Saltar para o conteúdo

Edson Pereira (carnavalesco)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Edson Pereira
Nascimento 14 de outubro de 1977 (46 anos)
Rio de Janeiro (RJ)
Nacionalidade brasileiro
Ocupação carnavalesco

Edson Pereira (Rio de Janeiro, 14 de outubro de 1977) é um carnavalesco brasileiro.

Filho de uma família pobre, Edson Pereira chegou a morar nas areias da Praia de Copacabana, aonde chegou a exibir sua arte. No início da década de 1990, sua vida mudou com a oportunidade de conhecimento artístico, onde aprendeu com um um cenógrafo da TV Globo, com quem em pouco tempo exerceu a função de assistente na emissora e a conviver com Chico Spinoza, com quem iniciou os seus primeiros passos no mundo do carnaval, ao trabalhar como assistente na União da Ilha[1][2].

Depois formou-se em Belas Artes e em pouco tempo começou a trabalhar como desenhista e pintor de arte nas escolas de samba. Em 2005, surgiu a primeira oportunidade como carnavalesco na Unidos de Padre Miguel, escola na qual ficou de 2006 a 2008. mantendo a escola na Sapucaí, com carnavais de ponta. No ano de 2009, em parceria com Severo Luzardo, desenvolveu o carnavais do Arranco e Unidos de Aquarius. Para o carnaval de 2010, surgiu a primeira oportunidade de assumir uma escola de samba do Grupo Especial: a Unidos do Viradouro, dividindo dessa vez a função com Júnior Schall. Ainda com Schall e com Alexandre Louzada, desenvolveu o carnaval da União de Jacarepaguá[3].

No carnaval de 2011, Edson Pereira permaneceu na agremiação, novamente com Alexandre Louzada[4] e no ano seguinte, após o indicação de Paulo Barros, acertou com a Renascer de Jacarepaguá[5] onde novamente ascendeu ao Grupo Especial, ao conquistar o campeonato de 2012 do Grupo de acesso. Mais amadurecido, retornou a Unidos de Padre Miguel, ganhando o reconhecimento do público e da crítica de forma definitiva. Assim, a Mocidade contrata o carnavalesco para novamente dividir com Alexandre Louzada, o comando do carnaval da estrela-guia[6]. Ainda que de volta ao Grupo Especial, Edson permaneceu desenvolvendo o carnaval da Unidos de Padre Miguel[7][8], garantindo o 4º lugar da Série A do Carnaval do Rio de Janeiro, após um incidente com a 1ª porta-bandeira da escola de Padre Miguel e campeão com a Mocidade no Grupo Especial, mesmo saindo da escola antes mesmo do desfile da agremiação. No Carnaval de 2018, Edson Pereira assinou o desfile da Unidos do Viradouro, sagrando-se campeão da Série A[9] e levando a escola de Niterói novamente para o Grupo Especial.

Em 2019 foi carnavalesco da Unidos de Vila Isabel[10], em que fez uma bela homenagem a cidade de Petrópolis, renovando com a escola de Noel no ano seguinte, sendo que esse ano estreia no Carnaval paulistano, pela Mocidade Alegre[11]. Seguiu na Vila Isabel em 2020 e fez um belíssimo trabalho na Mocidade Alegre, em São Paulo. Com um enredo contando a história das Yabás, apresentou uma estética fantástica, mas na apuração perdeu décimos em dois dos seus quesitos criativos (Fantasias e Alegorias), e a morada do samba terminou em 3º lugar.

Em 2022, desenvolveu na Unidos de Vila Isabel o enredo "Canta, canta, minha gente! A Vila é de Martinho", homenageando o maior nome da escola [12]. Já na Mocidade Alegre, contou a história de Clementina de Jesus. Em ambas as escolas, novamente teve sua criação bem avaliada por público e crítica, colocando as duas agremiações como favoritas ao título. No Rio de Janeiro, a Vila perdeu décimos nos quesitos tidos como do carnavalesco (Enredo, Fantasias e Alegorias), e terminou em 4º lugar. Em São Paulo, a Mocidade Alegre perdeu apenas um décimo e terminou empatada com a campeã Mancha Verde, mas acabou com o vice-campeonato no quesito desempate. Alguns dias depois do Carnaval, a Unidos de Vila Isabel anunciou a saída do carnavalesco, trazendo para desenvolver o Carnaval de 2023 o consagrado e multicampeão Paulo Barros [13].

Edson Pereira assinou com o Salgueiro para 2023 [14] e se desligou da Mocidade Alegre poucos dias depois.[15] Além da Salgueiro, o carnavalesco acertou sua permanência na também carioca Unidos de Padre Miguel, após os desfiles de 2022. É a primeira vez em três anos que Edson assina somente para o carnaval do Rio de Janeiro. Na agremiação salgueirense, Edson desenvolveu o enredo "Delírios de Um Paraíso Vermelho", já na escola de Padre Miguel trabalho com o tema "Baião de Mouros". Na Série Ouro, obteve o segundo lugar, mesmo com especialistas citando a apresentação como a melhor do grupo de acesso e digna de uma passagem ao tão desejado Especial. No Salgueiro, apesar da plástica impecável, com carros gigantescos e bem-acabados[16], ficou num indesejável 7º lugar, sendo este o pior resultado da agremiação desde 2007. Pela primeira vez em 14 anos a escola ficaria de fora do Desfile das Campeãs.

Para 2024, renovou com o Salgueiro e vai desenvolver o enredo Hutukara, sobre os povos originários por meio da mitologia Yanomami.

Abaixo, a lista de desfiles assinados por Edson Pereira.

Ano Escola Colocação Divisão Enredo Ref.
2006 Unidos de Padre Miguel Campeã Grupo C Da lágrimas do tupã, nasce o fruto divino: o guaraná [17]
2007 Unidos de Padre Miguel 6.º lugar Grupo B Unidos pelos caminhos da fé, desbravando os carnavais [18]
2008 Unidos de Padre Miguel 3.º lugar Grupo B No Reino das Águas de Olokun [19]
2009 Unidos de Aquarius 4.º lugar Grupo A Dançando Folias
Arranco 4.º lugar RJ-1 O Arranco é todo amor... [20]
2010 Viradouro 12.º lugar
(Rebaixada)
Especial México, o Paraíso das Cores, Sob o Signo do Sol [21]
União de Jacarepaguá 5.º lugar RJ-1 Da Morada da Esperança ao Grande Palco do Sambista, Somos Todos Iguais Nesta Noite, Somos Todos Artistas [22]
2011 Renascer Campeã Grupo A Águas de Março [23]
União de Jacarepaguá 6.º lugar Grupo B Feijoada – mistura e tempero, da cor do samba, sabor brasileiro [24]
2012 Renascer 13.º lugar
(Rebaixada)
Especial RJ Romero Britto: O Artista da Alegria, Dá o Tom na Folia [23]
2013 Unidos de Padre Miguel 7.º lugar Série A O Reencontro entre o céu e a terra no Reino de Alá Àfin Oyó [25]
2014 Unidos de Padre Miguel 3.º lugar Série A Decifra-me ou te devoro: Enigmas - chaves da vida [26]
2015 Unidos de Padre Miguel Vice-campeã Série A O Cavaleiro Armorial Mandacariza o Carnaval [27]
2016 Mocidade Independente 10.º lugar Especial RJ O Brasil de La Mancha - Sou Miguel, Padre Miguel. Sou Cervantes, Sou Quixote Cavaleiro, Pixote Brasileiro. [28]
Unidos de Padre Miguel Vice-campeã Série A O quinto dos infernos [29]
2017 Unidos de Padre Miguel 4.º lugar Série A Ossaim - O Poder da Cura [30]
2018 Viradouro Campeã Série A Vira a Cabeça Pira o Coração - Loucos Gênios da Criação
2019 Vila Isabel 3.º lugar Especial RJ Em nome do pai, do filho e dos santos, a Vila canta a cidade de Pedro
2020 Vila Isabel 8.º lugar Especial RJ Gigante Pela Própria Natureza - Jaçanã e um Índio Chamado Brasil
Mocidade Alegre 3.º lugar Especial SP Do canto das Yabás renasce uma nova Morada
2022 Vila Isabel 4.º lugar Especial RJ Canta, Canta, minha gente! A Vila é de Martinho!
Mocidade Alegre Vice-campeã Especial SP Clementina, cadê você?
Unidos de Padre Miguel 5.º lugar Série Ouro Iroko - É tempo de Xirê
2023 Salgueiro 7.º lugar Especial RJ Delírios de Um Paraíso Vermelho
Unidos de Padre Miguel Vice-campeã Série Ouro Baião de Mouros
2024 Salgueiro 4.º lugar Especial RJ Hutukara
Unidos de Padre Miguel Campeã Série Ouro O Redentor do Sertão [nota 1]
2025 Unidos da Tijuca Especial RJ Logun-Edé - Santo menino que velho respeita [31]

Títulos e estatísticas

[editar | editar código-fonte]
Grupo
Campeonato
Ano
Vice
Ano
Terceiro lugar
Ano

Especial
RJ 0 - 0 - 1 2019 (Vila Isabel)
SP 0 - 1 2022 (Mocidade) 1 2020 (Mocidade)

Segunda divisão
3 2011 (Renascer), 2018 (Viradouro), 2024 (UPM) 3 2015 (UPM), 2016 (UPM), 2023 (UPM) 1 2014 (UPM)

Quarta divisão
1 2006 (UPM) 0 - 0 -
  • Estrela do Carnaval
  1. 2014 - Melhor conjunto de fantasias e alegorias (Unidos de Padre Miguel) [32]
  2. 2016 - Melhor conjunto de fantasias e alegorias (Unidos de Padre Miguel) [33]
  3. 2017 - Melhor conjunto de fantasias e alegorias (Unidos de Padre Miguel) [34]
  4. 2019 - Melhor conjunto de fantasias (Vila Isabel) [35]
  5. 2022 - Melhor conjunto de alegorias (Unidos de Padre Miguel) [36]
  6. 2022 - Melhor conjunto de fantasias (Unidos de Padre Miguel) [36]
  7. 2024 - Melhor conjunto de alegorias (Unidos de Padre Miguel) [37]
  8. 2024 - Melhor conjunto de fantasias (Unidos de Padre Miguel) [37]
  • Gato de Prata
  1. 2019 - Melhor carnavalesco (Vila Isabel) [38]
  2. 2019 - Melhor conjunto de alegorias (Vila Isabel) [38]
  • Melhores do Carnaval
  1. 2019 - Melhor conjunto de alegorias (Vila Isabel) [39]
  2. 2019 - Melhor conjunto de fantasias (Vila Isabel) [39]
  • OSK do Samba
  1. 2016 - Melhor enredo (UPM - "O Quinto dos Infernos") [40]
  • Plumas & Paetês Cultural
  1. 2008 - Melhor carnavalesco (Unidos de Padre Miguel) [41]
  2. 2014 - Melhor desenhista (Unidos de Padre Miguel) [42]
  3. 2015 - Melhor carnavalesco (Unidos de Padre Miguel) [43]
  4. 2017 - Melhor carnavalesco (Unidos de Padre Miguel) [44]
  5. 2018 - Melhor carnavalesco (Viradouro) [45]
  6. 2019 - Melhor carnavalesco (Vila Isabel) [46]
  7. 2023 - Melhor carnavalesco (Unidos de Padre Miguel) [47]
  8. 2024 - Melhor carnavalesco (Unidos de Padre Miguel) [48]
  • Prêmio 100% Carnaval
  1. 2019 - Melhor conjunto de alegorias (Vila Isabel) [49]
  2. 2024 - Melhor carnavalesco (Unidos de Padre Miguel) [50]
  3. 2024 - Melhor conjunto de fantasias (Unidos de Padre Miguel) [50]
  • Prêmio SRzd
  1. 2015 - Melhor carnavalesco (Unidos de Padre Miguel) [51]
  2. 2018 - Melhor carnavalesco (Viradouro) [52]
  3. 2019 - Melhor carnavalesco (Vila Isabel) [53]
  4. 2020 - Melhor enredo (Mocidade Alegre - "Do Canto das Yabás Renasce Uma Nova Morada")[54]
  • Prêmio Ziriguidum
  1. 2014 - Melhor conjunto de alegorias (Unidos de Padre Miguel) [55]
  2. 2014 - Melhor conjunto de fantasias (Unidos de Padre Miguel) [56]
  1. 2008 - Melhor alegoria (UPM - "Reino de Ifé") [57]
  2. 2008 - Melhor conjunto de alegorias (Unidos de Padre Miguel) [58]
  3. 2008 - Melhor conjunto de fantasias (Unidos de Padre Miguel) [57]
  4. 2013 - Melhor conjunto de alegorias (Unidos de Padre Miguel) [59]
  5. 2014 - Melhor conjunto de alegorias (Unidos de Padre Miguel) [60]
  6. 2015 - Melhor conjunto de alegorias (Unidos de Padre Miguel) [61]
  7. 2017 - Melhor conjunto de alegorias (Unidos de Padre Miguel) [62]
  8. 2018 - Melhor conjunto de fantasias (Viradouro) [63]
  9. 2022 - Melhor conjunto de fantasias (Unidos de Padre Miguel) [64]
  10. 2023 - Melhor enredo (UPM - "Baião de Mouros") [65]
  • Troféu Andarilho do Samba
  1. 2008 - Melhor enredo (UPM - "No Reino das Águas de Olokun") [66]
  • Troféu Apoteose
  1. 2014 - Melhor conjunto plástico (Unidos de Padre Miguel) [67]
  • Troféu Explosão in Samba
  1. 2022 - Melhor conjunto de alegorias (Unidos de Padre Miguel) [68]
  2. 2024 - Melhor conjunto de alegorias (Unidos de Padre Miguel) [69]
  • Troféu Jorge Lafond
  1. 2014 - Melhor carnavalesco (Unidos de Padre Miguel) [70]
  2. 2014 - Melhor enredo (UPM - "Decifra-me ou Te Devoro: Enigmas - Chaves da Vida") [71]
  3. 2015 - Melhor carnavalesco (Unidos de Padre Miguel) [72][73]
  4. 2016 - Melhor carnavalesco (Unidos de Padre Miguel) [74][75]
  • Troféu Sambario
  1. 2019 - Melhor carnavalesco (Vila Isabel) [76]
  2. 2019 - Melhor conjunto de alegorias (Vila Isabel) [76]
  • Troféu Tupi Carnaval Total
  1. 2022 - Melhor conjunto de fantasias (Unidos de Padre Miguel) [77]
  • Troféu Vai Dar Samba
  1. 2018 - Revelação (como carnavalesco da Viradouro) [78]

Notas e referências

Notas

  1. Junto com Lucas Milato

Referências

  1. Sambarazzo (29 de setembro de 2015). «Carnavalesco da Mocidade foi menino de rua». Consultado em 5 de outubro de 2015 
  2. Alice Fernandes, para O Globo (1 de novembro de 2011). «Carnavalesco da Viradouro foi menino de rua». 23:44. Consultado em 5 de outubro de 2015 
  3. Academia do Samba. «União de Jacarepaguá 2010». Consultado em 5 de outubro de 2015 
  4. Academia do Samba. «União de Jacarepaguá 2011». Consultado em 5 de outubro de 2015 
  5. SRZD-Carnaval (23 de março de 2010). «Édson Pereira é o novo carnavalesco da Renascer». Consultado em 5 de outubro de 2015 
  6. Luana Freitas, para o SRZD (26 de fevereiro de 2015). «Alexandre Louzada e Edson Pereira juntos na Mocidade». 8:48. Consultado em 5 de outubro de 2015 
  7. Rafael Arantes e João Saconi, para o Carnavalesco (26 de fevereiro de 2015). «Edson Pereira confirma parceria com Louzada na Mocidade e pode seguir na Unidos de Padre Miguel». 12:58. Consultado em 5 de outubro de 2015 
  8. SRZD (28 de fevereiro de 2015). «Jornada dupla: Edson Pereira segue como carnavalesco da Unidos de Padre Miguel». 14:51. Consultado em 5 de outubro de 2015 
  9. «Viradouro é campeã da Série A do carnaval do RJ e volta ao Grupo Especial após 3 anos». G1 
  10. admin. «É da Vila! Carnavalesco Edson Pereira assina com a Vila Isabel | Sambarazzo». sambarazzo.com.br. Consultado em 2 de maio de 2018 
  11. SASP. «Mocidade Alegre anuncia elenco para 2020». Consultado em 1 de maio de 2019 
  12. «Enredo e Samba: Vila Isabel fará grande homenagem a Martinho da Vila». G1. Consultado em 29 de abril de 2022 
  13. «'Feliz por estar de volta', diz Paulo Barros confirmado na Vila Isabel no Carnaval 2023». G1. Consultado em 29 de abril de 2022 
  14. «twitter.com/salgueiroficial/status/1520183025476251649». Twitter. Consultado em 29 de abril de 2022 
  15. «Novo carnavalesco do Salgueiro, Edson Pereira deixa a Mocidade Alegre». SRzd. 11 de maio de 2022. Consultado em 12 de maio de 2022 
  16. Santos, Lucas (20 de fevereiro de 2023). «Plástica do Salgueiro se destaca por beleza, mas gigantismo das alegorias gera problemas de evolução». Carnavalesco. Consultado em 27 de fevereiro de 2023 
  17. Acadêmia do Samba. «Unidos de Padre Miguel 2006». Consultado em 5 de outubro de 2015 
  18. Acadêmia do Samba. «Unidos de Padre Miguel 2007». Consultado em 5 de outubro de 2015 
  19. Acadêmia do Samba. «Unidos de Padre Miguel 2008». Consultado em 5 de outubro de 2015 
  20. Acadêmia do Samba. «Arranco 2009». Consultado em 5 de outubro de 2015 
  21. Acadêmia do Samba. «Viradouro 2010». Consultado em 5 de outubro de 2015 
  22. Acadêmia do Samba. «União de Jacarepaguá 2010». Consultado em 5 de outubro de 2015 
  23. a b Acadêmia do Samba. «Renascer de Jacarepaguá 2011». Consultado em 5 de outubro de 2015 
  24. Acadêmia do Samba. «União de Jacarepaguá 2011». Consultado em 26 de setembro de 2015 
  25. Acadêmia do Samba. «Unidos de Padre Miguel 2013». Consultado em 5 de outubro de 2015 
  26. Galeria do Samba. «Unidos de Padre Miguel 2014». Consultado em 5 de outubro de 2015 
  27. Galeria do Samba. «Unidos de Padre Miguel 2015». Consultado em 26 de setembro de 2015 
  28. Acadêmia do Samba. «Mocidade 2016». Consultado em 26 de setembro de 2015 
  29. Galeria do Samba. «Unidos de Padre Miguel 2015». Consultado em 26 de setembro de 2015 
  30. «Unidos de Padre Miguel: Edson Pereira deixa agremiação - Carnavalesco». Carnavalesco. 3 de março de 2017 
  31. Carnavalesco, Redação (20 de fevereiro de 2024). «Edson Pereira é o novo carnavalesco da Unidos da Tijuca». Carnavalesco. Consultado em 20 de fevereiro de 2024 
  32. «Estrela do Carnaval 2014: Viradouro fatura o melhor desfile do ano na Série A». Site Carnavalesco. 4 de março de 2014. Consultado em 11 de setembro de 2017. Arquivado do original em 16 de março de 2016 
  33. «Estrela do Carnaval 2016: Desfile do Ano da Série A é do Paraíso do Tuiuti». Site Carnavalesco. 9 de fevereiro de 2016. Consultado em 11 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 7 de agosto de 2016 
  34. «Prêmio Plumas e Paetês 2017». Site Papo de Samba. Consultado em 21 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 21 de setembro de 2017 
  35. «Viradouro ganha o Estrela do Carnaval de Desfile do Ano do Grupo Especial de 2019». Site Carnavalesco. 5 de março de 2019. Consultado em 27 de junho de 2021. Cópia arquivada em 27 de junho de 2021 
  36. a b «Império Serrano conquisto o Estrela do Carnaval como Desfile do Ano da Série Ouro». Site Carnavalesco. 26 de abril de 2022. Consultado em 27 de abril de 2022. Cópia arquivada em 28 de abril de 2022 
  37. a b «Unidos de Padre Miguel ganha o Estrela do Carnaval de desfile do ano de 2024». Site Carnavalesco. 14 de fevereiro de 2024. Cópia arquivada em 8 de março de 2024 
  38. a b «Troféu Gato de Prata 2019». Site Carnaval Carioca. Consultado em 9 de junho de 2019. Cópia arquivada em 9 de junho de 2019 
  39. a b «Prêmio Melhores do Carnaval 2019». Carnaval Interativo. 19 de março de 2019. Consultado em 5 de junho de 2023. Cópia arquivada em 5 de junho de 2023 
  40. «OSK do Samba 2016 – Série A». Site OSK do Samba. Consultado em 23 de maio de 2023. Arquivado do original em 23 de maio de 2023 
  41. «Prêmio Plumas e Paetês 2008». Academia do Samba. Consultado em 21 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 8 de março de 2016 
  42. «Conheça os premiados do Prêmio Plumas & Paetês Cultural de 2014». SRzd. 10 de março de 2014. Consultado em 21 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 3 de março de 2016 
  43. «Prêmio Plumas e Paetês 2015». Site Carnavalesco. Consultado em 21 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 1 de abril de 2016 
  44. «Prêmio Plumas e Paetês 2017». Site Papo de Samba. Consultado em 21 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 21 de setembro de 2017 
  45. «Prêmio Plumas e Paetês 2018». Carnavalizados. Consultado em 1 de setembro de 2021. Cópia arquivada em 1 de setembro de 2021 
  46. «15º Prêmio Plumas & Paetês presta homenagem a Aluísio Machado». Carnaval Carioca. Consultado em 5 de outubro de 2021. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2021 
  47. «Prêmio Plumas & Paetês 2023». Tribuna da Imprensa. 22 de fevereiro de 2023. Consultado em 7 de abril de 2023. Arquivado do original em 7 de abril de 2023 
  48. «Prêmio Plumas & Paetês 2024». Mundo do Carnaval. 7 de março de 2024. Cópia arquivada em 9 de março de 2024 
  49. «Prêmio 100% Carnaval 2019». 100% Carnaval. Consultado em 25 de abril de 2023. Arquivado do original em 25 de abril de 2023 
  50. a b «Prêmio 100% Carnaval 2024 – Série Ouro». 100% Carnaval. Consultado em 10 de março de 2024. Arquivado do original em 10 de março de 2024 
  51. «Prêmio SRzd 2015: São Clemente vence como melhor escola». site SRzd. 17 de fevereiro de 2015. Consultado em 15 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 17 de abril de 2015 
  52. «Prêmio SRzd Carnaval 2018: Conheça os vencedores da Série A!». SRZD. Consultado em 1 de setembro de 2021. Cópia arquivada em 1 de setembro de 2021 
  53. «Prêmio SRzd Carnaval 2019: veja os vencedores do Grupo Especial». SRZD. Consultado em 5 de outubro de 2021. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2021 
  54. «Prêmio SRzd Carnaval SP 2020: conheça os vencedores da nona edição». SRzd. 8 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 24 de outubro de 2021 
  55. Figueiredo, Rodney (11 de março de 2014). «Confira a relação dos vencedores do Prêmio Ziriguidum 2014». Site Carnaval Carioca. Consultado em 27 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 27 de setembro de 2017 
  56. «Prêmio Ziriguidum 2014». Site Ziriguidum. Consultado em 27 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 6 de março de 2016 
  57. a b «Prêmio S@mba-Net 2008». Site Sambanet. Consultado em 21 de setembro de 2017. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  58. «Prêmio S@mba-Net 2008». Site Academia do Samba. Consultado em 21 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 3 de março de 2016 
  59. «Prêmio S@mba-Net 2013». Site Sambanet. Consultado em 21 de setembro de 2017. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  60. «Prêmio S@mba-Net 2014». Site Sambanet. Consultado em 21 de setembro de 2017. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  61. «Prêmio S@mba-Net 2015». Site Sambanet. Consultado em 21 de setembro de 2017. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  62. «Prêmio S@mba-Net 2017». Site Sambanet. Consultado em 21 de setembro de 2017. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  63. «Prêmio S@mba-Net 2018». Rádio Arquibancada. Consultado em 1 de setembro de 2021. Cópia arquivada em 1 de setembro de 2021 
  64. «Vencedores S@mba-Net  2022». sambanet.com. Consultado em 28 de abril de 2022. Cópia arquivada em 28 de abril de 2022 
  65. «Vencedores S@mba-Net  2023». sambanet.com. Consultado em 7 de abril de 2023. Cópia arquivada em 7 de abril de 2023 
  66. Silva, Fábio (6 de junho de 2008). «Radialista Arnaldo Lyrio entrega hoje o Troféu "Andarilho do Samba", aos melhores do Carnaval 2008». Galeria do Samba. Consultado em 15 de junho de 2023. Cópia arquivada em 15 de junho de 2023 
  67. «Troféu Apoteose 2014». Site Carnavalesco. Consultado em 27 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 17 de novembro de 2015 
  68. «Troféu Explosão in Samba 2022 – Série Ouro». Revista Explosão in Samba. Consultado em 8 de abril de 2023. Arquivado do original em 8 de abril de 2023 
  69. «Troféu Explosão in Samba 2024». Revista Explosão in Samba. Consultado em 10 de março de 2024. Arquivado do original em 10 de março de 2024 
  70. «Cubango anunciará enredo na festa do Troféu Jorge Lafond». Site Rádio Arquibancada. 22 de maio de 2014. Consultado em 21 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 21 de setembro de 2017 
  71. «Troféu Jorge Lafond será entregue sábado (24/5) na quadra da Cubango». O Globo. 22 de maio de 2014. Consultado em 21 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 21 de setembro de 2017 
  72. «Troféu Jorge Lafond 2015». Site Carnavalesco. Consultado em 21 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 5 de agosto de 2016 
  73. «Troféu Jorge Lafond 2015». Site Carnavalesco. Consultado em 21 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 5 de agosto de 2016 
  74. «Troféu Jorge Lafond 2016». Site Carnaval Carioca. Consultado em 22 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 4 de agosto de 2016 
  75. «Troféu Jorge Lafond 2016». Site Apoteose. Consultado em 22 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 6 de agosto de 2016 
  76. a b «Troféu Sambario 2019». Sambario. Consultado em 8 de setembro de 2021. Cópia arquivada em 8 de setembro de 2021 
  77. «Troféu Tupi Carnaval Total 2022 – Série Ouro». Super Rádio Tupi. Consultado em 6 de maio de 2022. Arquivado do original em 6 de maio de 2022 
  78. «Troféu Vai Dar Samba realiza sua primeira edição dia 31 de julho». Carnavalizados. 11 de julho de 2018. Cópia arquivada em 29 de agosto de 2023