Duque de Guimarães

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Duque de Guimarães
Brasão de armas do Duque de Guimarães
Duração Vitalício
Criado em 1475
Primeiro titular D. Fernando II

Duque de Guimarães foi um título criado pelo rei D. Afonso V, em 1475 a favor de D. Fernando II, 3.º Duque de Bragança. Fora originalmente criado em 1464, como condado, mas logo elevado a ducado, tendo pertencido à Casa de Bragança até ao Duque D. Teodósio I, data em que se tornou, pelo casamento da sua irmã Isabel de Bragança, pertença da Família Real Portuguesa.

Condes de Guimarães[editar | editar código-fonte]

  1. D. Fernando de Bragança, 3.º Duque de Bragança (1464-1475).

Duques de Guimarães[editar | editar código-fonte]

  1. D. Fernando de Bragança, 3.º Duque de Bragança (1475-1484);
  2. D. Jaime de Bragança, 4.º Duque de Bragança;
  3. D. Teodósio de Bragança, 5.º Duque de Bragança;
  4. D. Duarte de Portugal, Infante de Portugal;
  5. D. Duarte de Portugal, Infante de Portugal;
  6. D. João de Bragança, 8.º Duque de Bragança.

Reivindicações pós-Monarquia[editar | editar código-fonte]

Dos ramo familiar dos descendentes do ex-infante D. Miguel, pretenderam ao Ducado de Guimarães:

  1. Aldegundes de Bragança, condessa de Bardi por casamento.
  2. Duarte Pio de Bragança, pretendente ao trono português.


Ícone de esboço Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.