Eduardo Pereira Rodrigues

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Dudu
Dudu
Dudu jogando pelo Palmeiras em 2022
Informações pessoais
Nome completo Eduardo Pereira Rodrigues
Data de nascimento 7 de janeiro de 1992 (32 anos)
Local de nascimento Goiânia, Goiás, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,66 m
ambidestro
Apelido Dudu
Baixola[1]
Calcanharzinho[2]
Guerreiro[3]
Informações profissionais
Clube atual Palmeiras
Número 7
Posição ponta ou meio-campista
Clubes de juventude
2001–2004
2005–2010
Atlético Goianiense
Cruzeiro
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2009–2011
2010
2011–2014
2014
2015–
2020–2021
Cruzeiro
Coritiba (emp.)
Dínamo de Kiev
Grêmio (emp.)
Palmeiras
Al-Duhail (emp.)
0025 00000(2)
0021 00000(0)
0032 00000(4)
0053 00000(8)
0443 0000(88)
0032 0000(15)
Seleção nacional3
2009
2011
2011–2017
Brasil Sub-17
Brasil Sub-20
Brasil
0008 0000(0)
0007 0000(3)
0003 0000(1)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 9 de abril de 2023.
3 Partidas e gols pela seleção nacional estão atualizadas
até 25 de janeiro de 2017.

Eduardo Pereira Rodrigues, mais conhecido como Dudu (Goiânia, 7 de janeiro de 1992), é um futebolista brasileiro que atua como ponta ou meio-campista. Atualmente joga no Palmeiras. [4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Nascido em Goiânia, Goiás, Dudu, iniciou sua carreira em 2001 nas categorias de base do Atlético Goianiense, onde venceu tudo que disputou pelo clube, saindo em 2005 para uma breve temporada no clube amador Ovel, ficando um curto período e já indo para o Cruzeiro fazer teste na categoria de base, onde foi aprovado e já contratado pelo clube mineiro.

Cruzeiro[editar | editar código-fonte]

No clube mineiro permaneceu cinco anos nas divisões de base, de 2005 a 2010.[5] No dia 14 de junho de 2009, estreou profissionalmente, curiosamente, contra o Palmeiras.[6]

No início de 2010, disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior, sendo a grande referência e o 10 da equipe cruzeirense.

Empréstimo ao Coritiba[editar | editar código-fonte]

Após bela Copinha, em 27 de abril de 2010, foi emprestado ao Coritiba para a disputa da Série B.[7] Pelo Coxa disputou 21 partidas. Ao fim do ano, retornou ao Cruzeiro com o título da Série B.[8]

Retorno ao Cruzeiro[editar | editar código-fonte]

No começo de 2011, retornou ao Cruzeiro com mais experiência, após empréstimo ao Coritiba. E, com mais chances, marcou seu primeiro gol como profissional na partida contra a Caldense pelo Mineiro, na vitória por 3–0 no dia 30 de janeiro.[9] No dia 25 de junho na partida contra o Coritiba, Dudu, jogando como substituto, surpreendeu o técnico Joel Santana, que disse: "Dudu entrou muito bem na partida. Ele é um garoto tão ousado, inteligente, que não esquece as instruções. Ele é audacioso, mesmo sendo um garotinho. Prova que a altura não é realmente importante para o futebol. Qualidade, habilidade e competência são. Ele mostrou que é um jogador tão competente, apesar de jovem."[10]

Dínamo de Kiev[editar | editar código-fonte]

Após conquistar o título da Copa do Mundo FIFA Sub-20 de 2011, no dia 27 de agosto Dudu foi vendido ao Dínamo de Kiev, da Ucrânia, por 5 milhões de euros.[11] Marcou seu primeiro gol com a camisa do Dínamo em sua terceira partida, o quinto gol na vitória por 6 a 1 diante do Zorya.[12] Dudu chegou a atuar com o centroavante Andriy Shevchenko, ídolo do Dínamo e considerado o maior futebolista ucraniano da história.[13]

Empréstimo ao Grêmio[editar | editar código-fonte]

Dudu atuando pelo Grêmio em 2014.

Em 11 de fevereiro de 2014 foi contratado por empréstimo pelo Grêmio, assinando até o final do ano.[14] Ao longo da temporada, Dudu obteve grande destaque atuando pelo clube gaúcho, atuando em 53 partidas e marcando oito gols, sendo esse até então o seu melhor ano. Ao término da temporada, devido ao alto preço, o Grêmio não renovou com o atacante.[15]

Palmeiras[editar | editar código-fonte]

Após intensa disputa pela contratação do atleta entre Corinthians e São Paulo, onde parte da mídia já considerava o jogador até mesmo contratado pelo Alvinegro[16], o Palmeiras apareceu de surpresa e o contratou em 12 de janeiro de 2015 por quatro temporadas[17], comprando 50% dos direitos federativos do jogador e aplicando o que a mídia chamou de "chapéu" nos rivais.[18]

Dudu em aquecimento antes de partida do Palmeiras contra o Santos em 2015.

Dudu estreou pelo Alviverde em 26 de janeiro, em um amistoso contra o Red Bull Brasil, dando uma assistência para Jonatan Cristaldo na vitória por 3–2, no Allianz Parque.[19] Seu primeiro gol saiu semanas depois, ao fazer o gol da vitória do Palmeiras sobre o São Bento, pelo Campeonato Paulista.[20] Foi fundamental na campanha que culminou na conquista da Copa do Brasil, na qual o Palmeiras sagrou-se tricampeão. Na finalíssima diante do Santos, marcou dois gols, em que o jogo terminou em 2–1 para o Palmeiras, levando a final para os pênaltis.[21] Terminou a temporada como o artilheiro da equipe, com 16 gols em 56 partidas, e também o vice-líder de assistências, com 12.[22]

Em abril de 2016, Dudu foi responsável pelo gol da vitória por 1–0 sobre o arquirrival Corinthians no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista. O resultado significou a quebra de um tabu de 21 anos sem o time palestrino vencer o alvinegro no estádio.[23] Com a chegada do técnico Cuca, Dudu foi nomeado o capitão da equipe.[24] No dia 28 de setembro, em jogo válido pela Copa do Brasil, Dudu completou 100 jogos com a camisa do Palmeiras, contra o Grêmio, onde o Verdão perdeu por 1–2, jogando na Arena do Grêmio.[25] Em novembro sagrou-se campeão do Campeonato Brasileiro, encerrando um jejum de 22 anos da equipe sem ganhar o torneio nacional. Fundamental para a equipe durante o torneio, o atacante marcou seis gols e deu 10 assistências.[26] Terminou a temporada marcando nove gols e dando 12 assistências, líder da equipe nesse quesito.[27]

Em março de 2017, Dudu marcou um gol de cobertura contra o rival São Paulo, quando abriu o placar em vitória por 3–0.[28] O presidente do clube, Maurício Galiotte, presenteou o atacante com uma placa comemorativa exaltando o gol.[29] Durante a temporada, Dudu manteve seu lugar na equipe, participando de mais de 50 jogos, com 12 gols e 12 assistências. Tais números igualaram a temporada de 2015, a sua melhor pelo Palmeiras até então.[30]

Já em 2018, no dia 25 de julho, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro, na derrota do Palmeiras para o Fluminense por 0–1, no Estádio do Maracanã, Dudu atingiu a marca de 200 jogos disputados com a camisa do alviverde.[31] No segundo semestre do ano, com a chegada de Luiz Felipe Scolari como técnico do Palmeiras, Dudu subiu de produção e novamente foi decisivo na conquista do Campeonato Brasileiro, sendo considerado o melhor jogador da competição.[32][33] Além disso, ele se tornou o maior artilheiro do Palmeiras no século XXI.[34]

Dudu com uniforme de treino antes de partida do Palmeiras contra o Vasco em 2019.

Pela temporada de 2019, em janeiro, Dudu renovou e assinou novo contrato com o Palmeiras até 2023.[35] Ao marcar o segundo gol da vitória por 2–0 contra o Cruzeiro, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, Dudu chegou a 41 gols pelo Palmeiras no Brasileirão e se isolou como o segundo maior artilheiro do clube na competição, atrás apenas de César Maluco.[36] Mesmo em um ano sem conquistas para o clube, Dudu manteve sua regularidade e seguiu sendo um dos jogadores mais efetivos do elenco, terminando a temporada como artilheiro, jogador com mais assistências e partidas pelo Palmeiras.[37] Ele também conquistou sua quarta Bola de Prata consecutiva, igualando o feito do zagueiro Geromel como os únicos jogadores a vencerem o prêmio tantas vezes seguidas.[38]

No ano seguinte, no dia 20 de fevereiro, em partida válida pelo Campeonato Paulista, contra o Guarani, Dudu completou 300 jogos com a camisa do Palmeiras, marcando o gol da vitória por 1–0, no Allianz Parque.[39] Antes de deixar o Palmeiras, o jogador atuou em algumas partidas no início das campanhas dos títulos do Campeonato Paulista e da Libertadores de 2020, sendo considerado pelo clube campeão dessas competições.[40][41]

Empréstimo ao Al-Duhail[editar | editar código-fonte]

No dia 9 de julho de 2020, após cinco temporadas e meia no Palmeiras, Dudu foi emprestado ao Al-Duhail, do Catar. O clube árabe pagou 7 milhões de euros por um ano de contrato, com opção de compra do atacante por mais 6 milhões de euros após o término do empréstimo.[42] Dudu estreou oficialmente no dia 4 de setembro, na vitória do time pela Q-League.

Retorno ao Palmeiras[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2021, o Palmeiras anunciou no seu perfil do Twitter que o Al-Duhail não exerceu o direito de compra de Dudu até o prazo estipulado por contrato, e que o atacante estaria de volta ao Alviverde.[43][44] Entretanto, Dudu se reapresentou ao Palmeiras apenas no começo de julho, quando seu contrato de empréstimo com o clube catari se encerrou.[45] Fez sua reestreia no dia 10 de julho, ao entrar durante a partida contra o Santos, válida pelo Campeonato Brasileiro.[46] Seu primeiro gol após a volta foi contra o São Paulo, na partida de volta das quartas de final da Copa Libertadores; o segundo gol numa vitória de 3–0.[47] Na mesma edição de Libertadores, Dudu fez o gol do empate contra o Atlético-MG que garantiu a classificação palmeirense à final.[48] No dia 27 de novembro, o Palmeiras conquistou o tricampeonato da Copa Libertadores, ao derrotar o Flamengo por 2–1. Dudu, que jogou algumas partidas na campanha do título de 2020, mas saiu do clube antes do fim da competição, pôde conquistar em campo a Libertadores de 2021.[49]

Dudu na final do Mundial de Clubes da FIFA, contra o Chelsea.

Já em 2022, na disputa do Mundial de Clubes de 2021, o atacante teve grande atuação na semifinal, marcando um gol e dando uma assistência contra o Al-Ahly.[50] Mesmo com o vice campeonato do Palmeiras, ele foi eleito o segundo melhor jogador da competição.[51] Em março de 2022, Dudu conquistou mais um título oficial internacional pelo Palmeiras, depois de o clube alviverde vencer o Athlético Paranaense na decisão da Recopa Sul-Americana.[52] Com a conquista inédita, Dudu se tornou o atleta com mais títulos obtidos pelo Palmeiras no século XXI, com sete taças.[53] No mesmo mês, após o triunfo palmeirense contra o Ituano pelo Campeonato Paulista, o atacante chegou a 200 vitórias pelo Palmeiras, o primeiro atleta a atingir essa marca no Século XXI.[54]

Em abril, o Palmeiras se sagrou campeão paulista após vitória por 4–0 contra o São Paulo e Dudu foi escolhido o melhor jogador da competição.[55] Na partida seguinte, a estreia na Libertadores contra o Deportivo Táchira, Dudu completou 350 jogos com a camisa do Palmeiras e chegou à sétima Libertadores disputada pelo clube, com isso se tornou o recordista em edições do torneio pelo Alviverde, ultrapassando Marcos.[56] Em maio, na vitória por 2–1 contra a Juazeirense, pela Copa do Brasil, Dudu chegou a 358 jogos pelo Palmeiras e entrou para o top 20 de jogadores que mais vestiram a camisa alviverde, empatado com Oberdan Cattani. Ao atingir essa marca, ele também superou Heitor e se isolou como o terceiro atacante que mais jogou pelo clube.[57]

Após vitória por 4–0 frente o Coritiba, pelo Campeonato Brasileiro, em outubro, Dudu superou Marcos como o jogador com mais partidas disputadas pelo Palmeiras no século XXI, alcançando 393 jogos pelo Alviverde.[58] No dia 9 de novembro, Dudu completou 400 jogos pelo Palmeiras, em partida contra o América Mineiro, vencida por 2–1 pelo clube paulista.[59] Dudu atuou em todas as 38 rodadas da competição, tornando-se, assim, apenas o segundo jogador campeão a jogar todas as partidas do Brasileirão, após Conca em 2010.[60] Em 23 de dezembro, renovou o seu contrato com o Palmeiras até o final de 2025, com possibilidade de extensão até 2026.[61]

Dudu iniciou 2023 abaixo do esperado e passou todo o Campeonato Paulista sem marcar nenhum gol.[62] Entretanto, na volta da final contra o Água Santa, realizou grande jogada que gerou o segundo gol palmeirense, no que terminou com uma vitória por 4–0 e o bicampeonato estadual.[63] Em junho, após passe para gol de Rony na vitória por 3–1 sobre o Coritiba pelo Campeonato Brasileiro, Dudu chegou a cem assistências com a camisa do Palmeiras, marca que apenas D'Alessandro havia atingido no século XXI por um clube brasileiro.[64] Em agosto de 2023, em partida contra o Vasco da Gama pelo Campeonato Brasileiro no Allianz Parque, Dudu sofreu uma lesão no menisco e uma ruptura de ligamento cruzado anterior no joelho direito, sendo substituído em seguida.[65] O jogador passou por cirurgia no local dias depois[66] e, embora o Palmeiras não tenha divulgado prazo de recuperação, a previsão é que o atleta ficará de seis a oito meses fora dos gramados, encerrando a sua participação na temporada.[65] Mesmo assim, ao final do ano, com a conquista do bicampeonato brasileiro, Dudu chegou a doze taças vencidas com o Palmeiras e igualou Ademir da Guia e Junqueira como o jogador com mais títulos pelo clube. Além disso, o atacante se tornou o primeiro jogador a vencer quatro títulos brasileiros pela mesma equipe na era dos pontos corridos.[67]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Sub-20[editar | editar código-fonte]

Em 16 de junho de 2011, foi convocado por Ney Franco para defender a Seleção Brasileira que disputou a Copa do Mundo FIFA Sub-20.[68] Marcou seu primeiro gol na terceira partida em que disputou, na vitória sobre 4–0 sobre o contra o Panamá.[69] Disputou todas as outras partidas, sempre como reserva, e marcou novamente na partida contra a Arábia Saudita, onde o Brasil venceu por 3–0[70] e no empate em 2–2 contra a Espanha.[71]

Principal[editar | editar código-fonte]

Convocado pelo treinador Mano Menezes, estreou pela Seleção Brasileira principal no dia 10 de novembro de 2011, ao substituir Jonas no amistoso contra o Gabão.[72]

Quase seis anos depois, em 19 de janeiro de 2017, Dudu foi convocado pelo técnico Tite para o Jogo da Amizade contra a Colômbia. Como o amistoso foi agendado fora da Data FIFA, apenas atletas que atuam no futebol brasileiro foram convocados.[73] Na partida, vencida pela Seleção Brasileira por 1–0, Dudu foi escalado como titular, marcando o único gol do amistoso. Aos 33 minutos do segundo tempo foi substituído para a entrada de Camilo.[74]

Em 17 de março de 2017, Dudu foi novamente convocado pelo técnico Tite, dessa vez para a vaga de Douglas Costa, cortado por causa de uma lesão no joelho esquerdo.[75] O jogador foi uma das opções para as partidas diante do Uruguai, no dia 23 de março, no Estádio Centenario, e do Paraguai, no dia 28 de março, na Arena Corinthians, ambas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.[76]

Estilo de jogo[editar | editar código-fonte]

Ponta-esquerda de ofício, Dudu também pode jogar na ponta-direita e pelo meio.[77] Jogando pelo Palmeiras, especialmente sob o comando de Marcelo Oliveira, Cuca, e Luiz Felipe Scolari, Dudu obteve mais liberdade de posição no ataque, podendo alternar entre jogadas pela ponta e infiltrações pelo centro, recebendo a bola livre e com possibilidade de verticalizar o jogo.[77]

Entre suas características estão o drible, a velocidade e o chute de fora da área.[77]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Dudu pelo Palmeiras em 2018

Dudu foi casado com Mallu Ohanna, com quem teve dois filhos: Cauê e Pedro Henrique. Em março de 2021, foi processado pela ex-esposa.[78]

No dia 16 de novembro de 2022, casou-se com a modelo Paula Caroline Campos.[79]

Polêmicas[editar | editar código-fonte]

Em 30 de janeiro de 2013, foi preso, em Goiânia, suspeito de agressão a mulher e a sogra. No entanto, após pagar uma fiança no valor de doze mil reais, foi liberado para responder em liberdade.[80] O jogador uma nota oficial dizendo que houve "um grande mal-entendido na ocasião, mas sem qualquer envolvimento da minha esposa" e que o fato "já está devidamente esclarecido mediante os órgãos legais."[81]

Na segunda partida das finais do Campeonato Paulista de 2015 foi expulso de campo juntamente com o jogador Geuvânio, do Santos. O jogador exaltou-se, empurrando e ofendendo Guilherme Ceretta de Lima.[82] Foi julgado e condenado a 180 dias de suspensão pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Estado de São Paulo.[83] O Palmeiras recorreu e a pena foi reduzida para seis jogos.[84]

Em 22 de junho de 2020, Dudu foi acusado por sua esposa de tê-la agredido dentro do apartamento do casal. Imagens do circuito interno de câmeras do condomínio mostraram Dudu tomando um tapa de Mallu. Ela abriu um boletim de ocorrência contra o jogador.[85]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Abaixo estão listados todos os jogos, gols e assistências do futebolista por clubes.[86][87]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Cruzeiro 2009 6 0 0 6 0 0
2010 1 0 0 1 0 0
Total 6 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 7 0 0
Coritiba 2010 21 0 4 21 0 4
Total 21 0 4 0 0 0 0 0 0 21 0 4
Cruzeiro 2011 6 0 1 4 0 1 8 2 2 18 2 4
Total 6 0 1 0 0 0 4 0 1 8 2 2 18 2 4
Dínamo de Kiev 2011–12 4 1 0 1 1 0 1 0 0 6 2 0
2012–13 13 1 4 2 0 0 15 1 4
2013–14 7 0 0 1 1 0 3 0 1 11 1 1
Total 24 2 4 2 2 0 6 0 1 32 4 5
Grêmio 2014 35 3 5 1 0 0 7 2 0 10 3 2 53 8 7
Total 35 3 5 1 0 0 7 2 0 10 3 2 53 8 7
Palmeiras 2015 28 10 7 11 3 3 17 3 4 56 16 14
2016 33 6 10 2 0 0 4 0 2 14 3 1 53 9 12
2017 26 9 5 4 2 0 7 1 1 16 4 5 53 16 12
2018 31 7 14 5 1 1 11 2 1 19 4 3 66 14 19
2019 36 9 11 4 0 1 10 2 3 15 2 3 65 13 18
2020 2 0 2 10 2 1 12 2 3
2021 21 2 2 9 2 1 2 1 1 30 5 4
2022 38 7 9 4 0 0 14 1 3 12 2 1 66 10 13
2023 14 3 3 5 0 0 8 0 2 15 0 2 42 3 7
Total 227 53 61 35 6 5 65 8 15 117 21 21 443 88 102
Al-Duhail 2020–21 22 14 10 4 1 2 4 0 1 2 0 1 32 15 14
Total 22 14 10 4 1 2 4 0 1 2 0 1 32 15 14
Total na carreira 341 72 85 42 9 7 86 10 18 138 26 26 606 117 136

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Abaixo estão listados todos jogos, gols e assistências do futebolista pela Seleção Brasileira, desde as categorias de base. Seleção Principal

Ano Amistosos
Jogos Gols Assist.
2011 2 0 0
2017 1 1 0
Total na carreira 3 1 0

Seleção Sub–20

Ano Campeonato Mundial
Jogos Gols Assist.
2011 7 3 2
Total na carreira 7 3 3

Seleção Sub–17

Ano Campeonato Sul–Americano
Jogos Gols Assist.
2009 8 0 0
Total na carreira 8 0 0

Títulos[editar | editar código-fonte]

Dudu (com a taça na mão) conquistou a Recopa Sul-Americana de 2022 pelo Palmeiras.
Coritiba
Cruzeiro
Dínamo de Kiev
Palmeiras
Seleção Brasileira

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Palmeiras

Líder de Assistências[editar | editar código-fonte]

Recordes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Rafael Alaby (11 de março de 2017). «Moisés exalta Dudu após golaço contra o São Paulo: "Esse baixola é f…."». Torcedores.com. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  2. onefootball. «Dudu comenta passes de calcanhar, marca registrada do jogador» 
  3. Redação Jogada10 (30 de maio de 2023). «Dudu ostenta números incríveis no Palmeiras e consolida fama de 'guerreiro'». Terra Esportes. Consultado em 28 de junho de 2023 
  4. «Dudu l Números e trajetória do ídolo do Palmeiras». 15 de dezembro de 2023 
  5. «Destaque na seleção sub-20, ex-meia do Cruzeiro é detido após agredir esposa e sogra». ESPN.com.br. 30 de janeiro de 2013. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  6. «Empréstimo de Dudu renderá R$ 680 mil aos cofres do Cruzeiro pelo mecanismo de solidariedade». ge. Consultado em 20 de fevereiro de 2022 
  7. «Dirigente do Cruzeiro confirma ida de Dudu para o Coritiba». Terra. 27 de abril de 2010. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  8. Mariana Kneipp (30 de dezembro de 2010). «RETROSPECTIVA 2010: Coritiba vai do inferno ao céu para voltar à Série A». GloboEsporte.com. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  9. «Cruzeiro manda no jogo no segundo tempo e aplica 3 a 0 sobre a Caldense». GloboEsporte.com. 30 de janeiro de 2011. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  10. Bruno Furtado (26 de junho de 2011). «Garoto Dudu ganha moral com Joel». Superesportes. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  11. «Cruzeiro vende campeão com a seleção sub-20 para a Ucrânia». Folha de S.Paulo. 27 de agosto de 2011. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  12. «Dynamo Kiev goleia Zorya e é líder isolado do Ucraniano». Trivela. 23 de outubro de 2011. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  13. Victor Canedo (29 de junho de 2012). «Em terra de Shevchenko, trio brasuca se diverte com o que Ucrânia oferece». GloboEsporte.com. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  14. «Grêmio oficializa Dudu e fecha a lista da Libertadores». Tribuna PR. 11 de fevereiro de 2014. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  15. «Dudu se despede do Grêmio em post: "De longe, serei sempre um torcedor"». GloboEsporte.com. 7 de dezembro de 2014. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  16. «Corinthians acerta contratação do atacante Dudu, ex-Grêmio». Yahoo!. 19 de dezembro de 2014. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  17. Felipe Krüger (12 de janeiro de 2015). «Dudu conhece Academia de Futebol e assina contrato por quatro anos». Site oficial do Palmeiras. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  18. «Após 'chapéu', agentes de Dudu ironizam SP e dizem que Corinthians sofre 'apequenamento'». ESPN.com.br. 11 de janeiro de 2015. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  19. «Na estreia de Dudu, Palmeiras leva gol de Lulinha, mas vence seu último amistoso». ESPN.com.br. 25 de janeiro de 2015. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  20. «Dudu desencanta, faz 1º gol e comanda vitória do Palmeiras em Sorocaba». UOL. 14 de fevereiro de 2015. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  21. Diego Garcia e Rafael Valente (3 de dezembro de 2015). «Prass converte pênalti decisivo, Palmeiras vence Santos e é tri da Copa do Brasil». ESPN.com.br. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  22. «Do "chapéu" à artilharia: Dudu fecha ano como goleador do Palmeiras». GloboEsporte.com. 7 de dezembro de 2015. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  23. «Com Prass e Dudu heróis, Palmeiras bate Corinthians e fecha tabu de 21 anos». UOL. 3 de abril de 2016. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  24. «Capitão, Dudu agradece confiança de Cuca e diz: "Sempre fui guerreiro"». GloboEsporte.com. 6 de setembro de 2016. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  25. «Dudu completa 100 jogos com Palmeiras nesta quarta; veja números dele no clube». ESPN.com.br. 28 de setembro de 2016. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  26. «Prêmio Brasileirão 2016: Dudu, Palmeiras». Confederação Brasileira de Futebol. 12 de dezembro de 2016. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  27. «Artilheiro em 2015, Dudu fecha 2016 como capitão e líder de assistências do Palmeiras». ESPN.com.br. 27 de dezembro de 2016. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  28. «Com golaço de cobertura e falha de Denis, Palmeiras vence o São Paulo». GloboEsporte.com. 11 de março de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  29. «Gol de placa! Cobertura de Dudu contra o São Paulo é premiada pelo Palmeiras». GloboEsporte.com. 14 de maio de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  30. «Dudu celebra ano e iguala números de melhor temporada no Palmeiras». Jornal Hoje em Dia. 30 de novembro de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  31. «Dudu comemora 200 jogos e manda recado à torcida palmeirense». Gazeta Esportiva. 29 de julho de 2018. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  32. Igor Resende (2 de dezembro de 2018). «Bola de Prata: veja como ficou a seleção do Campeonato Brasileiro». ESPN.com.br. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  33. «Campeão com Palmeiras, Dudu é eleito Craque do Campeonato Brasileiro». GloboEsporte.com. 3 de dezembro de 2018. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  34. Bruno Alexandre Elias (22 de novembro de 2018). «Dudu marca e se isola como o maior artilheiro palmeirense no Século XXI». Site oficial do Palmeiras. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  35. «Palmeiras renova contrato com Dudu até o fim de 2023». GloboEsporte.com. 19 de janeiro de 2019. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  36. «Dudu se isola como 2º maior artilheiro do Palmeiras na história do Brasileiro». Jovem Pan. 9 de dezembro de 2019. Consultado em 15 de março de 2022 
  37. «DUDU ENCERRA 2019 COMO PALMEIRENSE COM MAIS JOGOS, GOLS E ASSISTÊNCIAS». Palmeiras. 8 de dezembro de 2019. Consultado em 15 de março de 2022 
  38. «Bola de Prata: Dudu segue fazendo história no Palmeiras e iguala Geromel como únicos com 4 prêmios consecutivos». ESPN. 9 de dezembro de 2019. Consultado em 15 de março de 2022 
  39. José Edgar de Matos (20 de fevereiro de 2020). «Palmeiras embala no Paulista e vence Guarani em dia de homenagem a Dudu». UOL. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  40. «Dudu recebe medalha de campeão paulista e posa com camisa do Palmeiras». GloboEsporte.com. 31 de dezembro de 2020. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  41. «Campeão à distância, Dudu aumenta recorde de títulos no século». UOL. 31 de janeiro de 2021. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  42. «Dudu acerta com clube do Qatar e deixa o Palmeiras após 5 anos e meio». UOL. 9 de julho de 2020. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  43. «Tweet de SE Palmeiras». Twitter. 16 de maio de 2021. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  44. Fabricio Crepaldi (16 de maio de 2021). «Palmeiras anuncia a volta de Dudu após Al Duhail não exercer o direito de compra do atacante». GloboEsporte.com. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  45. «Dudu retorna e já treina no Palmeiras; relembre recordes e melhores momentos do atacante». GloboEsporte.com. 1 de julho de 2021 
  46. Diego Iwata Lima (10 de julho de 2021). «Palmeiras comete dois pênaltis, mas vence Santos na reestreia de Dudu». UOL 
  47. «O rei do Allianz: Dudu faz primeiro gol na volta ao Palmeiras e decide em classificação na Libertadores». GloboEsporte.com. 17 de agosto de 2021 
  48. «Pelo tri! Palmeiras é finalista da Libertadores ao eliminar o Atlético-MG com gol de Dudu». Gazeta Esportiva. 28 de setembro de 2021 
  49. «Dudu volta para ser campeão da Libertadores pelo Palmeiras e diz: "Foi muito merecido esse título"». GloboEsporte.com. 27 de novembro de 2021 
  50. «Dudu brilha em 1º jogo de Mundial pelo Palmeiras e "se vinga" do Al Ahly». Placar. 8 de fevereiro de 2022. Consultado em 15 de março de 2022 
  51. «Mesmo com falha, Thiago Silva é eleito o craque do Mundial; Dudu ganha bola de prata, enquanto Danilo fica com a de bronze». ESPN. 12 de fevereiro de 2022. Consultado em 15 de março de 2022 
  52. "Palmeiras bate Athletico e conquista Recopa", UOL, 2 de março de 2022
  53. Dudu se torna atleta com mais títulos no século pelo Palmeiras, Lancenet, 5 de março de 2022
  54. «DUDU CHEGA A 200 VITÓRIAS, BARREIRA ALCANÇADA POR APENAS OUTROS 23 NOMES NA HISTÓRIA DO VERDÃO». Palmeiras. 24 de março de 2022. Consultado em 24 de março de 2022 
  55. «Palmeiras domina a seleção do Paulistão; Dudu é eleito o craque do torneio, e Ceni o melhor técnico». GE. 4 de abril de 2022. Consultado em 7 de abril de 2022 
  56. «DUDU CHEGA A 350 JOGOS E SE TORNA RECORDISTA EM EDIÇÕES DE LIBERTADORES PELO CLUBE». Palmeiras. 7 de abril de 2022. Consultado em 7 de abril de 2022 
  57. «MARCOS ROCHA ENTRA PARA O TOP 10 DE JOGOS DO SÉCULO E DUDU PARA O TOP 20 DA HISTÓRIA». Palmeiras. 11 de maio de 2022. Consultado em 12 de maio de 2022 
  58. «Ídolo do Palmeiras, Dudu supera Marcos em jogos no século XXI». Futebol Interior. 7 de outubro de 2022. Consultado em 11 de outubro de 2022 
  59. «DUDU COMPLETA 400 JOGOS COMO 4º MAIOR CAMPEÃO BRASILEIRO E 6º COM MAIS TÍTULOS NO GERAL PELO PALMEIRAS». Palmeiras. 10 de novembro de 2022. Consultado em 10 de novembro de 2022 
  60. «Cano e Dudu entram em lista dos que atuaram em 38 rodadas de uma edição do Brasileirão; veja». GE. 13 de novembro de 2022. Consultado em 13 de novembro de 2022 
  61. Departamento de Comunicação (23 de dezembro de 2022). «RECORDISTA DE TÍTULOS NO SÉCULO, DUDU RENOVA CONTRATO COM O PALMEIRAS». Site oficial do Palmeiras. Consultado em 23 de dezembro de 2022 
  62. «Substituído na final, Dudu reforça números negativos no Palmeiras em 2023». Gazeta Esportiva. 3 de abril de 2023. Consultado em 5 de junho de 2023 
  63. «Dudu leva torcida do Palmeiras ao delírio com jogada de craque em lance que encaminhou título estadual». 90min. 9 de abril de 2023. Consultado em 5 de junho de 2023 
  64. «Dudu se torna primeiro jogador do futebol paulista com mais de 100 assistências no século». Nosso Palestra. 5 de junho de 2023. Consultado em 5 de junho de 2023 
  65. a b
  66. Gazeta Press (5 de setembro de 2023). «Dudu passa por cirurgia no joelho e manda recado à torcida do Palmeiras». ESPN. Consultado em 22 de setembro de 2023 
  67. «Dudu iguala Ademir da Guia e conquista 'tetra puro' do Brasileirão». UOL. 6 de dezembro de 2023. Consultado em 7 de dezembro de 2023 
  68. «Ney Franco anuncia convocação para Mundial Sub-20». Estadão. 16 de junho de 2011. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  69. «Brasil arrasa Panamá e passa em primeiro para as oitavas do Mundial sub-20». UOL. 5 de agosto de 2011. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  70. «Sem dificuldades, Brasil vence Arábia Saudita e encara Espanha nas quartas». VEJA. 10 de agosto de 2011. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  71. «Nos pênaltis, Brasil Sub-20 "ensina marmanjos" e bate Espanha». Terra. 14 de agosto de 2011. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  72. Enzo Menezes (10 de novembro de 2011). «Brasil vence fraco Gabão por 2 a 0 em amistoso sem brilho». O TEMPO. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  73. «Com Robinho e Diego, Tite convoca Seleção para jogo contra a Colômbia». GloboEsporte.com. 19 de janeiro de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  74. Francisco Luz (25 de janeiro de 2017). «Seleção Brasileira vence Colômbia por 1 a 0 em amistoso para homenagear a Chapecoense». GaúchaZH. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  75. «Dudu é convocado para o lugar de Douglas Costa nas eliminatórias». GloboEsporte.com. 17 de março de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  76. «Dudu é convocado por Tite para substituir Douglas Costa na seleção». ESPN.com.br. 17 de março de 2017. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  77. a b c Leonardo Miranda (27 de novembro de 2018). «Ponta driblador, meia central, armador, goleador: a evolução tática de Dudu no Palmeiras». GloboEsporte.com. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  78. Leo Dias (17 de março de 2021). «Mallu Ohanna processa Dudu por danos morais por causa de traições». Metrópoles. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  79. SBT Sports (16 de novembro de 2022). «Dudu, do Palmeiras, se casa com modelo em São Paulo». SBT Sports. Consultado em 17 de novembro de 2022 
  80. «Campeão sub-20 com a Seleção, Dudu é preso em Goiânia por agredir esposa e sogra». Yahoo!. 30 de janeiro de 2013. Consultado em 31 de janeiro de 2013 
  81. «Acusado de agredir mulher, Dudu explica "mal-entendido"». Terra Networks. 31 de janeiro de 2013. Consultado em 31 de janeiro de 2013 
  82. «Árbitro relata ofensas e agressão de Dudu após expulsão no clássico». Globo Esporte. 3 de maio de 2015 
  83. «Dudu pega 180 dias de suspensão após empurrão em árbitro na final do Paulista». ESPN. 18 de maio de 2015 
  84. «TJD-SP concede efeito suspensivo, mas tira Dudu de 3 jogos». Terra. 22 de maio de 2015 
  85. «Vídeo: defesa de Dudu, do Palmeiras, divulga mais imagens de confusão com ex-esposa». ge. Consultado em 20 de fevereiro de 2022 
  86. «Jogador - DUDU». SE Palmeiras. Consultado em 29 de agosto de 2022 
  87. «Dudu Palmeiras vídeos, histórico de transferências e estatísticas - SofaScore». www.sofascore.com. Consultado em 29 de agosto de 2022 
  88. Janeiro, Por Mariana Kneipp Rio de (30 de dezembro de 2010). «RETROSPECTIVA 2010: Coritiba vai do inferno ao céu para voltar à Série A». globoesporte.com. Consultado em 6 de dezembro de 2023 
  89. «Palmeiras atropela no 1º tempo, goleia o Água Santa e é bicampeão paulista». www.uol.com.br. Consultado em 27 de julho de 2023 
  90. «Palmeiras vence o Flamengo e conquista a Supercopa do Brasil 2023». TNT Sports. 28 de janeiro de 2023. Consultado em 22 de novembro de 2023 
  91. «El 11 ideal de este año del continente americano» (em espanhol). As.com. 30 de dezembro de 2016. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  92. «Pity Martínez é eleito o Rei da América; Brasil tem dois representantes da seleção de 2018». GloboEsporte.com. 31 de dezembro de 2018. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  93. «Palmeiras: Melhor do Brasileirão, Dudu está entre os 'meias ideais' da Libertadores 2018». ESPN.com.br. 7 de dezembro de 2018. Consultado em 1 de setembro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]