Drew Galloway

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Drew McIntyre)
Ir para: navegação, pesquisa
Drew Galloway
Drew Galloway 2015.jpg
Drew Galloway em 2015
Informações pessoais
Nome completo Andrew McLean Galloway IV[1]
Nascimento 6 de junho de 1985 (31 anos)
Ayr, Escócia[2]
Cônjuge(s) Taryn Terrell (c. 2010; div. 2011)
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
Drew Galloway[2]
Drew McIntyre[3]
Altura
anunciada
1 96 m[4]
Peso
anunciado
246 lb (112 kg)[4]
Anunciado
de
Ayr, Escócia[3][4]
Treinado
por
Colin[5]
James Tighe[5]
Justin Richards
Mark Sloan[5]
Spinner McKenzie[5]
Estreia 2001[6]

Andrew "Drew" Galloway (Ayr, 6 de junho de 1985)[2][7] é um modelo e lutador de wrestling profissional escocês, que trabalhava para a WWE, sob o nome Drew McIntyre. Ele está atualmente com o ring name Drew Galloway, trabalhando para a Total Nonstop Action Wrestling (TNA).

Ele começou a treinar aos 15 anos, na Inglaterra, antes de se mudar de volta para a Escócia para começar sua carreira. Ele logo passou a lutar na British Championship Wrestling (BCW) usando o personagem "Thee" Drew Galloway, ganhando o título dos pesos-pesados da companhia duas vezes, e uma vez o da Insane Championship Wrestling. Ele também trabalhou na Irish Whip Wrestling, ganhando o principal título da empresa.

Galloway se mudou para os Estados Unidos em 2007, sendo contratado pela World Wrestling Entertainment (WWE). Após um curto período no SmackDown!, ele foi mandado para os territórios de desenvolvimento Ohio Valley Wrestling e Florida Championship Wrestling, ganhando o título dos pesos-pesados e o de duplas, antes de retornar ao SmackDown e ganhar o WWE Intercontinental Championship. Em 2010, ele ganhou o WWE Tag Team Championship com "Dashing" Cody Rhodes. Em junho de 2014 foi demitido pela WWE. Atualmente é o EVOLVE Champion.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Galloway começou a lutar com 15 anos, trabalhando para a Frontier Wrestling Alliance, onde em sua estréia, acabou sendo derrotado.

Após, foi para a BCW, onde conseguiu conquistar um título, feito que se realizou em dezembro de 2003, onde derrotara Stevie Knight, em um I Quit Match.

Em 2005, Galloway foi tentar a sorte na Irlanda, na companhia IwW, onde conseguiu um título e foi o campeão mais jovem do mesmo, com apenas 21 anos.

Em 2007, assinou contrato com a Ohio Valley Wrestling, que na época era território de desenvolvimento da WWE, onde ficou por alguns dias como repórter.

OVW, WWE e FCW[editar | editar código-fonte]

Drew Galloway estreou na OVW em 26 de setembro, desta vez como lutador, derrotando Paul Burchill em um dark match. Sua primeira aparição na TV realizou-se em 3 de outubro, derrotando Dirty Money.

Galloway foi então para a WWE, onde estreou em 12 de outubro de 2007, em uma edição do WWE Friday Night SmackDown, como Drew McIntyre. Na sua estréia, ele foi acompanhado de Dave Taylor, derrotando Zack Ryder.

No próximo episódio, ele derrotado Curt Hawkins, com ajuda de Taylor. No início de 2008, ele é movido para o RAW, onde fez a sua estréia oficial em 4 de janeiro derrtotando Charlie Haas, em uma edição do Heat. Após isso, ele foi para a Florida Championship Wrestling.

Em 6 de maio, ele e Stu Sanders derrotam Eddie Colón e Eric Perez para conquistar o FCW Florida Tag Team Championship.

No Hell in a Cell 2009, Drew McIntyre lutou contra R-Truth onde venceu.

No TLC de 2009, Drew McIntyre lutou contra John Morrison onde venceu e tornou-se o Intercontinental Champion.

No Elimination Chamber 2010 ele defendeu com sucesso seu titulo de Intercontinental Champion contra Kane. Na Smackdown seguinte ele foi derrotado por Kane perdendo assim a chance de participar do Money in the bank. Drew pediu outra chance, lutando contra Matt Hardy mas novamente foi derrotado. Na SmackDown seguinte ele conseguiu se qualificar-se vencendo um Jobber Local (se ele fosse derrotado, ele perderia o seu título). Na Money in the Bank na Wrestlemania XXVI, Jack Swagger consagrou-se e conseguiu vencer a Money in the Bank.

McIntyre foi demitido após seus sucessivos ataques, cuja vítima era Matt Hardy. Em seu último ataque,Theodore Long,G.M do SmackDown ordenou que McIntyre parasse.Parou apenass,quando vários juízes o tiraram de cima de Hardy após varias tentativas e ainda empurrou Long e gritou com os juízes.O Intercontinental Championship foi vago e um novo treinamento para decidir o novo campeão começou na mesma noite.

Após ser decidido que Kofi Kingston era o novo Intercontinental Champion,Drew McIntyre entrega uma uma carta a Theodore Long dizendo que McIntyre deveria retornar a WWE e deveria ser renomeado Intercontinental Champion.Defenderá seu título no Over The Limit contra Kofi. Aí,perde o seu titulo definitivamente para Kofi.Teve a sua desforra no SmackDown!,mas perdeu.Voltou a combater Kofi no Fatal 4-Way,mas voltou a perder.

Após perder uma luta contra Matt Hardy no SmackDown, Theodore Long diz a McIntyre que seu visto de permanência nos Estados Unidos expirou e que McIntyre deveria retornar imediatamente á Escócia.

No Smackdown do dia 2 de março de 2012, McIntyre foi demitido por Theodore Long após perder para Justin Gabriel, porém no Smackdown do dia 9 de março de 2012, ele voltou ao emprego, depois de derrotar Hornswoggle. Ele foi colocado no lugar de Christian no time de John Laurinaitis contra o time de Theodore Long. Na WrestleMania XXVIII o time de John Laurinaitis venceu o combate. Durante a luta ele machucou seu ombro. Ele retornou em 10 de maio no episódio do Superstars derrotando Ezekiel Jackson. Drew McIntyre iniciou uma serie de derrotas, e se limitou a lutar no Superstars e em Live Event. Quando WWE rebatizou seu território de desenvolvimento, FCW, em NXT Wrestling,[8] McIntyre foi inserido no Torneio que decidiria o primeiro Campeão do NXT, onde perdeu para Seth Rollins nas quartas-de-final no episódio de 01 de agosto do NXT.[9] McIntyre também participou de uma luta fatal-4-way de eliminação para determinar o desafiante ao NXT Championship no episódio de 07 de novembro do NXT, mas foi eliminado por Bo Dallas.[10]

3MB em 2014.

No Smackdown do dia 21 de setembro, Drew McIntyre e Jinder Mahal atacaram Brodus Clay que venceu Heath Slater.[11] A partir dai, o novo grupo consegui ainda 3 vitorias seguidas, mas depois disso, era raro ver o grupo vencer,ate que apos passar a wrestlemania XXX(30), Mc'intyre e mahal foram demitidos junto a muitos outros superastros.

No dia 23 de janeiro de 2015, Drew voltou a usar "Galloway" no nome, competiu em uma noite para a wrestling international federation (iwf),ele derrotou Tommaso Ciampa e avançou para a fase final, onde ele ganhou de Brian Cage, Chris Hero e Uhaa Nation em uma eliminação de quatro homens para a vaga do titulo. Galloway eliminaria Hero por pinfall, mas não ganhou o titulo por causa de Stu stone, permitindo cage para conseguir a vitoria.

Total Nonstop Action Wrestling[editar | editar código-fonte]

The Rising e busca pelo título (2015–2016)[editar | editar código-fonte]

Em 29 de janeiro de 2015, Galloway fez uma estreia surpresa na Total Nonstop Action Wrestling durante as gravações do "Impact Wrestling" como um face em Glasgow, Escócia, ajudando o vencedor da segunda temporada do TNA British Boot Camp Grado e entrando em feud com a Beat Down Clan.[12] Na noite seguinte, Galloway competiu pela primeira vez na TNA, respondendo um desafio da Beat Down Clan e vencendo Kenny King em Manchester.[13] Em 31 de janeiro, em Londres, Galloway venceu MVP por desqualificação após a Beat Down Clan interferir na luta. Durante as gravações do Impact Wrestling em 14 de março, ele formou o grupo The Rising com Eli Drake e Micah. Em 10 de abril, The Rising venceu BDC por desqualificação quando Homicide interferiu e atacou Galloway.

Galloway foi um dos cinco competidores na King of the Mountain do pay-per-view Slammiversary XIII, mas perdeu a luta. Em 24 de junho (transmitido em 1º de julho) a Beat Down Clan venceu The Rising forçando o grupo a se dissolver.

Em 15 de julho de 2015 Drew Galloway venceu uma battle royal para ter o direito de lutar contra Ethan Carter III pelo TNA World Heavyweight Championship naquele show, porém ele perdeu a luta após o antigo membro do The Rising Eli Drake atacá-lo. No show de 16 de setembro, Galloway fez parte do Team TNA composto também por Lashley, Eddie Edwards, Davey Richards e Bram, que venceram o Team GFW de Jeff Jarrett, Sonjay Dutt, Eric Young, Chris Mordetzky e Brian Myers em uma Lethal Lockdown Match quando Galloway fez o pinfall em Myers. Em 23 de setembro, Galloway se tornou o #1 contender pelo TNA World Heavyweight Championship no Bound for Glory após venceu os outros membros do Team TNA.[14] No Bound for Glory, Galloway competiu em uma three-wat match pelo título, que foi vencido por Matt Hardy. Durante outubro e novembro, Galloway participou da TNA World Title Series pelo título vago, na qual ele venceu Bram, Grado e Rockstar Spud. No entanto, ele foi eliminado após perder para Lashley.

Galloway competiu no TNA One Night Only: Live pelo TNA World Tag Team Championship junto com Kurt Angle, em match vencida pelos The Wolves. No episódio de 12 de janeiro, Galloway perdeu para Kurt Angle. Galloway ganhou uma futura oportunidade pelo TNA World Heavyweight Championship por vencer a 2016 Feast or Fired. Angle e Galloway fizeram uma rematch em Manchester, no episódio de 9 de fevereiro, onde Galloway venceu Angle por submissão.

Campeão mundial dos pesos-pesados da TNA (2016–presente)[editar | editar código-fonte]

No episódio de 15 de março do Impact Wrestling, Galloway fez o cash in da Feast or Fired match para vencer Matt Hardy e ser pela primeira vez TNA World Heavyweight Champion. Galloway foi o primeiro escocês campeão mundial da TNA.[15] Isso também tornou Galloway o primeiro homem bem sucedido no cash in da Feast or Fired pelo TNA World Heavyweight Championship. Ele fez sua primeira defesa do título na noite seguinte durante uma gravação do Impact Wrestling, vencendo Jeff Hardy. Galloway venceu Matt Hardy na revanche pelo título na gravação de 17 de março.

No Wrestling[editar | editar código-fonte]

Títulos e prêmios[editar | editar código-fonte]

McIntyre como Campeão Floridense dos Pesos-Pesados.

Referências

  1. https://www.facebook.com/drewgalloway1314/photos/a.868030116542368.1073741829.868018389876874/1143476692331041/?type=3&theater
  2. a b c d Kamchen, Richard. «Slam! Sports Biography». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 14 October 2009. 
  3. a b «WWE Profile». World Wrestling Entertainment. Consultado em 23 June 2012. 
  4. a b c «Drew Galloway». Total Nonstop Action Wrestling. Consultado em 24 January 2016. 
  5. a b c d Schwan, Brett. «Ten Questions With... Drew Galloway». Wrestling Clothesline. Consultado em 16 October 2006. 
  6. «Online World of Wrestling Profile». Online World Of Wrestling. Consultado em 21 March 2008. 
  7. «Las Vegas Wedding License». Consultado em 3 December 2010. 
  8. «WWE News: FCW name being phased out». Wrestling Observer. Consultado em 14 August 2012. 
  9. James, Justin. «JAMES'S WWE NXT RESULTS 8/1: NXT Title tournament begins with Rollins, Steamboat, McIntyre». Pro Wrestling Torch. Consultado em 9 August 2012. 
  10. James, Justin. «JAMES'S WWE NXT REPORT 11/7 – Week 20: Four-Way #1 contender match, Brodie Lee debuts, Vickie's bounty, Overall Reax». Pro Wrestling Torch. Consultado em 12 January 2013. 
  11. Tedesco, Mike. «Smackdown Results – 9/21/12». Consultado em 8 December 2012. 
  12. «Breaking News: Drew Galloway Debuts in TNA in Glasgow!». 
  13. JSO. «TNAsylum: IMPACT Taping Results from Manchester, England». tnasylum.com. Consultado em 28 de março de 2016. 
  14. McMahon, Mike (September 23, 2015). «MCMAHON'S TNA IMPACT REPORT 9/23: ECIII defends TNA Title, #1 contender match, Hardy "quits" servanthood, two more title matches, more; Overall Reax». Pro Wrestling Torch. Consultado em 28 de março de 2016. 
  15. http://wrestlingnews.co/spoiler-major-tna-title-change-at-tonights-impact-wrestling-tv-tapings/
  16. a b c «Irish Whip Wrestling Profile». Irish Whip Wrestling. Arquivado desde o original em 17 April 2008. Consultado em 1 December 2009. 
  17. a b c Sibley, Adam (24 May 2007). «Brits Abroad». The Sun. Consultado em 9 December 2009. 
  18. Parks, Greg (29 January 2010). «WWE SmackDown Report 1/29: Ongoing "virtual time" coverage of the show, including Morrison vs. McIntyre, no-DQ match for the IC Title». PWTorch. Consultado em 2 February 2010. 
  19. Meltzer, Dave (13 December 2009). «WWE Tables, Ladders and Chairs PPV live coverage». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 24 May 2011. 
  20. Melchor, Michael (10 February 2009). «411's FCW TV Report 02.08.09». 411Mania. Consultado em 1 December 2009. 
  21. a b Parks, Greg (22 January 2010). «Parks' WWE SmackDown Report 1/22: Ongoing "virtual time" coverage of the show, including Mysterio calling out Undertaker». PWTorch. Consultado em 18 February 2010. 
  22. Parks, Greg (5 February 2010). «Parks' WWE SmackDown report 2/5: Ongoing "virtual time" coverage of the show, including Undertaker on the Cutting Edge». PWTorch. Consultado em 18 February 2010. 
  23. James, Justin. «James WWE Superstars Report 12/16: Tag champs in main event, Riley vs. Swagger, Haku's son debuts». Pro Wrestling Torch. Consultado em 31 December 2011. 
  24. a b c Tedesco, Mike. «Smackdown Results - 8/6/10». WrestleView. Consultado em 31 December 2011. 
  25. Tedesco, Mike (17 April 2010). «Smackdown Results - 4/16/10». WrestleView. Consultado em 24 May 2011. 
  26. Tedesco, Mike (26 June 2010). «Smackdown Recap - 6/25/10». WrestleView. Consultado em 24 May 2011. 
  27. Parks, Greg. «Parks' WWE SmackDown report 3/5: Ongoing "virtual time" coverage of the show, including Edge vs. Big Show». Pro Wrestling Torch. Consultado em 31 December 2011. 
  28. Parks, Greg. «Parks' WWE SmackDown report 12/30: Complete coverage of the Friday night show, including Randy Orton vs. Wade Barrett, Falls Count Anywhere». Pro Wrestling Torch. Consultado em 31 December 2011. 
  29. Tedesco, Mike. «Smackdown Results - 4/22/11». WrestleView. Consultado em 31 December 2011. 
  30. Grimaldi, Michael C. (13 October 2008). «WWE Developmental TV Recap – Week 2: Ricky Ortiz, Manu, Evan Bourne, Jericho, Kelly Kelly, Colon». PWTorch. Consultado em 18 February 2010. 
  31. Tait, James. «Tait's WWE SmackDown report 4/15: Alt. perspective review of Edge's farewell, Tait's Overall Show Break Down». Pro Wrestling Torch. Consultado em 31 December 2011. 
  32. Cupach, Michael. «Cupach's WWE SmackDown report 3/11: Alt. perspective review of this week's Smackdown, Booker's commentary, Did You Know Check». Pro Wrestling Torch. Consultado em 31 December 2011. 
  33. Tait, James. «Tait's WWE SmackDown report 2/4: Alt. perspective review of Rumble fall-out, Booker T's commentary debut, Kelly's prominent role, Best & Worst of the night». Pro Wrestling Torch. Consultado em 31 December 2011. 
  34. Caldwell, James (16 April 2010). «Chris Jericho says he could walk away from WWE; why he's sticking around». PWTorch. Consultado em 16 April 2010. 
  35. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome bcw3
  36. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome sd1210
  37. Shaman's Harvest (22 February 2010). «New Drew McIntyre theam song for WWE». MySpace. Consultado em 3 March 2010. 
  38. «Broken Dreams (Drew McIntyre) by Shaman's Harvest». Apple Inc. 30 November 2010. Consultado em 7 December 2010. 
  39. «BCW Heavyweight Championship». British Championship Wrestling. Consultado em 12 August 2008.  [ligação inativa]
  40. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome fcwh
  41. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome FCWchampionships
  42. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome iwwtitle
  43. «"PWI 500": 1–100». Pro Wrestling Illustrated. 30 July 2010. Consultado em 31 July 2010. 
  44. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome tlc
  45. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome NightofChampions2010

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Drew Galloway