Duarte Barrilaro Ruas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Duarte Barrilaro Ruas
Nome completo Duarte João Lima Barrilaro Ruas
Nascimento 27 de novembro de 1967 (49 anos)
Coimbra
Nacionalidade Portugal portuguesa
Atividade actor, encenador, produtor, cenógrafo e argumentista
IMDb: (inglês)

Duarte João Lima Barrilaro Ruas[1] (Coimbra a 27 de Novembro de 1967) "foi"um actor(embora ainda não tenha morrido, não concorda com o "estar à espera que o venham ver), encenador, produtor, cenógrafo e argumentista sendo neste momento Realizador[ de Videoclips para as redes sociais e Fotógrafo Artístico [Portugueses|português]].

Biografia[editar | editar código-fonte]

Frequentou o Curso de Formação de actores do Conservatório Nacional de Lisboa em 1988. O Curso de Formação de Actores do I.F.I.C.T./Instituto de Formação, Investigação e Criação Teatral de 1987.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Em televisão participou em séries e programas como

Cinema[editar | editar código-fonte]

No cinema, participou nos filmes :á

Fundou a EMPRESA:Portable Computer Videos em 2014,tendo realizado e produzido 400 Videoclips em 4 meses.

Para visualizar utilize a "HASTAG; #portablecomputervideos " VIDEO RECOMENDADO: "Oriental Pleasure"

Teatro:[editar | editar código-fonte]

Trabalhou em teatro com os encenadores e coreógrafos Jean Jourdeille, Jorge Lavelli, Josef Nadj (Paris - 1992), Graça Lobo e Giorgio Barberio Corsetti e Paulo Ribeiro (1997/98), Filipe La Féria, entre outros.

Foi Bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian por duas vezes ao serviço da Companhia di Giorgio Barberio Corsetti em Roma,(Itália), com quem trabalhou de 1988 a 1991, tendo protagonizado espectáculos como: "De noite" e "Durante la costruzione della muraglia cinese"", II e III partes de uma trilogia sobre o autor Checo: Franz Kafka e "Il legno dei violini", de Giorgio Corsetti, espectáculo do ano (1990), segundo os críticos em Itália.

Fundou em 1991 a Companhia de Teatro Anatómico com a qual apresentou espectáculos, tais como: "O povo das chuvas ácidas" (Menção honrosa Prémio Madalena Perdigão), representando Portugal nos Encontros Acarte 1991, da Fundação Calouste Gulbenkian (2 Maquetas de Duarte Barrilaro Ruas do espectáculo têm lugar de destaque no Museu Nacional do Teatro/2008), "Acordei bicéfalo" 1994/1995, "A lua cio nação",1993, "Cock tale - crónicas de um actor de 1.º escalão", 2001, "O jazigo-uma comédia burlesca", em 2003, entre outros.Recentemente (Maio de 2015), almoçou no asfalto no meio da estrada numa performance realizada em Lisboa, numa esquina bastante movimentada,tendo iniciado uma série de performances urbanas de grande impacto.

Referências

  1. «Certidão de lista de associadas da Audiogest» (pdf). IGAC/Ministério da Cultura. 25 de julho de 2007. Consultado em 30 de Dezembro de 2013. Cópia arquivada (PDF) em 24 de Dezembro de 2013