Educação na Suécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Educação na Suécia
Flag of Sweden.svg
Responsável
Ministério da Educação
Gustav Fridolin
Recursos nacionais para educação Básico - 97,1 biliões de coroas
Secundário- 37,2 biliões de coroas (2015)
Língua oficial Sueco
Estrutura Educação infantil
Ensino básico
Ensino secundário
Ensino superior
Alfabetização () 99%%
PISA 
Leitura
Matemática
Ciência



Estudantes 
 •Primário
 • Secondário
 •Superior

1 023 970 (2016)
343 911 (2016)
Diplomas
 • Educação secundária
 • Educação superior


Proporção Aluno x Professor (2016)
 • Educação primária
 • Educação secundária

12,2
11,9

A educação na Suécia é obrigatória e gratuíta para todas as crianças entre os 7 e 16 anos. O ano letivo vai de finais de agosto até meados de junho do ano seguinte. As férias do Natal – entre meados de dezembro e princípios de janeiro – dividem o ano letivo em dois períodos: O Período do Outono (Höstterminen) e o Período da Primavera (Vårterminen).[1][2]

O sistema educativo inclui o ensino pré-primário (förskolan), o ensino básico (grundskolan), o ensino secundário (gymnasium) e o ensino superior (högskolan). Para além das escolas públicas (kommunala skolor), existem as escolas livres (friskolor) e as escolas particulares (privatskolor). Cabe ao Ministério da Educação supervisionar o ensino. A escola básica é gerida pelos municípios.[1]

As primeiras escolas pública de ensino básico (domskolor) foram criadas no séc. XI, para formar padres. Em 1842, foi decretada a obrigatoriedade de cada freguesia ter uma escola pública geral (allmän folkskola), e em 1882, o ensino obrigatório foi estendido a todas as crianças do país. O ensino secundário surgiu no séc. XVII, com a criação de ginásios (gymnasieskolor) em todas as sedes de diocese. O ensino superior apareceu com a fundação da Universidade de Uppsala em 1477.[3][4]

Referências

  1. a b «Snabbfakta» (em sueco). Skolverket. Consultado em 8 de julho de 2017 
  2. «ESTRUTURA DO SISTEMA EDUCACIONAL». Universia Brasil. Consultado em 27 de julho de 2017 
  3. «NÅGRA ÅRTAL I SKOLANS HISTORIA» (em sueco). Skolmuseet. Consultado em 10 de julho de 2017 
  4. Hans Högman. «Svenska skolans historia» (em sueco). Historia - Hans Högman. Consultado em 10 de julho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]