japão Fuji TV
Exibição original 1999
Episódios 74
Filmes

  • Dr. Slump & Arale-chan Hello! Fushigi Jima
  • Dr. Slump
  • Dr. Slump & Arale-chan Hoyoyo! Sekai Issuu Dai Race
  • Dr. Slump & Arale-chan Hoyoyo! Nanaba Shiro no Hihou
  • Dr. Slump & Arale-chan Hoyoyo! Yume no To Mecha Police
  • Dr. Slump & Arale-chan Ncha! Penguin Mura wa Hare no chi Hare
  • Dr. Slump & Arale-chan Ncha! Penguin Mura yori Ai wo Komete
  • Dr. Slump & Arale-chan Hoyoyo!! Tasuketa Same ni Tsurerarete…
  • Dr. Slump & Arale-chan Ncha! Wakuwaku Hot Natsu Yasumi
  • Dr. Slump - Arale no Bikkuriman


Wikipe-tan face.svg Portal Animangá

Dr. Slump (スランプ, Dokutā Suranpu?) é uma série de mangá japonesa escrita e ilustrada por Akira Toriyama. Foi serializada pela editora Shueisha na revista Weekly Shonen Jump de 1980 a 1984, que formaram 18 volumes tankobon. A série segue as aventuras cômicas do pequeno robô Arale Norimaki, seu criador Senbei Norimaki, e os outros moradores da bizarra Vila Pinguim.

O mangá foi adaptado em uma série de de anime pela Toei Animation, que foi exibida pela Fuji TV de 1981 a 1986, consistindo de 243 episódios. Um remake foi criado treze anos após o fim do mangá, consistindo de 74 episódios que foram transmitidos de 1997 a 1999. A série também gerou vários romances, jogos eletrônicos e filmes animados.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Dr. Slump se passa na Vila Pinguim (ペンギン 村, Pengin Mura?), um lugar onde os seres humanos vivem com todos os tipos de animais e outros objetos. Nesta vila, vive Sembe Norimaki, um inventor. Seu apelido é "Dr. Slump". Ele constrói o que ele espera ser a primeira robô do mundo, a que ele deu nome de Arale Norimaki Sembe, por ser um inventor muito desastrado, cria uma robô míope, ela logo acaba precisando usar óculos. Arale é também muito ingênua. Ao contrário dos humanos, ela possui super-força. Em geral, o mangá centra-se em confusões entre Arale, a humanidade e as invenções do Dr. Sembe. O mangá é cheio de trocadilhos e piadas, e paródias das culturas japonesa e americana. Por exemplo, um dos personagens recorrentes é "Suppaman", uma versão gorda e baixinha do Superman, mas o Suppaman não pode voar bem. No meio da série, um vilão recorrente chamado Dr. Mashirito aparece como um rival de Senbei.

Mídias[editar | editar código-fonte]

Mangá[editar | editar código-fonte]

Dr. Slump foi originalmente serializado na Weekly Shonen Jump em 1980 e foram coletados em 18 volumes tankōbon. Foi remontado em uma edição aizōban de nove volumes, em 1990. Remontado também em 1995 numa edição bunkoban, de 9 volumes. E também no formato kanzeban de 15 volumes em 2006.

Depois de Dr. Slump terminar em 1984, os personagens retornam em alguns capítulos do mangá Dragon Ball, em que Arale e Goku se unem para derrotar o General Blue nos eventos da Red Ribbon.


Dr. Slump também teve uma outra versão mangá, que foi escrito por Takao Koyama e ilustrado por Katsuyoshi Nakatsuru e serializado na V-Jump entre 1994 e 1996 sob o título de The Brief Return of Dr. Slump (ちょっと だけ かえって きた Dr. スランプ Chotto Dake Kaettekita Dokutā Suranpu?), que foi coletado em quatro volumes tankōbon.

Para promover o lançamento do primeiro Box de DVD de Dr. Slump & Arale-chan, Akira Toriyama criou um one-shot (que ao mesmo tempo era spin-off) chamado Dr. Mashirito & Abale-chan publicado pela Weekly Shonen Jump em 2007. A história gira em torno de uma colega mal de Arale criado por Dr. Mashirito chamada Abale. Dr. Mashirito & Abale-chan foi adaptado em um curta de cinco minutos.

Anime[editar | editar código-fonte]

O mangá Dr. Slump foi convertido a anime em duas séries. A primeira foi Dr. Slump & Arale-Chan (Dr. スランプ アラレ ちゃん) exibido entre 1981 e 1986 e teve 243 episódios. A segunda foi The New Dr. Slump, um remake da primeiro que foi ao ar entre 1997 e 1999 e teve 74 episódios. Além disso, 11 filmes de animação foram produzidos.

Dr. Slump no Dragon Ball[editar | editar código-fonte]

Dr. Slump aparece em alguns episódios de Dragon ball, como A Vila Pinguim, e seus personagens do episódio 55 ao 58.

Arale no Dragon Ball Super[editar | editar código-fonte]

Arale aparece no episodio 69 de Dragon Ball Super, ela tem uma pequena batalha com Vegeta e Son Goku.

Dragon Ball no Dr.Slump[editar | editar código-fonte]

Son Goku (versão criança de Dragon Ball), aparece, também na nova versão o The New Dr. Slump, em diversos episódios.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Arale Norimaki
  • Senbei Norimaki
  • Gatchan
  • Midori Yamabuki Norimaki
  • Turbo Norimaki
  • Akane Kimidori
  • Taro Soramame
  • Obotchaman
  • Tsukutsun Tsun

Jogos[editar | editar código-fonte]

Um jogo de Dr. Slump chamado "Hoyoyo Bomber" foi lançado para o Game & Watch, em 1982, no Japão. Um jogo de Dr. Slump para o videogame foi lançado em 1983 para o Arcadia 2001. Um jogo para o PlayStation baseado em "The New Dr. Slump" foi lançado em 18 de março de 1999, apenas no Japão. Foi lançado em 30 de outubro de 2008 um jogo para o Nintendo DS chamado "Dr. Slump: Arale-Chan".

Arale aparece no jogo da Famicom, Famicom Jump: Hero Retsuden de 1988. Arale e Dr. Mashirito aparecem no jogo de Nintendo DS, Jump Super Stars. Ambos retornam na sequência, Jump Ultimate Stars, também para o DS. Arale aparece como um personagem jogável e a Vila Pinguim é um mapa jogável em Dragon Ball Z: Budokai Tenkaichi 3 para a PlayStation 2 e Wii. No jogo de PlayStation 2, Super Dragon Ball Z, Suppaman aparece no fundo do nível da cidade. Arale também é uma personagem jogável em Dragon Ball: Origins 2 para Nintendo DS.


No Brasil[editar | editar código-fonte]

A Conrad Editora começou a publicar o mangá no Brasil em junho de 2002,[1] no formato meio-tankohon, mas foi cancelado por baixas vendas na décima quarta edição (correspondente a sétima edição japonesa. Em julho de 2017, a Panini Comics relançou o mangá no país, pelo seu selo Planet Manga.[2]


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre mangá e anime é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.