Economia da Austrália

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Economia da Austrália
A cidade de Sydney vista a partir do Balmain Wharf.
Moeda Dólar australiano ($A ou A$, AU$ ou $AU, AUD)
Ano fiscal 1 de julho - 30 de junho
Blocos comerciais APEC, OMC e OCDE
Estatísticas
PIB
  • Aumento $1,420 trilhões (nominal, 2018)[1]
  • Aumento $1,318 trilhões (PPC, 2018)[1]
Variação do PIB Aumento 1,7% (2019)[1]
PIB per capita
  • Aumento $56,420 (nominal, 2018)[1]
  • Aumento $52,379 (PPC, 2018)[1]
PIB por setor
  • Serviços: 61,1%
  • Construção: 8,1%
  • Mineração: 6,9%
  • Manufatura: 6,0%
  • Agricultura: 2,2% (2016)[2]
Inflação (IPC) 1,3% (2019)[3]
Coeficiente de Gini 0,305 (2006)
Força de trabalho total 13,141,429 (2018)[4]
Força de trabalho
por ocupação
  • Serviços: 79,2%
  • Construção: 8,8%
  • Manufactura: 7,4%
  • Agricultura: 2,7%
  • Mineração: 1,9% (2016)[2]
Desemprego Estável 5,3% (outubro de 2019)[5]
Principais indústrias mineração, industrial e equipamentos de transporte, processamento de alimentos, produtos químicos, aço
Exterior
Exportações A$ 438,1 bilhões (2018)[6]
Produtos exportados carvão, minério de ferro, ouro, carne, , alumínio, trigo, máquinas e equipamentos de transporte
Principais parceiros de exportação República Popular da China 27,4%, Japão 19,2%, Coreia do Sul 8,9%, Índia 5,8% (2011)
Importações A$ 414,9 bilhões (2018)[6]
Produtos importados máquinas e equipamentos de transporte, computadores e máquinas de escritório, equipamentos de telecomunicações e de peças, petróleo
Principais parceiros de importação China 18,5%, Estados Unidos 11,4%, Japão 7,9%, Singapura 6,2%, Alemanha 4,7% 2011)
Dívida externa bruta BaixaPositiva US$2,095 trilhões (2019)[7]
Finanças públicas
Dívida pública 41,1% do PIB (abril de 2019)[8]
Receitas A$ 485,2 bilhões (2019)[9]
Despesas A$ 482,7 bilhões (2019)[9]
Fonte principal: [[10] The World Factbook]
Salvo indicação contrária, os valores estão em US$

A economia da Austrália é uma economia de mercado altamente desenvolvida, sendo atualmente a 13ª maior do mundo por Produto Interno Bruto (PIB) nominal, que ultrapassa US$1,2 trilhão (2010), bem como a 17ª maior do mundo se considerarmos seu Poder de Compra, calculado em 2010 em US$863 bilhões. O setor industrial, que corresponde por cerca de 25% do PIB australiano, tem boa parte de sua escala voltada para o setor primário, com a larga produção de alimentos, vinhos, tabaco e a exploração mineral, bem como as atividades que exigem maior tecnologia, como a indústria de máquinas e equipamentos, a indústria química, metalúrgica, siderúrgica e petroquímica. As exportações australianas também incluem gênero alimentícios, como carne e trigo, além de e minérios, como bauxita, chumbo, níquel, manganês, além de ouro, prata e diamante, sendo a Austrália um dos maiores exportadores mundiais deste último.

A Austrália faz parte do tratado internacional chamado Asia-Pacific Economic Cooperation (Cooperação Económica da Ásia-Pacífico), a APEC, um bloco econômico que tem por objetivo transformar o oceano pacífico numa área de livre comércio e que engloba economias asiáticas, americanas e da Oceania.

O país é o 20.º no ranking de competitividade do Fórum Econômico Mundial.[11]

Setor primário[editar | editar código-fonte]

Agricultura[editar | editar código-fonte]

A Austrália tem, como principais produtos agropecuários, cultivos bastante contrastantes: a cana-de-açúcar (típica de países tropicais), o trigo e a cevada (típicos de países frios). Em 2018, a Austrália foi o maior produtor mundial de tremoço (714 mil toneladas), o 2º maior produtor mundial de grão-de-bico (1 milhão de toneladas), o 4º maior produtor mundial de cevada (9,2 milhões de toneladas) e de aveia (1,2 milhão de toneladas), o 5º maior produtor de colza (3,9 milhões de toneladas), o 9º maior produtor de cana-de-açúcar (33,5 milhões de toneladas) e de trigo (20,9 milhões de toneladas) e o 13º maior produtor mundial de uva (1,66 milhão de toneladas). O país também produziu, no mesmo ano, 1,2 milhão de toneladas de sorgo, 1,1 milhão de toneladas de batata, além de produções menores de outros produtos agrícolas, como arroz (635 mil toneladas), milho (387 mil toneladas), tomate (386 mil toneladas), laranja (378 mil toneladas), feijão-fava (377 mil toneladas), banana (373 mil toneladas), ervilha (317 mil toneladas), cenoura (284 mil toneladas), cebola (278 mil toneladas), maçã (268 mil toneladas), lentilha (255 mil toneladas), melão (224 mil toneladas), melancia (181 mil toneladas), tangerina (138 mil toneladas) etc.[12]

Em 2014, a Austrália era o 8º maior produtor de vinho do mundo. Em 2010 o pais era o 4º maior exportador de vinhos do mundo. [13]

Pecuária[editar | editar código-fonte]

A Austrália é o 5º maior produtor de carne bovina do mundo (2,2 milhões de toneladas em 2018). O país é historicamente conhecido por ser um grande exportador de carne. [14]

O país também é o maior produtor de do mundo (385 mil toneladas em 2018). [15]

Mineração[editar | editar código-fonte]

A extração mineral é um grande pilar da economia australiana. O país é o maior produtor mundial de minério de ferro (930 milhões de toneladas em 2019) [16][17][18], o 2º maior produtor de ouro (319 toneladas em 2018) [19], e o 4º maior produtor de carvão (481,3 milhões de toneladas em 2018) [20], além de ser o maior produtor de bauxita (86,4 milhões de toneladas em 2018) [21], 3º maior produtor de manganês (2,9 milhões de toneladas em 2015) [22], 3º maior produtor de urânio, 6º maior produtor de níquel (180 mil toneladas em 2019) [23], 7º maior produtor de cobre (859 mil toneladas em 2017)[24][25], 12º maior produtor de gás natural (67,2 milhões de metros cúbicos/ano) [26] e o 30º maior produtor de petróleo (360 mil barris/dia).[27]

Em 2014-15, a extração mineral na Austrália foi avaliada em 212 bilhões de dólares australianos. Destes, o carvão representou 45,869 milhões, petróleo e gás natural 40,369 milhões, minério de ferro 69,486 milhões, ouro 13,685 milhões e outros metais 7,903 milhões. [28]

O carvão é extraído principalmente em Queensland, New South Wales e Victoria. Cinquenta e quatro por cento do carvão extraído na Austrália é exportado, principalmente para o Leste Asiático. Em 2000-01, 258,5 milhões de toneladas de carvão foram extraídas e 193,6 milhões de toneladas exportadas. O carvão fornece cerca de 85% da produção de eletricidade da Austrália. No ano fiscal de 2008-09, 487 milhões de toneladas de carvão foram extraídas e 261 milhões de toneladas exportadas. A Austrália é o principal exportador de carvão do mundo. [29][30]

As mineradoras australianas Rio Tinto Group e BHP estão entre as maiores do mundo. A mina Argyle da Rio Tinto, na Austrália Ocidental, é a segunda maior mina de diamantes do mundo. A mina Argyle foi inaugurada em 1983 e produziu mais de 95 por cento dos diamantes da Austrália, incluindo alguns dos diamantes rosa e vermelho mais valiosos do mundo. Devido ao esgotamento do minério, Argyle estava prevista para fechar em 2021 — o fechamento deve reduzir a produção anual de diamantes da Austrália de 14,2 milhões de quilates para 134,7 mil quilates. [31]

Cédula de emissão privada do City Bank Of Sydney do início do século XX, quando o país adotava um sistema bancário livre.[32]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e «World Economic Outlook Database, October 2019». IMF.org. International Monetary Fund. Consultado em 16 de outubro de 2019 
  2. a b «Australian Industry Report 2016, Chapter 2: Economic Conditions» (PDF). Australian Government: Department of Industry, Innovation and Science. p. 33. Consultado em 5 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 5 de setembro de 2017 
  3. «6401.0 – Consumer Price Index, Australia, Sep 2017». Australian Bureau of Statistics. 25 de outubro de 2017. Consultado em 25 de outubro de 2017 
  4. «Labor force, total». data.worldbank.org. World Bank. Consultado em 23 de julho de 2019 
  5. «6202.0 – Labour Force, Australia, Oct 2019». Australian Bureau of Statistics. 14 de novembro de 2019. Consultado em 17 de novembro de 2019 
  6. a b «Composition of Trade Australia 2018» (PDF). Department of Foreign Affairs and Trade. Consultado em 3 de agosto de 2019 
  7. «1344.0 – International Monetary Fund – Special Data Dissemination Standard, 2017». abs.gov.au. Australian Bureau of Statistics. Consultado em 2 de julho de 2019 
  8. «General government gross debt». IMF. 2019. Consultado em 13 de maio de 2019 
  9. a b «Budget 2019-20». Department of the Treasury. Consultado em 3 de agosto de 2019 
  10. CIA. «The World Factbook»  Consultado em 2 de abril de 2013
  11. The Global Competitiveness Index 2011-2012 rankings
  12. Australia production in 2018, by FAO
  13. «Wine production (tons)». Food and Agriculture Organization. 6 October 2015. p. 1. Consultado em 8 October 2015  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  14. fao.org (FAOSTAT). «Cattle Meat production in 2018, Crops/World regions/Production quantity (from pick lists)». Consultado em 29 de agosto de 2020 
  15. fao.org (FAOSTAT). «Wool, greasy production in 2018, Production quantity». Consultado em 29 de agosto de 2020 
  16. «Mineral Commodity Summaries 2020» (PDF). U.S. Geological Survey. Consultado em 30 de julho de 2020 
  17. 2017 Annual Tables. [S.l.]: USGS. 2019-11-18  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  18. «Global iron ore production data; Clarification of reporting from the USGS» (PDF). U.S. Geological Survey. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  19. «Gold mine production» (xls). Goldhub. London: World Gold Council. 4 April 2019. Consultado em 6 November 2019  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  20. «Statistical Review of World Energy 2018» 
  21. «Bauxite and Alumina 2020 Annual Publication» (PDF). U.S. Geological Survey. January 2020. Consultado em 29 June 2020  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda); Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  22. United States Geological Survey
  23. «Nickel» (PDF). U.S. Geological Survey, Mineral Commodity Summaries  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda)
  24. Kay, Amanda (15 February 2018). «Top Copper Production by Country». Copper Investing News. Consultado em 29 June 2018  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  25. https://www.world-mining-data.info/?World_Mining_Data___Data_Section
  26. [1]
  27. «Annual petroleum and other liquids production». U.S. Energy Information Administration. Consultado em 3 February 2021  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda); Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  28. «ABS – Mining» 
  29. International Energy Agency. (31 August 2008) Coal Information 2008. Organisation for Economic Cooperation & Development. ISBN 92-64-04241-5
  30. «The Importance of Coal in the Modern World – Australia». Gladstone Centre for Clean Coal. Consultado em 17 March 2007. Cópia arquivada em 8 February 2007  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda); Verifique data em: |acessodata=, |arquivodata= (ajuda)
  31. Pash, Chris (29 March 2018). «Australia's biggest diamond mine is running out of diamonds». Business Insider Australia (em inglês). Consultado em 8 January 2020  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  32. Dowd, Kevin. Laissez Faire Banking. Routledge, 2013, pág. 115, (em inglês) ISBN 9781134775644 Adicionado em 16/08/2017.
Bandeira da Austrália Austrália
Bandeira • Brasão • Hino • Culinária • Cultura • Demografia • Economia • Forças Armadas • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Imagens