Economia da Guiana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Economia da Guiana
Trator em plantação de arroz na Guiana.
Moeda Dólar guianense
Ano fiscal Ano calendário
Blocos comerciais OMC, Caricom
Estatísticas
PIB 6 164 milhões (2012) (163º lugar)
Variação do PIB 3,7% (2012)
PIB per capita 8 000 (2012)
PIB por setor agricultura 20,3%, indústria 34,8%, comércio e serviços 44,9% (2012)
Inflação (IPC) 3,1% (2012)
População
abaixo da linha de pobreza
35% (2006)
Coeficiente de Gini 0,446 (2007)
Força de trabalho total 313 100 (2009)
Força de trabalho
por ocupação
N/D
Desemprego 11% (2012)
Principais indústrias bauxita, açúcar, beneficiamento de arroz, madeira, têxteis, extração de ouro
Exterior
Exportações 1 299 milhões (2012)
Produtos exportados açúcar, ouro, bauxita, alumina, arroz, camarão, melado, rum, madeira
Principais parceiros de exportação Canadá 29%, Estados Unidos 28,6%, Reino Unido 4,9%, Trinidad e Tobago 4,3%, Jamaica 4,3%, Países Baixos 4% (2011)
Importações 1 850 milhões (2012)
Produtos importados manufaturados, máquinas, petróleo, alimentos
Principais parceiros de importação Estados Unidos 21,3%, Trinidad e Tobago 20%, República Popular da China 8,3%, África do Sul 7,5%, Cuba 5,5% (2011)
Dívida externa bruta 1 234 milhões (2012)
Finanças públicas
Receitas 628,7 milhões (2012)
Despesas US$ 793,1 milhões (2012)
Fonte principal: [[1] The World Factbook]
Salvo indicação contrária, os valores estão em US$

A economia da Guiana tem mostrado um crescimento moderado desde 1999, baseado numa expansão dos sectores agrícola e mineiro, numa atmosfera mais favorável para iniciativas empresariais, uma taxa de câmbio mais realista, uma inflação razoavelmente baixa e apoio continuado por parte de organizações internacionais. Os problemas crônicos incluem carências no número de trabalhadores qualificados e infraestruturas deficientes. O governo tenta equilibrar uma dívida externa de grandes dimensões com a necessidade urgente de expansão do investimento público. Os baixos preços de produtos-chave nos sectores mineiro e agrícola, combinados com problemas nas indústrias de bauxita e açúcar ameaçam a já ter posição fiscal do governo e ensombram o futuro.

Setor primário[editar | editar código-fonte]

Agricultura[editar | editar código-fonte]

Em 2018, a Guiana produziu 1,2 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, 964 mil toneladas de arroz, 136 mil toneladas de coco, além de produções menores de outros produtos agrícolas, como beringela (47 mil toneladas), abacaxi (34 mil toneladas), pimenta (37 mil toneladas), banana (23 mil toneladas), laranja (21 mil toneladas), mandioca (20 mil toneladas), etc. [2]

Referências

  1. CIA. «The World Factbook». Consultado em 14 de abril de 2013 
  2. Guyana production in 2018, by FAO
Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Flag-map of Guyana.svg Guiana
História • Política • Subdivisões • Geografia • Economia • Demografia • Cultura • Turismo • Saúde • Forças Armadas • Portal • Imagens