Ederson Santana de Moraes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ederson
Ederson
Ederson pela Seleção Brasileira em 2018
Informações pessoais
Nome completo Ederson Santana de Moraes
Data de nascimento 17 de agosto de 1993 (30 anos)
Local de nascimento Osasco, São Paulo, Brasil
Nacionalidade brasileiro
português
Altura 1,88 m
canhoto
Informações profissionais
Clube atual Manchester City
Número 31
Posição goleiro
Clubes de juventude
2008–2009
2009–2011
São Paulo
Benfica
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2011–2012
2012–2015
2015–2017
2017–
Ribeirão
Rio Ave
Benfica
Manchester City
0030 000(0)
0064 000(0)
0059 000(0)
0312 000(0)
Seleção nacional3
2014–2016
2016–
Brasil Sub-23
Brasil
0005 000(0)
0025 000(0)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 22 de dezembro de 2023.
3 Partidas e gols pela seleção nacional estão atualizadas
até 17 de outubro de 2023.

Medalhas
Competidor do Brasil
Copa América
Ouro Brasil 2019 Jogador
Prata Brasil 2021 Jogador

Ederson Santana de Moraes, mais conhecido apenas como Ederson (Osasco, 17 de agosto de 1993), é um futebolista brasileiro que atua como goleiro. Atualmente, joga pelo Manchester City e pela Seleção Brasileira.

Em 1 de junho de 2017, Ederson foi vendido pelo Benfica ao Manchester City, por 40 milhões de euros, o que fez dele, na época, o segundo goleiro mais caro da história, atrás apenas de Gianluigi Buffon.[1] Ele também se tornou a transferência mais cara da história do Benfica, ao lado do belga Axel Witsel, que foi comprado pelo Zenit, da Rússia, em 2013, pela mesma quantia.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Nascido em Osasco, Ederson chegou em 2008 as categorias de base do São Paulo. Em 2009, aos 15 anos, Ederson foi dispensado do São Paulo, por telefone[3].

Ederson chegou a Portugal ainda em 2009, com 15 anos, para fazer ainda parte da sua formação no Benfica.[4]

Ribeirão e Rio Ave[editar | editar código-fonte]

No início da temporada 2011–12, aos 18 anos, deixou o Benfica para atuar na Segunda Liga pelo Ribeirão.

Um ano mais tarde, se transferiu ao Rio Ave para atuar pela Primeira Liga, onde a princípio, começou a temporada 2012–13 como reserva de Jan Oblak. Com a saída do goleiro, Ederson se estabeleceu como titular nas temporadas posteriores[5].

Em 10 de abril de 2015, após uma série de boas atuações e uma convocação para a Seleção Brasileira Sub-23, ele assinou a renovação de contrato com o Rio Ave que duraria até 2019.[6]

Benfica[editar | editar código-fonte]

Em 27 de junho de 2015, Ederson voltou ao Benfica, assinando um contrato de cinco anos com o clube, em um acordo no valor de € 500.000, e estabeleceu uma cláusula de liberação de € 45 milhões. O Rio Ave ainda manteria 50% dos direitos econômicos do goleiro[7].

Ederson em 2016 pelo Benfica.

Na temporada 2015–16, Ederson começou como o suplente do seu compatriota, Júlio César. Ederson jogou pela primeira vez algumas partidas na Segunda Liga com o Benfica B e na Taça da Liga, antes de jogar na Primeira Liga em 5 de março de 2016 contra o rival local, Sporting CP, substituindo Júlio César, que acabara lesionado. O Benfica venceu o derby de Lisboa por 0-1 e conquistou o primeiro lugar da Primeira Liga.[8] Na temporada, Ederson ainda faria parte de mais onze vitórias que selariam o 35º título do Benfica, o terceiro, na sequência. Cinco dias depois, ele jogou a final da Taça da Liga contra o Marítimo Funchal, que o Benfica venceu por 6 a 2. Além disso, atuou em três partidas na campanha da Liga dos Campeões da UEFA, onde o Benfica chegou às quartas-de-final.[9]

No dia 1 de junho de 2017, Ederson foi vendido para o Manchester City por 40 milhões de euros[10]. Com esse valor, Ederson se tornou a transferência mais cara da história do Benfica, ao lado do belga Axel Witsel, que foi comprado pelo Zenit, da Rússia, em 2013, pela mesma quantia.[2]

Com a camisa do Benfica, Ederson fez 59 jogos e conquistou duas vezes o Campeonato Português (2015/16 e 2016/17), além de ter sido campeão da Taça de Portugal (2016/17) e da Taça da Liga (2015/16).[11]

Manchester City[editar | editar código-fonte]

2017–18[editar | editar código-fonte]

Ederson em 2017.

No dia 1 de junho de 2017, o SL Benfica chegou a acordo com o Manchester City para a transferência do jogador por 40 milhões de euros.[12] Esta quantia foi, na época, a segunda maior paga por um goleiro na história do futebol, somente atrás de Gianluigi Buffon[13].

Usando o número 31, Ederson foi imediatamente escolhido como titular de Pep Guardiola, substituindo Claudio Bravo.[14][15]

Fez a sua estreia pela Premier League em 12 de agosto de 2017 em uma vitória fora de 0-2 sobre o Brighton, onde manteve um clean-sheet. Encerrou sua primeira temporada atuando em 36 ocasiões na Premier League e com 16 clean sheets.[16]Na temporada fez 45 jogos e não foi vazado em 20 deles por todas as competições.[17]

2018–19[editar | editar código-fonte]

Em 19 de agosto de 2018, Ederson se tornou o primeiro goleiro do Manchester City a prestar assistência pela Premier League, pois seu passe foi convertido por Sergio Agüero, para o gol de abertura em uma vitória por 6 a 1 sobre o Huddersfield Town.[18]

Ederson terminou com 18 clean sheets nesta temporada da Premier League, coisa que nenhum goleiro do Manchester City já tivesse feito em uma única campanha na competição. Ele ainda foi escolhido para o time do ano da Liga, além de ser Campeão do Campeonato Inglês.[19]

Em sua segunda temporada pelo ele disputou 55 jogos, fez duas assistências e 28 clean sheets, pelas diversas competições.[17]

2019–20[editar | editar código-fonte]

Mais uma temporada de muita regularidade de Ederson, ele foi titular absoluto do City.Ele jogou 35 das 38 rodadas da Premier League, além de terminar 16 jogos sem ser vazado. Assim Ederson, ganhou o prêmio Luva de Ouro da Premier League de 2019–20.[20]

Ederson jogou 44 partidas na temporada e passou 18 jogos sem sofrer golos.[17]

2020–21[editar | editar código-fonte]

Ederson jogou 36 vezes no campeonato e não foi derrotado em mais da metade delas. Ele terminou a Premier sem tomar gols em 19 jogas. Assim conquistou a Prêmio Luva de Ouro da temporada 2020-2021.[21]

Com 48 apresentações e mais 26 jogos sem sofrer gols na temporada, esse foi o saldo de Ederson.[22]

2021–22[editar | editar código-fonte]

Em 1 de setembro de 2021, Ederson estendeu seu contrato por cinco temporadas com o Manchester City, até 2026.[23]

Ederson jogou 37 partidas na Premier League, ele sofreu apenas 26 gols, e desempenhou um papel crucial na construção da defesa de mais um título. Terminou com 20 partidas sem tomar gol. Vencendo o prêmio Luva de Ouro pela terceira vez consecutiva e dessa vez ao lado do compatriota Alisson.[24]

2022–23[editar | editar código-fonte]

Em 4 de março de 2023, Ederson chegou a marca de 100 jogos sem sofrer golos com a camisa do clube, no jogo em que o Manchester City venceu o Newcastle por 2-0, no Etihad Stadium, pela 26.ª rodada da Premier League. Ele alcançou seu 100.º clean sheet em 212 jogos.[25]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Sub-23[editar | editar código-fonte]

No dia 9 de maio de 2014, foi convocado pela Seleção Olímpica para o Torneio de Toulon[26], preparatório para as Olimpíadas.[27]

Principal[editar | editar código-fonte]

Titular da Seleção Olímpica, no dia 5 de maio de 2016, Ederson foi convocado por Dunga para a Copa América Centenário em 2016.[28] No dia 31 de maio de 2016, foi detectada uma lesão em Ederson, e foi cortado da Seleção, dando o lugar para Marcelo Grohe.[29]

Mesmo sendo titular da Seleção Olímpica em boa parte da preparação para as Olimpíadas de 2016, Ederson não foi liberado pelo Benfica para disputa, que não ocorria na Data FIFA.[30]

Em 3 de março de 2017, foi convocado, dessa vez por Tite, para as partidas contra Paraguai e o Uruguai pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2018. Suas convocações se tornaram recorrente até o fim das Eliminatórias. No dia 10 de outubro de 2017, estreou na vitória por 3 a 0 contra o Chile, válida pela 18° (última) rodada das Eliminatórias.[31]

Ederson na Copa do Mundo FIFA de 2018.

Copa do Mundo de 2018[editar | editar código-fonte]

No dia 14 de maio de 2018, foi convocado por Tite para a Copa do Mundo FIFA de 2018 como o 2º goleiro na hierarquia, atrás de Alisson e à frente de Cássio.[32]

Copa América de 2019[editar | editar código-fonte]

Ederson na final da Copa América de 2019.

No dia 17 de maio de 2019, foi convocado para a Copa América de 2019, na mesma situação que na Copa de 2018, como goleiro reserva, atrás de Alisson e à frente de Cássio.

Titularidade nos amistosos e Copa América de 2021[editar | editar código-fonte]

Com as recorrentes lesões de Alisson Becker após o início da temporada 2019–20, Ederson foi titular em 4 dos 6 amistosos da Seleção pós-Copa América.[33]

No dia 4 de outubro de 2020, após ficar de fora da convocação, foi convocado para substituir Alisson, para a 1° e 2° rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2022.[34] Porém, acabou ficando no banco nas duas partidas para Weverton.[35] Na convocação seguinte, no dia 15 de novembro de 2020, foi novamente convocado para as partidas contra Venezuela e Uruguai, pela 3° e 4° rodada.[36] Ederson foi titular nas duas partidas, saindo com clean-sheets (partidas sem sofrer gol) em ambas.[37][38]

No dia 9 de junho de 2021, foi convocado para a Copa América de 2021.[39] Após Tite promover um rodízio entre Ederson, Alisson e Weverton na 1° Fase, com Ederson estreando em Copas contra o Peru[40], foi definido que Ederson seria o titular nas partidas eliminatórias.[41] Foi titular nas quartas-de-finais contra o Chile[42] e na semifinal contra o Peru[43], chegando à final da Copa América contra a Argentina sem sofrer gols.[44]

Copa do Mundo de 2022[editar | editar código-fonte]

Em 7 de novembro de 2022, Tite anunciou a convocação da Seleção para Copa do Mundo 2022. Entre muitos nomes certos no Catar o de Ederson foi chamado para disputar o torneio.[45]

Ederson fez sua estreia na Copa do Mundo na partida entre Camarões 1 a 0 Brasil, jogo válido pela fase de grupos, no Estádio Nacional de Lusail, em Lusail.[46]

Jogos pela seleção[editar | editar código-fonte]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Benfica
Manchester City
Seleção Brasileira

Individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «City contrata Ederson por valor recorde de R$ 147 milhões, diz jornal» 
  2. a b «Ederson iguala Witsel como venda mais cara da história do Benfica». 1 de junho de 2017 
  3. «Ederson volta ao São Paulo e lembra dispensa pelo telefone: "Chorei muito"» 
  4. «A caminho do City, Ederson chora após jogo do Benfica: "Meu último"» 
  5. «Nuno Espírito Santo destaca Ederson e Oblak» 
  6. SAPO. «Ederson renova com Rio Ave até 2019» 
  7. Portugal, Rádio e Televisão de. «Benfica contrata Ederson, Diego Lopes e Hassan ao Rio Ave» 
  8. «Ederson despediu-se com o Sporting e regressa em Alvalade - O Jogo» 
  9. «Campeão pelo Benfica, Ederson pode ser a sombra de Hart no City» 
  10. «Goleiro Ederson troca Benfica por City por R$ 145 milhões» 
  11. «Quem é Ederson? Idade, altura e quem revelou o goleiro convocado para a Seleção Brasileira na Copa do Mundo». Consultado em 5 de março de 2023 
  12. Group, Global Media (1 de junho de 2017). «Oficial: Ederson assina pelo Manchester City». O Jogo 
  13. globoesporte.globo.com/ Saiba por que o segundo goleiro mais caro da história não vingou no São Paulo
  14. «Ederson, carrasco de Bravo no Manchester City e na seleção». 12 de outubro de 2017 
  15. «Novo time de Ederson, City não garante estabilidade no gol». 2 de junho de 2017 
  16. «OS NÚMEROS DA CARREIRA DE EDERSON: TEMPORADA POR TEMPORADA». Mancity. Consultado em 5 de março de 2023 
  17. a b c «EDERSON AGREES NEW DEAL» (em inglês). Mancity. Consultado em 5 de março de 2023 
  18. «Brasileiro entra para seleta lista de goleiros com feito raro na Premier League». 22 de agosto de 2018 
  19. «PFA Team of the Year: Paul Pogba, Raheem Sterling and Sadio Mane included in side» (em inglês). BBC. Consultado em 5 de março de 2023 
  20. «EDERSON WINS GOLDEN GLOVE» (em inglês). Mancity. Consultado em 5 de março de 2023 
  21. «PFA Premier League Team of the Year: Kevin de Bruyne one of six Manchester City players picked» (em inglês). BBC. Consultado em 5 de março de 2023 
  22. https://www.mancity.com/news/mens/ederson-new-man-city-contract-63766088
  23. «Ederson renova contrato com o Manchester City até 2026». Terra. Consultado em 5 de março de 2023 
  24. «Premier League: Por que Alisson e Ederson dividiram o troféu 'luva de ouro'». Consultado em 5 de março de 2023 
  25. «EDERSON CHEGA A 100 JOGOS SEM SOFRER GOLS NO CITY». Mancity. Consultado em 5 de março de 2023 
  26. «Seleção Brasileira Sub-21 divulga convocados para Torneio de Toulon» 
  27. «Brasil é campeão de torneio sub-21 com goleadas e 100% de aproveitamento» 
  28. «Dunga convoca Seleção para a Copa América com 7 jogadores olímpicos». Globoesporte. 5 de maio de 2016 
  29. «Lucas, do PSG, e Marcelo Grohe vão substituir Rafinha e Ederson no Brasil». Globo Esporte. 31 de maio de 2016 
  30. Alex, Por; Angeles, re Lozetti e Felipe SchmidtLos; EUA. «Corte e "não" do Benfica dificultam presença de Ederson na Olimpíada». globoesporte.com. Consultado em 11 de dezembro de 2020 
  31. «Brasil x Chile - Eliminatórias da Copa - América do Sul 2015-2017» 
  32. «Lista fechada: Tite anuncia os 23 convocados para a Copa do Mundo» 
  33. «Titular da Seleção, Ederson vê Alisson à frente como melhor do mundo». Metrópoles. 4 de setembro de 2019. Consultado em 11 de dezembro de 2020 
  34. «Seleção: Ederson substitui Alisson, cortado após lesão no ombro». Agência Brasil. 4 de outubro de 2020. Consultado em 11 de dezembro de 2020 
  35. «Weverton titular! Lembre os jogadores do Palmeiras que atuaram pela Seleção Brasileira no século 21 - LANCE!». LANCE! | Futebol, Vôlei, F-1, MMA e todos os esportes. Consultado em 11 de dezembro de 2020 
  36. «Os convocados da seleção para jogos contra Venezuela e Uruguai nas eliminatórias da Copa de 2022 | Goal.com». www.goal.com. Consultado em 11 de dezembro de 2020 
  37. «Tite confirma Ederson como o goleiro titular para o jogo contra a Venezuela». Lance!. Consultado em 11 de dezembro de 2020 
  38. «Tite confirma 4 mudanças na seleção e elogia Ederson, novo goleiro titular: 'Grande momento técnico e físico'». ESPN.com. 12 de novembro de 2020. Consultado em 11 de dezembro de 2020 
  39. «Os convocados da seleção para a Copa América 2021 no Brasil | Goal.com». www.goal.com. Consultado em 6 de julho de 2021 
  40. «Brasil 4 x 0 Peru - Copa América rodada 2 - Tempo Real - Globo Esporte». ge.globo. Consultado em 6 de julho de 2021 
  41. «Titular contra o Chile, Ederson explica como desbancou "reinado" de Alisson». www.uol.com.br. Consultado em 6 de julho de 2021 
  42. «Brasil 1 x 0 Chile - Copa América Quartas de final - Tempo Real - Globo Esporte». ge.globo. Consultado em 8 de julho de 2021 
  43. «Brasil sobra no primeiro tempo, elimina Peru e vai à final da Copa América». www.uol.com.br. Consultado em 8 de julho de 2021 
  44. «Ederson e Martínez assumem protagonismo de Brasil e Argentina na Copa América». Folha de S.Paulo. 7 de julho de 2021. Consultado em 8 de julho de 2021 
  45. «Weverton entra para história ao ser o primeiro acreano convocado para uma Copa do Mundo». ac24horas. Consultado em 7 de novembro de 2022 
  46. «Brasil busca 100% na fase de grupos da Copa contra Camarões; ouça ao vivo». Band. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  47. «City vence Inter de Milão e é campeão da Champions League pela 1ª vez». www.gazetaesportiva.com. Consultado em 10 de junho de 2023 
  48. «Manchester City vence o Fluminense e é campeão do Mundial de Clubes». TNT Sports. 22 de dezembro de 2023. Consultado em 1 de janeiro de 2024 
  49. «Iniciativa O JOGO: eis o melhor onze de 2016 - O Jogo» 
  50. «Champions League breakthrough team of 2017» (em inglês). FIFA. Consultado em 5 de março de 2023 
  51. «Ederson aponta favorito ao prêmio da Fifa de melhor goleiro do mundo». 4 de setembro de 2019 
  52. «Ederson among elite trio as he retains Golden Glove». www.premierleague.com (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2023 
  53. «Ederson and Alisson share 2021/22 Golden Glove award». www.premierleague.com (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2023 
  54. UEFA Champions League Squad of the Season

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Ederson Santana de Moraes