Duque de Santa Cruz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Corona de duque.svg
Duque de Santa Cruz
Criação Pedro I do Brasil
5 de Novembro de 1829
Ordem Grandeza
Tipo Nobreza
1.º Titular Augusto de Beauharnais, 2º duque de Leuchtenberg
Linhagem Casa de Beauharnais
Actual Titular extinto

Duque de Santa Cruz foi um título de nobreza do Império Brasileiro criado por Carta Imperial de 5 de Novembro de 1829, pelo imperador Pedro I do Brasil para o seu cunhado, o príncipe Augusto de Beauharnais.

Cinco anos mais tarde, em dezembro de 1835, Augusto torna-se também genro de Pedro I / IV, quando é escolhido como noivo da filha do imperador-rei, a rainha Maria II de Portugal.

O topônimo associado a este título é relativo à Fazenda Imperial de Santa Cruz, situada hoje no bairro de mesmo nome, na cidade de Rio de Janeiro.[1]

Lista de titulares[editar | editar código-fonte]

Foi único titular deste título:

  1. Augusto de Beauharnais (18101835), que também foi 2.º duque de Leuchtenberg (1824-1835), 2.º príncipe de Eichstätt (1824-1835), príncipe consorte de Portugal (1835).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Zuquete, A. E. Martins (1989). «Nobreza de Portugal e do Brasil». Lisboa, Representações Zairol. II: 68-69 
  • Bonifácio, Maria de Fátima (2010). «A Monarquia Constitucional (1807-1910)». Lisboa, Editora Leya. ISBN 978-972-47-4110-9 
  • Cunha, Ruy Vieira da (1964). «Do Título Ducal de Santa Cruz». Rio de Janeiro. Revista do Colégio Brasileiro de Genealogia. tomo II, 2º