Eduardo Sciarra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Eduardo Sciarra
Secretário Chefe da Casa Civil do Paraná
Período 1º de janeiro de 2015
até 15 de março de 2016
Deputado federal pelo Paraná
Período 1º de fevereiro de 2003
até 31 de dezembro de 2014
(3 mandatos consecutivos)
Dados pessoais
Nascimento 5 de outubro de 1952 (66 anos)
Londrina, PR
Partido PSD

Eduardo Francisco Sciarra (Londrina, 5 de outubro de 1952)[1] é um engenheiro civil e político brasileiro. Foi Secretário Chefe da Casa Civil do Estado do Paraná.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Filiado ao partido Democratas (DEM) do qual é vice-presidente nacional, exerce atualmente seu segundo mandato na Câmara Federal,[2] onde preside a Comissão de Desenvolvimento Urbano e a Comissão Especial (PL 0694/95) que institui as diretrizes Nacionais do Transporte Coletivo. Suas principais linhas de atuação são a Infraestrutura e a Agricultura.

Foi um dos articuladores do movimento “Xô CPMF” e relator da Proposta de Fiscalização e Controle que investigou a invasão do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) à fazenda Syngenta Seeds, em 2006 e 2007.

Graduou-se em Engenharia Civil pela Fundação Álvares Penteado (FAAP) em São Paulo, se estabelecendo a seguir em Cascavel, no Oeste do Paraná, onde fundou sua empresa no setor da construção civil. Foi presidente da Associação Comercial e Industrial de Cascavel (Acic), do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon Oeste) e da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Cascavel. Foi também presidente da Fundação Paranaense para o Desenvolvimento Tecnológico da Indústria da Construção (Fundatec) e vice-presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), além de conselheiro do CREA-PR.

Em 1998 assumiu o cargo de Secretário da Indústria, Comércio e Turismo do Paraná e em 2002 foi eleito deputado federal com 81.553 votos, e reeleito em 2006 com 85.197 votos.

Em 2015 foi nomeado Secretário Chefe da Casa Civil do Paraná, na gestão de Beto Richa.[3] Em março de 2016 deixou o cargo em seu lugar assumiu pelo deputado Valdir Rossoni.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.