Eduardo da Costa Ferreira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Eduardo da Costa Ferreira
Nascimento 19 de janeiro de 1888
Morte 1951 (63 anos)
Cidadania Portugal
Ocupação político, militar

Eduardo da Costa Ferreira (Santa Maria Maior, Viana do Castelo, 19 de janeiro de 18881951) foi um oficial da arma de Artilharia do Exército Português, onde atingiu o posto de coronel, participante do Golpe de 28 de Maio de 1926, que no período de 11 de setembro de 1929 a 14 de novembro de 1929 exerceu as funções de Ministro da Instrução Pública do governo da Ditadura Nacional presidido pelo general Artur Ivens Ferraz. Demitiu-se em rotura com a falta de pendor republicano da ditadura.[1]

Foi pai do actor Costa Ferreira.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.

Notas