Duela Dent

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Duela Dent
Nome completo Duela Dent Napier Nigma
Espécie Humana
Afiliações Novos Titãs
Novos Titãs do Leste
Esquadrão Suicida
Família Harvey Dent (pai verdadeiro- Pré Crise)

Jokester, contraparte do Coringa na Terra-3 (pai verdadeiro- Pós Crise)

Criado por Bob Rozakis
Primeira aparição Batman Family #6 (1976)
Editora(s) DC Comics
Espécie Humana
Afiliações Novos Titãs
Novos Titãs do Leste
Esquadrão Suicida
Parentesco Harvey Dent (pai verdadeiro- Pré Crise)

Jokester, contraparte do Coringa na Terra-3 (pai verdadeiro- Pós Crise)

Codinomes conhecidos Filha do Coringa
Filha do Charada
Filha do Pinguim
Habilidades Excelente acrobata

Exímia Lutadora corpo-a-corpo

Duela Dent, a Arlequim, é uma super-heroína da editora norte-americana DC Comics.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Pré-Crise Nas Infinitas Terras[editar | editar código-fonte]

Duela Dent apareceu pela 1ª vez como filha Coringa em Batman Family. Ela ganhou a atenção de Robin, mais tarde ela reivindicou ser filha de Pinguim, Espantalho, Charada e Mulher-Gato. Ela deduziu a identidade do Robin, e revelou que na verdade era filha do Duas-Caras.

Duela quis se juntar aos Novos Titãs, mas nem todos foram a favor desta ideia. Em Teen Titans #48 ela muda sua identidade para Arlequim.

Após Teen Titans ser cancelada, ela começou a aparecer nos títulos do Batman. Chamando a si mesma de Card Queen (Rainha das Cartas), ela se infiltrou em uma organização chamada MAZE.

A última aparição de Duela antes da Crise foi em Tales Of The Teen Titans #50, como convidada no casamento de Donna Troy, onde ela aparece como uma senhora de meia-idade. Dick Grayson nota que ela velha demais para ser filha do Duas-Caras, o que ela confirma, mas desaparece antes de prestar mais esclarecimentos.

Pós-Crise Nas Infinitas Terras[editar | editar código-fonte]

Após o evento da Crise Nas Infinitas Terras, as origens dos Titãs foram reformuladas e Duela não foi citada como ex-integrante nem da Turma Titã, nem dos Titãs da Costa Oeste. Ao que indicava a heroína teria sido "apagada" da continuidade da DC Comics. Porém, no encontro dos Titãs com a Liga da Justiça (1999), Duela reaparece como uma ex-aliada da Turma Titã, e totalmente esquizofrênica. Já em The Titans Secret Files #2, Duela é mencionada como ex-membro dos Titãs da Costa Oeste. Nessa edição é revelado que Duela teria um problema de disfunção química em seu cérebro, por isso ela se dizia filha de vários vilões do Universo DC.

Um Ano Depois[editar | editar código-fonte]

A Filha do Coringa e a Filha do Charada serviram aos Titãs no ano perdido. Duela é membro dos Titãs do Leste, com o escritor Geoff Johns falando: "Sim. Nós realmente vamos trabalhar nela. Tony Daniel repaginou a filha do Coringa para os Titãs do Leste." [1]

Em Teen Titans #43, Miss Marte e Cyborg chegam na prisão de Belle Reve para fazer perguntas a sua ex-companheira de equipe Granada, que traiu a equipe. Páreo e Batgirl chegam, e Batgirl (supostamente) assassina Granada com um batarangue. Duela e a Filha do Charada cortam a energia da prisão, fugindo dos ataques de Miss Marte e Cyborg.

As duas capturam e atormentam Ravena, usando tortura psicológica. Duela revela que entrou nos Titãs do Leste simplesmente porque pediram. Ravena diz que Duela sempre foi aliada dos Titãs, e pede que ela se junte ao time. Ela luta ao lado dos Titãs de encontro aos Titãs do Leste. Quando a batalha termina, Duela e Batgirl desaparecem.

Contagem Regressiva[editar | editar código-fonte]

Duela aparece na 1ª edição de Contagem Regressiva. Ela sequestra uma jovem celebridade de um clube noturno, mas é parada por Jason Todd. Ela clama dizendo que é do Universo DC. Depois de escapar, Duela é morta por um Monitor, que fala, "Este mundo não é seu. Sua presença não e tolerada. A pena é a morte."[2] Quando informado que Duela morreu, o Coringa diz que nunca teve uma filha.[3] O monitor de uma nova Terra sugere que o pai de Duela é de uma Terra alternativa. Dan DiDio, o editor-chefe da DC, fala que a morte a morte de Duela teria efeito em toda a série.[4] Os Novos Titãs investigam a morte de Duela, mas sua investigação é acabada por um dos monitores, que desvia sua atenção.[5]

Em Contagem Regressiva Apresenta a Procura por Ray Palmer: Sociedade do Crime é revelado que na Terra 3 a versão heroica do Coringa, o Jokester, é o pai de Duela Dent, e a mãe é Evelyn Dent, Três-Caras (a versão da Terra 3 do Duas-Caras). Duela foi criada por Três-Caras e seu padrasto, o Charada da Terra 3, e juntos os três fizeram a família Charada. Quando o Jokester é incluído na Família Charada, Duela revela ter um relacionamento com Talon, O parceiro adolescente do Homem-Coruja. O Jokester briga com sua filha e Duela sai com Talon momentos antes do Sindicato do Crime invadir o apartamento. Duela passa a vagar por diversas Terras do Multiverso, o que lhe causa a confusão mental que a faz imaginar-se filha de diversos vilões diferentes. Quanto a sua família da Terra-3, O Charada é morto pelo Ultraman e Três-Caras tem seu braço inutilizado pela Supermulher; o Jokester consegue fugir mas é morto por Solomon, o monitor que matou Duela.

Parentesco com Vilões[editar | editar código-fonte]

Duela reivindicou ser a prole dos seguintes vilões

Outras Versões[editar | editar código-fonte]

Crise Infinita[editar | editar código-fonte]

Em Crise Infinita #6, Alexander Luthor cria várias terras. Na Terra-154, Superman e Batman, junto com seus filhos Superman Jr. and Batman Jr., vêm por cima duas jovens, as versões femininas de Coringa e Charada, e a filha de Lex Luthor, Ardora.

Titãs do Amanhã[editar | editar código-fonte]

Na história "Titãs do Amanhã" (baseada em possível futuro), Duela destrói o Asilo Arkham para tentar se reconciliar com o pai, mas ela a ignota. Com raiva ela mata Batgirl, Alfred Pennyworth, e Bette Kane. Ela foi responsável pela morte de vários policiais da GCPD, especificamente Crispus Allen. Chamando-se outra vez de filha do Coringa. Ela é morta porBatman IV, o Robin do futuro. Antes de ser morta, ela fala que gostava mais dele quando era mais novo.

Tangent Comics[editar | editar código-fonte]

Uma versão feminina do Coringa apareceu em Tangent Comics história de edição única (Tangent Comics: The Joker) em 1997. Essa Coringa tinha pouca semelhança com a personagem, e foi desenhado com influência em Duela.

O Reino do Amanhã[editar | editar código-fonte]

Na minissérie O Reino do Amanhã, de Mark Waid e Alex Ross, aparece uma personagem que, apesar de não ser Duela, também se intitula Filha do Coringa. Seu visual foi inspirado na desenhista Jill Thompson.

Notas e Referências

  1. - Newsarama
  2. Countdown #51 (2007)
  3. Countdown #50
  4. "Dishing with Dan: Countdown #51"
  5. Teen Titans (Vol. 3) #47
  6. Batman Family #6 (1977)
  7. Batman Family #8
  8. a b c d Batman Family #9