EB/Streymur

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
EB/Streymur
EB Streymur.svg.png
Nome EB/Streymur
Fundação 1993
Estádio VID Margáir
Capacidade 2.000
Presidente Signar í Homrun
Treinador H. Askham
Material (d)esportivo Puma
Competição Faroe Islands Premier League
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

EB/Streymur é uma agremiação esportiva de Streymnes, ilhas Feroé, fundada em 1993.

História[editar | editar código-fonte]

O clube é o resultado de uma fusão, em 1993, entre Eiðis Bóltfelag, fundado a 23 de fevereiro de 1913, e Streymur, fundado em 1976. Antes da fusão, tanto EB Eiði como Streymur, geralmente atuavam na segunda ou terceira divisão. Após a fusão, em 1993, a equipe ainda residia nas divisões inferiores, mas isso logo mudou. Com um campo de futebol recém-construído em Molin, Eiði, e uma injeção saudável de jovens talentos, o EB/Streymur chegou à primeira divisão. Entre esses jogadores havia Hans Pauli Samuelsen, Bárður Olsen (Haldórsvík), Brian Olsen (Tjørnuvík), Marni Djurhuus, Gert Hansen, Arnbjørn Hansen (Kollafjørður). Com a ajuda do veterano atacante Jón Sigurd Gleðisheygg, a equipe conseguiu a promoção na temporada 1999/00, terminando em segundo lugar, atrás do B36.

O EB/Streymur desde então ganhou uma posição na primeira divisão (Formuladeildin), a de candidato ao título. Em 2006, o clube fez um forte início de temporada sob o comando do treinador polonês, Piotr Krakowski, e liderou o campeonato no intervalo, em meados do verão, tendo registrado a vitória sobre o B68 Toftir por 8 a 2. Com quatro jogos restantes para jogar sua vantagem no topo da tabela, sete pontos. O clube entrou na partida final, dependendo apenas de um empate contra KÍ para ganhar o título. Em 2007, o clube terminou em segundo novamente, e jogou nas competições europeias pela primeira vez. Perdeu por 2 a 1 no placar agregado para o finlandês MyPa na Taça UEFA, primeira pré-eliminatória.

Antes da temporada de 2008, o EB/Streymur nunca tinha vencido o campeonato das Ilhas Faroé nem antes nem depois da fusão, no entanto, a 15 de agosto de 2007 e novamente a 14 de junho de 2008, o EB/Streymur ganhou uma taça pela primeira vez ao vencer a Copa das Ilhas Faroe e a segunda ao vencer a Copa novamente no ano seguinte. Em 21 de outubro de 2008, depois de terminar como vice-campeão no campeonato dois anos consecutivos, o clube finalmente conquistou seu primeiro campeonato, e assim fez a dupla na temporada 2008.

Em julho de 2008, teve como adversário o Manchester City, da Inglaterra, na Premier League na primeira pré-eliminatória da Taça UEFA 2008-09. O diretor Rolant Højsted anunciou que a partida em casa seria realizada em um dos motivos maiores nas Ilhas Faroé, ou Toftir ou Tórshavn, como o clube VID Margáir tem uma capacidade de apenas 1.000. O jogo acabou realizado em Tórshavn e terminou com uma derrota de 0 a 2 para o Manchester City. A partida de volta foi jogada longe, no Estádio Oakwell, do Barnsley Football Club, e não no Manchester Stadium.

Títulos[editar | editar código-fonte]

2008, 2012
2007, 2008, 2010, 2011
2011, 2012, 2013
  • Segunda Divisão Faroesa: 1
2000

Retrospecto nas copas europeias[editar | editar código-fonte]

  • Q = Qualificação
Temporada Competição Fase País Clube Casa Fora Agregado
2007–08 Copa da UEFA 1 Finlândia MYPA 1–1 0–1 1–2
2008–09 Copa da UEFA 1 Inglaterra Manchester City 0–2 0–2 0–4
2009–10 Liga dos Campeões da UEFA Q2 Chipre APOEL Nicosia 0–2 0–3 0–5
2010–11 Liga Europa Q1 Suécia Kalmar FF 0–3 0–1 0–4
2011–12 Liga Europa Q2 Azerbaijão Qarabağ 1–1 0–0 1–1 (gf)
2012–13 Liga Europa Q1 Arménia Gandzasar 3–1 0–2 3–3 (gf)
2013–14 Liga dos Campeões da UEFA Q1 Andorra Lusitanos 5–1 2–2 7–3
Q2 Geórgia Dinamo Tbilisi 1–3 1–6 2–9

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de Ilhas FaroeSoccer icon Este artigo sobre clubes de futebol feroeses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.