Ramal Cruz Alta–Santa Rosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de EF-493)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ramal Santo Ângelo
Estação Santo Ângelo Velha, atualmente usada como museu.
EF EF-493
Área de operação Rio Grande do Sul
Tempo de operação 1911–presente
Bitola bitola métrica
1 000 mm (3,28 ft)
Extensão 181 km
Interconexão Ferroviária Ramal Santiago–Santo Ângelo e Linha Marcelino Ramos–Santa Maria
Operadora Rumo Logística

O Ramal Cruz Alta–Santa Rosa (EF-493), também conhecido como Ramal de Santo Ângelo, é um ramal ferroviário localizado no Noroeste do Rio Grande do Sul. Inicia em Cruz Alta, passa por Ijuí, Catuípe, Santo Ângelo, Giruá e termina em Santa Rosa. Ao tempo de sua operação máxima, desempenhou grande importância econômica, política e histórica para a região.

História[editar | editar código-fonte]

O ramal foi construído pelo 1º Batalhão Ferroviário e, embora aprovado desde 1895, somente em 1911 foi entregue seu primeiro trecho ligando Cruz Alta, na linha Marcelino Ramos-Santa Maria a Ijuí. Em 1915 chegou a Catuípe, depois a Santo Ângelo (1921), a Giruá (1928) e somente em 1940 atingiu sua extensão máxima, em Santa Rosa. Era chamado de "Ramal de Ouro" por causa da grande quantidade de mercadorias que transportava. Trens de passageiros trafegaram pelo ramal certamente até os anos 1980. Atualmente o ramal está concessionado à Rumo Logística, que mantém apenas transporte de cargas.[1]

Cronologia[editar | editar código-fonte]

  • 1911 – Entregue o primeiro trecho do ramal, até Ijuí
  • 1915 – A ferrovia chega a Catuípe
  • 1918 – Iniciou a construção da Estação Férrea de Santo Ângelo
  • 1921 – A ferrovia chega a Santo Ângelo. Foi nesta época que o engenheiro Luís Carlos Prestes recebeu a missão de instalar o Batalhão Ferroviário em Santo Ângelo, portanto foi construída por militares e homens sob o comando de Prestes.
  • 1928 – A ferrovia chega a Giruá
  • 1940 – Atinge a extensão máxima chegando até Santa Rosa.

[2]

Route map
Unknown route-map component "eKBHFa"
553,950 km Estação Santa Rosa
Unknown route-map component "eHST"
548,933 km Estação Esquina
Unknown route-map component "eABHFl+l"
Unknown route-map component "SKRZ-Au"
Contorno Urbano
Unknown route-map component "eHST"
538,560 km Estação Cândido Freire
Unknown route-map component "eHST"
525,848 km Estação Giruá
Unknown route-map component "eHST"
513,100 km Estação Mato Grande
Unknown route-map component "eHST"
499,025 km Estação de Comandaí
Unknown route-map component "CONTgq" Unknown route-map component "ABZgxr+r"
Saída para o Ramal Santiago–Santo Ângelo
Unknown route-map component "eBHF"
km Estação Santo Ângelo Nova
Unknown route-map component "exKBHFaq" Unknown route-map component "eABZgr"
482,720 km Estação Santo Ângelo Velha
Unknown route-map component "eHST"
467,380 km Estação Maquinista Isaac
Unknown route-map component "hKRZWae"
Ponte sobre o Arroio Santa Tereza
Unknown route-map component "eHST"
449,268 km Estação Catuípe
Level crossing
RS 218
Unknown route-map component "eHST"
437,859 km Estação Itaí
Unknown route-map component "hKRZWae"
Ponte sobre o Rio Ijuí
Unknown route-map component "SKRZ-Au"
RS-342
Unknown route-map component "eBHF"
426,719 km Estação Ijuí
Unknown route-map component "SKRZ-Au"
BR-285
Unknown route-map component "eHST"
414,181 km Estação Alto da União
Unknown route-map component "eHST"
408,393 km Estação Maquinista Scalabrini
Unknown route-map component "eHST"
403,442 km Estação Faxinal
Unknown route-map component "eHST"
394,041 km Estação Licínio Ramos
Unknown route-map component "eHST"
388,788 km Estação Aj. Foguista Medeiros
Unknown route-map component "SKRZ-Au"
BR-377
Unknown route-map component "ABZg+l" Unknown route-map component "CONTfq"
Entroncamento com a Linha Marcelino Ramos–Santa Maria norte
Unknown route-map component "eBHF"
426,719 km Estação de Cruz Alta
Continuation forward
Linha Linha Marcelino Ramos–Santa Maria sul

Referências