East of Eden

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre um filme. Para o livro de John Steinbeck, veja East of Eden (livro).
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde outubro de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
East of Eden
A leste do paraíso (PRT)
Vidas amargas (BRA)
 Estados Unidos
1955 •  cor •  115 min 
Direção Elia Kazan
Roteiro Paul Osborn
Elenco James Dean
Julie Harris
Raymond Massey
Burl Ives
Género drama
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

East of Eden (br: Vidas amargas / pt: A leste do paraíso) é um filme estadunidense de 1955, do gênero drama, dirigido por Elia Kazan.

O roteiro, de Paul Osborn, é baseado no romance East of Eden, do escritor laureado com o prêmio Nobel de literatura John Steinbeck.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme se passa na época da primeira guerra, em Monterey, na Califórnia, e mostra a luta do jovem Cal Trask com seu irmão Aaron (o filho favorito), pelo afeto do pai. Para ganhar o amor de seu pai e ajudar a fazenda ameaçada de falir, Cal faz um empréstimo com Kate, sua mãe prostituta, que abandonara a família quando os filhos eram pequenos e montara um bordel.

Trata-se de uma releitura da história bíblica de Caim e Abel (Gênesis, 4).

Elenco principal[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar 1956 (EUA)

Festival de Cannes 1955 (França)

  • Venceu na categoria melhor filme dramático.
  • Indicado à Palma de Ouro.

Globo de Ouro 1956 (EUA)

  • Venceu na categoria melhor filme - drama.

BAFTA 1956 (Reino Unido)

  • Indicado nas categorias de melhor filme de qualquer origem, melhor ator estrangeiro (James Dean) e melhor estreante (Jo Van Fleet).

Prêmio Bodil 1958 (Dinamarca)

  • Venceu na categoria de melhor filme americano.

Jussi Awards 1956 (Finlândia)

  • Venceu na categoria de melhor ator estrangeiro (James Dean).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]