Dracula: Dead and Loving It

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dracula: Dead and Loving It
Drácula: Morto mas Contente! (PRT)
Drácula - Morto mas Feliz (BRA)
 Estados Unidos
 França
 Alemanha
1995 •  cor •  90 min 
Direção Mel Brooks
Produção Mel Brooks
Roteiro Mel Brooks
Rudy De Luca
Steve Haberman
Elenco Leslie Nielsen
Mel Brooks
Peter MacNicol
Steven Weber
Amy Yasbeck
Lysette Anthony
Harvey Korman
Gênero comédia de terror
Música Hummie Mann
Companhia(s) produtora(s) Gaumont British
Brooksfilms
Castle Rock Entertainment
Distribuição Columbia Pictures
Idioma inglês
alemão
Orçamento US$ 30 milhões
Receita US$ 10,7 milhões
Página no IMDb (em inglês)

Dracula: Dead and Loving It (Brasil: Drácula - Morto mas Feliz /Portugal: Drácula: Morto mas Contente!) é um filme de comédia de terror satírico de 1995, dirigido por Mel Brooks e estrelado por Leslie Nielsen. É uma paródia do romance Drácula, de Bram Stoker. Também faz referências a outros filmes do personagem, como The Fearless Vampire Killers (1967) e Bram Stoker's Dracula (1992). O visual do filme também relembra os clássicos de terror do estúdio Hammer Film Productions. Até agora foi o último filme dirigido por Mel Brooks.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Thomas Renfield é um advogado de Londres que vai para a Transilvânia, afim de vender o castelo do temido Conde Drácula. Ele só não esperava encontrar por lá, o próprio Drácula, que o hipnotiza e o transforma em seu escravo pessoal. O plano de Drácula é ir para a Inglaterra, e com todo o seu charme e elegância, obter sangue novo. No entanto, o dr. Van Helsing descobre os planos do vampirão e resolve impedi-lo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Dracula: Dead and Loving It

Referências