Eduardo Antunes Coimbra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Edu
Edu Coimbra.JPG
Informações pessoais
Nome completo Eduardo Antunes Coimbra
Data de nasc. 5 de fevereiro de 1947 (70 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro, RJ,  Brasil
Informações profissionais
Posição Ponta de Lança
Clubes de juventude
1960-1966 Brasil America
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1966–1974
1975
1975
1975–1976
1976–1977
1978
1979
1980–1981
Brasil America
Brasil Vasco da Gama
Brasil Bahia
Brasil Flamengo
Brasil Colorado
Brasil Joinville
Brasil Brasília
Brasil Campo Grande
402 (212)
21 (4)
26 (11)
24 (6)
Seleção nacional
1967–1974 Brasil Brasil 3 (0)
Times/Equipas que treinou
1982
19831984
19841985
1986
1987
1987
1988
1989
1990
1991
1992
1992
1993
1994
1995
2002–2006
2006–2008
2008–2009
2009
2009–2010
2011
Brasil America
Brasil Brasil
Brasil Vasco da Gama
Flag of Iraq.svg Iraque
Brasil Joinville
Brasil Criciúma
Equador Barcelona de Guayaquil
Brasil Coritiba
Brasil Botafogo
México Veracruz
Peru Sport Boys
Brasil Remo
Brasil Fluminense
Brasil Campo Grande
Japão Kashima Antlers
Flag of Japan.svg Japão (Assistente)
Turquia Fenerbahçe (Assistente)
Uzbequistão Bunyodkor (Assistente)
Rússia CSKA (Assistente)
Grécia Olympiakos (Assistente)
Flag of Iraq.svg Iraque (Assistente)

Eduardo Antunes Coimbra, conhecido como Edu, (Rio de Janeiro, 5 de fevereiro de 1947) é um ex-futebolista brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Edu é um dos maiores ídolos da história do America Football Club, sendo o segundo maior artilheiro da história deste clube carioca com 212 gols marcados entre 1966 e 1974 e sempre lembrado pelo futebol refinado, de dribles curtos, passes e lançamentos precisos, sempre voltados para o ataque.[1]

Pelo America, Edu foi artilheiro do Torneio Roberto Gomes Pedrosa de 1969 e campeão da Taça Guanabara de 1974, e sempre declarou publicamente seu amor por este clube. Seus irmãos mais velhos, Antunes e Nando também jogaram pelo America.

Pela Seleção Brasileira, Edu jogou três partidas, tendo conquistado a Copa Rio Branco em 1967. Não teve maior destaque na Seleção, provavelmente, pois disputava posição com ninguém menos que o Rei Pelé, entre outros camisas 10, como Roberto Rivellino, Paulo César Lima, Ademir da Guia, Dirceu Lopes, numa época de ouro para o futebol brasileiro, dada a qualidade de seus jogadores.

Edu, que é irmão de Zico, foi ainda ídolo das torcidas do Vasco (1975), do Bahia (campeão baiano em 1975), do Flamengo (1976), do Colorado (um dos clubes que vieram originar o atual Paraná Clube em 1976, 1977 e 1978, tendo sido artilheiro dos campeonatos paranaenses de 1976 e 1978), do Joinville (1978), do Brasília (1979) e do Campo Grande em 1980 e 1981, onde encerrou a carreira marcada pela qualidade de seu jogo e por sua lealdade no confronto com seus companheiros de profissão.[2]

Após encerrar sua carreira como jogador, Edu tornou-se treinador de futebol no Brasil e Portugal. O ponto alto de sua carreira foi o vice-campeonato brasileiro de 1984 pelo Vasco da Gama e no mesmo ano foi técnico da Seleção Brasileira, por apenas três partidas amistosas.

Jogos da Seleção Brasileira principal sob sua direção[editar | editar código-fonte]

Data Competição Local Placar
1 10 de junho de 1984 Amistoso Rio de Janeiro (BRA) Brasil Brasil 0-2 Flag of England.svg Inglaterra
2 17 de junho de 1984 Amistoso São Paulo (BRA) Brasil Brasil 0-0 Flag of Argentina.svg Argentina
3 21 de junho de 1984 Amistoso Curitiba (BRA) Brasil Brasil 1-0 Flag of Uruguay.svg Uruguai

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

America-RJ
Bahia
Flamengo
Joinville-SC
Seleção Brasileira
  • Copa Rio Branco 1967

Como teinador[editar | editar código-fonte]

America-RJ
Vasco da Gama
Joinville-SC
Coritiba
Botafogo-RJ

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre futebol brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.