Ecclesia semper reformanda est

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Calvinismo
John Calvin.jpg
João Calvino
Bases históricas:

Cristianismo
Reforma

Marcos:

A Institutio Christianæ Religionis de Calvino
Os Cinco Solas
Cinco Pontos (TULIP)
Semper reformanda
Confissões de fé
Bíblia de Genebra

Influências:

Teodoro de Beza
John Knox
Ulrico Zuínglio
Moise Amyraut
Jonathan Edwards
Teologia puritana
Karl Barth

Igrejas:

Reformadas
Presbiterianas
Congregacionais
Batistas reformados
Pentecostais reformados
Novo Calvinismo

A expressão em latim Ecclesia semper reformanda est para "a igreja deve sempre reformando-se", muitas vezes abreviado para Ecclesia semper reformanda, é conceito popularizado por Karl Barth em 1947.[1]

Na maioria das vezes, refere-se à convicção de certos teólogos protestantes de que a igreja deve continuamente se reexaminar para manter sua pureza de doutrina e prática.

Na tradição reformada é um princípio pelo qual uma igreja é reformada é identificada.[2]

Ícone de esboço Este artigo sobre Teologia ou sobre um teólogo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Mouthaan, J.N. "Besprekingsartikel: Ecclesia semper reformanda: modern of premodern?," Documentatieblad Nadere Reformatie 38, no. 1 (2014): 88 (86-89)."
  2. Gouvêa, Ricardo Quadros. Piedade Pervertida: Um manifesto antifundamentalista em nome de uma teologia de transformação. Editora Recriar, 2022.