Dumbela Pato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dumbela Pato
Personagem fictícia de Tio Patinhas
Dumbela.jpg
Dumbela Pato
Nome original (em inglês) Della Duck
Sexo Feminino
Criado por Al Taliaferro
Série(s) Tio Patinhas
Primeira aparição Os Sobrinhos do Donald (1938)

Dumbela Pato[1](nome original Della Thelma Duck), mais conhecida simplesmente como "Dumbela" é filha de Hortênsia Mac Patinhas e Patoso, irmã gêmea do Pato Donald e mãe de Huguinho, Zezinho e Luisinho, ela deixou os três sob os cuidados do tio e nunca mais voltou para buscá-los. Desde então, os trigêmeos vivem com Donald como se fossem filhos deste. A identidade de seu marido é desconhecida, mas sempre houve suspeitas de que fosse um filho de Patinhas com Dora Cintilante, ou de Matilda com o Professor Ludovico von Pato.

Biografia[editar | editar código-fonte]

O curta Os Sobrinhos do Donald, de 1938, começa com Donald lendo um cartão postal de Dumbela avisando que seus filhos Huguinho, Zezinho e Luisinho iriam visitar o tio. No ano anterior, a tirinha de Donald introduzia os trigêmeos com o pato recebendo uma carta de Dumbela, que nessa versão era sua prima, declarando que os garotos iriam visitar Donald após seu pai ser hospitalizado (por um rojão instalado pelo trio sob sua cadeira). Porém a inconsistência foi corrigida por Carl Barks, que fez sua árvore genealógica da Família Pato com Dumbela como irmã de Donald.

Quando Don Rosa escreveu A Saga do Tio Patinhas, Dumbela é apresentada como irmã gêmea de Donald, usando inclusive uma roupa de marinheiro. Desde então a personagem nunca mais apareceu. Uma exceção foi uma história holandesa feita para o octagésimo aniversário de Donald em 2014, onde se implica que Dumbela é astronauta e deixou os sobrinhos antes de uma missão espacial.[2] O marido de Dumbela nunca foi apresentado ou sequer nomeado, e assim Donald é a figura paterna dos trigêmeos, seguindo a tradição de Disney de focar em laços familiares pouco tradicionais - avós e tios tem mais contato com crianças que seus pais.[3] Rosa inclusive discutiu em seu Facebook que um motivo para ignorar Dumbela é a impossibilidade de explicar o paradeiro da personagem sem ser deprimente: ou ela está morta, ou é uma mãe negligente por abandonar os filhos. Ao mesmo tempo, mostrou uma cena excluída da história "De Volta A Trá Lá Lá" (1991) que implicaria que os pais dos trigêmeos estariam escondidos na utopia do título.[4]


Nomes em outros idiomas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]