Dulcinéa Vai à Guerra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Dulcinéa vai à guerra foi uma telenovela brasileira exibida pela Rede Bandeirantes entre 1 de dezembro de 1980 e 14 de março de 1981, às 19h. Foi escrita porSérgio Jockyman, substituído por Jorge Andrade, dirigida por Henrique Martins e supervisionada por Walter Avancini.

Trama[editar | editar código-fonte]

Dulcinéa, velha vedete do teatro rebolado, se vê às voltas com crianças abandonadas.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Mais informações[editar | editar código-fonte]

  • Depois do sucesso de Cavalo Amarelo, a Bandeirantes resolveu aproveitar a personagem de Dercy Gonçalves, "Dulcinéa", para estrelar sua telenovela seguinte, dando continuidade à trama.
  • Ivani Ribeiro, autora de Cavalo amarelo, recusou-se a escrever essa continuação, que ficou a cargo de Sérgio Jockyman.
  • A sobrinha de "Dulcinéa", "Pepita" (Yoná Magalhães), um dos sucessos de Cavalo Amarelo, que estava "morando na Itália", voltava para ajudar a tia.
  • No entanto, Dulcinéa Vai à Guerra não passou de um enorme fiasco que jogou por terra todo o sucesso da trama original.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]