Dudalina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dudalina
Razão social Dudalina SA
Subsidiária
Slogan "Amor às pessoas e à camisa"
(em Português)[1]
Indústria Varejo  • Têxtil
Fundação 3 de maio de 1957 (61 anos) em Luiz Alves, Santa Catarina,
 Brasil
Fundador(es) Adelina Clara Hess de Souza
Área(s) servida(s) Mundo
Locais + 105
Proprietário(s) Restoque
Empregados 1.670
Produtos Camisas  • Calças
Website oficial Dudalina.com.br

Dudalina é uma empresa de confecção e distribuição de roupas de alto padrão e moda do Brasil, mais conhecida por suas camisas sociais femininas.[2] Foi fundada em 1957 na cidade de Luiz Alves, Santa Catarina e o nome da empresa é a junção do nome da fundadora Adelina Clara Hess de Souza e seu marido mais conhecido como "Duda".[3][4] Teve como presidente por 13 anos a filha de Adelina, Sônia Hess de Souza.[5]

Foi eleita em 2016 como a 5º melhor empresa para trabalhar em Santa Catarina de acordo o Great Place to Work[6] e a 3º rede de franquias mais internacionalizada do Brasil, de acordo com a Fundação Dom Cabral.[7] Possui mais de 105 lojas no Brasil, Equador, Itália, Suécia, Suíça e Panamá e comercializa para para outros 55 países.[8]

Em Dezembro de 2013, vendeu 72,27% do capital da empresa para os bancos de investimentos Warburg Pincus e Advent International por R$ 650 milhões.[9] Em 2014, anunciou uma fusão junto a Restoque, criando a maior varejista de roupas de alto padrão do Brasil.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Amor às pessoas e à camisa». Dudalina. Consultado em 10 de setembro de 2016. 
  2. a b «Restoque e Dudalina se unem para criar maior varejista de roupas de alto padrão do país». Reuters. 2 de outubro de 2014. Consultado em 10 de setembro de 2016. 
  3. «Dudalina virou a queridinha das executivas paulistanas». Estadão. 27 de agosto de 2014. Consultado em 10 de setembro de 2016. 
  4. «Morre a empresária Adelina Clara Hess de Souza». Zero Hora. 31 de outubro de 2008. Consultado em 10 de junho de 2017. 
  5. Ana Luiza Leal (8 de abril de 2014). «Uma empresa, a Dudalina, e 16 irmãos em conflito». Exame. Consultado em 10 de julho de 2017. 
  6. Júlia Merker (14 de novembro de 2016). «GPTW: melhores de SC tem 9 de TI». Baguete. Consultado em 10 de julho de 2017. 
  7. Estadão Conteúdo (18 de novembro de 2016). «Localiza é franquia brasileira mais internacionalizada». Época Negócios. Consultado em 10 de julho de 2017. 
  8. «Camisaria Dudalina veste executivas brasileiras e não para de crescer». Globo News. 26 de junho de 2012. Consultado em 10 de setembro de 2016. 
  9. Estela Benetti (15 de dezembro de 2013). «Bastidores da venda da Dudalina, um dos maiores negócios da história do setor têxtil do país». Diário do comércio. Consultado em 10 de julho de 2017. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.