DuckTales: Treasure of the Golden Suns

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde novembro de 2018).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde novembro de 2018). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Cinema.
Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde novembro de 2018.
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, e ainda pode necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
Translation to english arrow.svg
A tradução deste artigo está abaixo da qualidade média aceitável. É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, cine e melhore este verbete conforme o guia de tradução.
DuckTales: Treasure of the Golden Suns

Ducktales: Treasure of the Golden Suns é um longa-metragem de animação estadunidense feito em 1987, que deu origem a série DuckTales.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Parte 1: Não abandones o navio[editar | editar código-fonte]

Após Pato Donald se alistar na marinha, Patinhas é obrigado a cuidar dos sobrinhos trigémeos Huguinho, Zezinho e Luisinho. Patinhas traz os meninos a mansão Mc Patinhas onde somos apresentados a Leopoldo, o mordomo. Os sobrinhos são obrigados a dormir no sótão. Dias mais tarde, recebem uma carta de Donald que fala sobre as suas experiências na marinha. Os sobrinhos tentam seguir Patinhas mas são detidos por Leopoldo, no Hall. Após amarrarem Leopoldo com uma cortina, seguem Patinhas até a caixa-forte, onde os meninos encontram um barco modelo no museu. Entretanto, um homem pérfido chamado El Capitan contrata três Metralhas chamados Bigtime, Bankjob e Burger para roubarem um barco modelo da caixa-forte. Na mansão, os sobrinhos ouvem Patinhas falar mal deles e vão embora.

Vêm os Metralhas entrarem na caixa-forte. Os Metralhas têm plantas da caixa-forte, mas quando encontram os sobrinhos dentro, Bigtime diz para os apanharem.Infelizmente, os Metralhas conseguem fugir com o barco modelo. Os sobrinhos retornam a mansão com a planta dos Metralhas, mas Patinhas responsabiliza-os pelo desaparecimento do barco e fecha-os de novo no sótão. Os sobrinhos constroem um planador com a ajuda do manual dos Escuteiros e fogem da mansão do Tio Patinhas. No teatro, El Capitan explica que o barco é um mapa que conduz a um tesouro. Os sobrinhos recuperam o barco e fogem para a fábrica de doces Mc Patinhas. Os Metralhas ficam cobertos de chocolate e Patinhas pede desculpa a seus sobrinhos por não ter acreditado neles.

Parte 2: Por aqui não chegamos a Rongay[editar | editar código-fonte]

De volta a mansão, os sobrinhos conseguem decifrar o código escrito no mapa, mas recusam dizê-lo a menos que Patinhas permita que eles participem na caça ao tesouro. Nesse momento, McMónei, um milionário rival, entra e paga 2.000.000 de dólares pela fábrica de doce Patinhas. McMónei aposta que consegue fazer mais dinheiro em duas semanas. Patinhas e os sobrinhos alugam um avião barato para irem a Rongay- América do Sul. Quando chegarem, os habitantes tentam fugir dos Monsopins, que Patinhas pensa ser um festival. Os patos conseguem um lama para carregar as bagagens.

Huguinho lê no manual do escuteiro o que é monsipins- não é um festival, é uma inundação que ocorre de 100 em 100 anos e inunda todo o país. E quando os monsopins começarem, o lama foge com as provisões. Os patos dormem numa caverna, mas os vilões bloqueiam a saída com uma pedra. Felizmente os patos encontram outra saída e também o que procuram: um barco naufragado cheio de ouro. Após consertarem o barco, usam a inundação para navegar para fora de Rongay. No mar, McMónei e El Capitan apoderam-se do barco e deixam os heróis num bote salva-vidas e uma moeda dourada. O barco e todo o ouro naufragam e McMónei perde a aposta: Patinhas consegiu trazer uma moeda dourada de todo o tesouro.

Parte 3: Três patos no Condor[editar | editar código-fonte]

De volta a Patópolis, Patinhas decide contratar uma ama-seca, mas os sobrinhos não gostam da ideia. E quando chegarem as pretendentes, os sobrinhos assustam-as. No escritório, Patinhas mostra a moeda dourada que ganhou no final da 2ª parte a um perito em moedas. O perito diz-lhe que faz parte do tesouro dos Sóis Dourados e há outra moeda num forte nos Andes. Patinhas vai ao Salão de estar para contratar Madame Patilda que aceita trabalhar grátis excepto por alojamento para ela e a sua neta, Patrícia. Depois Patinhas vai ter com Prof. Pardal que inventa um avião especial chamado "Condor" e tem como piloto Capitão Bóing. Depois, no mini-aeroporto da mansão, Patinhas recebe uma carta-Donald tem autorização para ficar três dias fora da marinha. Mais tarde, após recolherem Donald, o "Condor" voa para o Andes, mas o Capitão Bóing estrelha o avião que cai de um penhasco.

Enquanto Bóing descer para o ir buscar, Donald e Patinhas entram no forte para encontrarem o antogonista do episódio- Joaquin Slowly, que controla os nativos locais com uma moeda dourada, pois os nativos que Joaquin é um deus. Os nativos quase capturam-os, mas então cai a moeda de ouro e Patinhas tornar-se um deus. Joaquin fala a Patinhas que o seu antepassado, Marching Slowly e seu companheiro, Juan Tamera, roubaram parte do tesouro dos Sóis Dourados, mas o barco zarpou sem eles. Antes de se separarem, dividiram o mapa ao meio. Juan construiu uma jangada e navegou, Marching foi para os Andes onde encontrou os nativos que veneram o deus sol. Patinhas faz uma proposta- a sua moeda pela metade do mapa. Ao fazerem a troca, Joaquin trai-os e envia os nativos a destruí-los. Felizmente, os pato escapam no avião e Joaquin perde suas moedas de ouro. Donald volta a marinha enquanto o Tio Patinhas estiver navegando numa jangada.

Parte 4: Patos congelados[editar | editar código-fonte]

De volta a mansão, os sobrinhos irritam a Madame Patilda e Patrícia ao colocar um diapasão na porta e ao fecharem a porta provoca um barulho enfurecedor. Quando estiver prestes a usa-lo nos sobrinhos, Capitão Bóing aterra o avião-carga do Tio Patinhas. Vai a garagem buscar equipamentos nesssários, os sobrinhos entram no avião seguídos por Patrícia. Madame Patilda vê Patrícia na janela do avião e agarra-se a roda. Felizmente Bóing puxa-a para cima antes que escorregue. Patilda exige volta a mansão com os sobrinhos, mas Bóing deve levar os equipamentos a Patinhas e depressa.

Mais tarde, na Antartica, salvam um pinguim de uma morsa. Numa caverna, Bóing comete a estupidez de acender fogo e parte o gelo de um rio congelado. Bóing e os sobrinhos são levados para uma cidade subterrânea onde os pinguins roubam a sua roupa e os prendem numa cela, com Patinhas. Entretanto, o pinguim revela poder falar e chamar-se Skiddles. Skiddles diz que os seus amigos foram presos por causa da roupa colorida, que não existe na Antartica. Na casa de Skiddles, Patrícia disfarça-se de pinguim e Patilda para salvar os patos. Recupera a roupa e usa um diapasão para provocar ondas para destruir a parede. Ao faze-lo parte o gelo que cobre uma morsa gigante. A morsa e os pinguins seguem os patos até ao avião, a morsa cai na água e congela-se. Skiddles volta com os pinguins com um para-quedas colorido. Última- Patrícia tem o mapa, porque o foi buscar ao museu antes de entrar no avião.

Parte 5: Tanto ouro para nada[editar | editar código-fonte]

Na América do sul, o avião aterra suavemente sobre o rio. Patinhas, Patilda, Patrícia e os sobrinhos seguem num bote salva-vidas. Crocodilos atacam-os, mas escapam por Patinhas fura o bote que voa para a floresta. Entretanto, Capitão Bóing tenta bombear a água fora do avião. O grupo usa um caminho para chegar, mas os sobrinhos percebem que é uma armadilha. Salvam o tio e encontram as escadas que sobem uma montanha. Após subirem os degraus, descobrem que não há nada. Deslocam uma pedra e encontram o vale dos sóis dourados: iluminado por discos dourados gigantescos.

Quando Patinhas tentar tirar o disco, ele solta-se e cai para o fundo do vale e encontram um templo feito de ouro puro. Dentro do templo há três grandes portas e um poço de ouro derretido. Madame Patilda encontra um desenho e Patrícia usa o manual do escuteiro para decifrar: "Se você é ganancioso e abre as três portas ao mesmo tempo, você perecerá". Entretanto, a febre do ouro atinge Patinhas e os sobrinhos. E eles abrem as três portas ao mesmo tempo:

Na primeira porta encontram montanhas de ouro em pó;

Na segunda porta encontram um tesouro de moedas douradas e cofres, mencionado pelos sobrinhos como igual a caixa-forte;

Na terceira porta encontram lingotes de ouro.

Ao abrirem a terceira porta, activam o sistema de auto-destruição. El Capitan chega e tenta atirar os patos ao poço de ouro derretido. Menciona que esperou por isso 400 anos e os sobrinhos querem saber como viveu tanto tempo- a febre do ouro é a única coisa que o mantém vivo. Nesse momento a auto-destruição começa, as três portas fecham e o chão começa a destruir-se. El capitan e Patinhas correm do chão que se destrói. Fogem do templo que se derrete e escalam a montanha. Infelizmente ficam presos, mas chega Capitão Bóing no avião e salva todos. O tesouro dos sóis dourados é coberto por uma massa de pedras. El Capitan tenta escavar tudo e demoraria 400 anos a fazê-lo. E eis que surge uma surpresa: o avião foi atingido por parte do ouro derretido e ficou coberto de ouro.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.