Echinoderes lusitanicus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaEchinoderes lusitanicus
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Kinorhyncha
Classe: Cyclorhagida
Ordem: Echinorhagata
Família: Echinoderidae
Género: Echinoderes
Espécie: E. lusitanicus
Nome binomial
Echinoderes lusitanicus
Neves, Sørensen & Herranz, 2016

Echinoderes lusitanicus é uma espécie de animal do filo Kinorhyncha (dragões do lodo), descoberta na costa algarvia, com base em pesquisas feitas entre fevereiro de 2012 e setembro de 2014.[1][2]

Os E. reicherti vivem entre a areia e o lodo das zonas marinhas, desde a zona da maré até ao alto mar. Trata-se de um animal bastante sensível à poluição, pelo que a sua presença pode ser vista como um indicador de esta estar em níveis reduzidos.[2]

Referências

  1. «Nova espécie para a ciência». Universidade do Algarve. Consultado em 27 de junho de 2016 
  2. a b Firmino, Teresa (14 de julho de 2016). «Há novos dragões do lodo no Algarve e isso é um bom sinal». Público. Consultado em 15 de julho de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Neves, Ricardo, C.; Sørensen, Martin V.; Herranz, Maria (27 de maio de 2016). «First account on kinorhynchs from Portugal, with the description of two new species: Echinoderes lusitanicus sp. nov. and E. reicherti sp. nov.». Taylor & Francis. Marine Biology Research (em inglês). 12 (5): 455-470. ISSN 1745-1019. doi:10.1080/17451000.2016.1154973 
Ícone de esboço Este artigo sobre animais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.